Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Estrutura do concurso Sefaz-DF está definida. Veja projeto básico!

Estrutura do concurso Sefaz-DF está definida. Veja projeto básico!

O termo de referência do concurso Sefaz-DF para auditor indica que os candidatos realizarão provas objetivas e discursivas.

O concurso Sefaz-DF terá um importante avanço a partir de 25 de setembro. Para este dia está marcado o pregão eletrônico para escolha da banca organizadora da seleção para auditores-fiscais do Distrito Federal. O projeto básico do concurso, disponibilizado às instituições interessadas, traz os detalhes da estrutura das provas.  

Como adiantado por FOLHA DIRIGIDA, o concurso para Secretaria de Estado de Fazenda do Distrito Federal terá oferta de 120 vagas para auditor-fiscal da Receita, sendo 40 imediatas e 80 em cadastro de reserva. A seleção será composta por três etapas: provas objetivas; discursivas e de vida pregressa.

Baixe o projeto básico do concurso Sefaz-DF: 

Na objetiva, os candidatos deverão responder a 160 questões, sendo 80 de Conhecimentos Gerais e 80 de Conhecimentos Específicos. As disciplinas serão distribuídas da seguinte maneira:

⇒ Conhecimentos Gerais:

  • Língua Portuguesa
  • Matemática Financeira/ Estatística/ Raciocínio Lógico
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Direito Empresarial/ Penal/ Civil
  • Tecnologia da Informação
  • Contabilidade Pública
  • Economia e Finanças Públicas

Conhecimentos Específicos:

  1. Direito Tributário
  2. Legislação Tributária
  3. Auditoria Fiscal
  4. Contabilidade Geral e de Custos
  5. Direito Financeiro

Será aprovado quem obtiver, pelo menos, 60% de acertos em Conhecimentos Gerais e Específicos. O termo de referência do concurso Sefaz-DF para auditor já adianta que serão convocados para as provas discursivas somente os 360 candidatos melhores classificados na objetiva, sendo 300 de ampla concorrência e 60 de pessoas com deficiência.  

Sefaz-DF escolhe banca organizadora de concurso para auditores
(Foto: Divulgação)

 

Na prova discursiva, os concorrentes serão submetidos a duas questões de Conhecimentos Específicos (com, no mínimo, 20 linhas) e uma dissertação (entre 30 e 60 linhas). Será aprovado na segunda etapa do concurso Sefaz-DF quem atingir, ao menos, 50% do total de pontos.

Cronograma previsto do concurso Sefaz-DF

O projeto básico do concurso Sefaz-DF também apresenta um cronograma com as possíveis datas das etapas de seleção. Confira abaixo: 

Publicação do edital 30 dias após a assinatura do contrato
Provas objetivas 120 dias após o contrato
Resultado final das provas objetivas e convocação dos candidatos para prova discursiva 20 dias após as avaliações objetivas
Provas discursivas 10 dias após a convocação
Publicação do resultado final do concurso/homologação 30 dias após as provas discursivas

 

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, autorizou em abril o concurso Sefaz-DF para auditor. De acordo com o despacho governamental publicado no Diário Oficial do DF, o edital da seleção deve ser publicado em 180 dias. Ou seja, até outubro.

Como especificado no cronograma do projeto básico do concurso Sefaz-DF, as provas objetivas devem ser aplicadas três meses após o edital. Já que o documento deve ser publicado até outubro, a realização das provas pode ser janeiro.  

Detalhes do cargo de auditor fiscal no DF

O que será preciso para se candidatar ao concurso Sefaz-DF? O pré-requisito para concorrer ao cargo de auditor fiscal do Distrito Federal é nível superior completo em qualquer área.

► Quais são as atribuições do auditor fiscal no DF? Ele detém a competência privativa para as funções de lançamento, fiscalização, arrecadação e administração dos tributos de competência do Distrito Federal. Além disso, é responsável por proferir julgamento em processos administrativo-fiscais.

► Qual remuneração da carreira de auditor fiscal? Os Vencimentos são de R$14.970 para jornada de trabalho de 40 horas por semana. Ao longo da carreira, contudo, os ganhos podem chegar a R$22.196,62, em decorrência de vantagens, gratificações e adicionais previstos em leis.

Último concurso Sefaz-DF ocorreu em 2001

O edital do último concurso para Secretaria de Estado de Fazenda do Distrito Federal foi publicado há 16 anos. Na época, a banca organizadora foi a Fundação Carlos Chagas (FCC). Os candidatos a auditores foram submetidos a prova objetiva, com questões distribuídos por Conhecimentos Básicos e Específicos.

  • Conhecimentos Básicos: Língua Portuguesa; Matemática; Contabilidade Pública e Comercial; Informática; Direitos Constitucional, Administrativo, Comercial e Penal.
  • Conhecimentos Específicos: Legislação Tributária do Distrito Federal; Direito Tributário.

No vídeo abaixo, saiba como estudar antes da publicação do edital:




Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações