Folha Dirigida Entrar Assine

Seeduc-RJ anuncia contratação de mil psicólogos a partir de 2020

Secretaria de Educação confirma que cada unidade da rede estadual de ensino contará com um psicólogo a partir do ano que vem

Mais de mil psicólogos devem ser contratados pela Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro (Seeduc-RJ) para atuação em 2020. O governador Wilson Witzel e o secretário de Educação, Pedro Fernandes, decidiram que a rede de ensino contará com um profissional da área por escola.

As informações foram confirmadas à FOLHA DIRIGIDA pela Assessoria de Imprensa da pasta nesta segunda-feira, 7. Como a Secretaria apresenta 1.222 unidades públicas de ensino, a expectativa é que esse seja o número de vagas abertas.

Hoje, a Seeduc-RJ conta com somente oito psicólogos para atender todas as escolas estaduais. O objetivo, com as novas contratações, é dar suporte psicológico aos estudantes e profissionais que atuam nos colégios.

"Verificamos a importância e necessidade desses profissionais atuando nas escolas. Esses especialistas atuarão de diversas maneiras. Farão atendimento e acompanhamento de alunos e professores, terão a capacidade de identificar e avaliar casos de depressão e ansiedade e outros. Além disso, também poderão realizar palestras de prevenção nas unidades de ensino", disse o secretário Pedro Fernandes.

Questionada pela reportagem sobre o método de contratação dos psicológicos, a Assessoria de Imprensa da Seeduc-RJ descartou a abertura de concurso para efetivos. Ou seja, pelo regime estatutário. 

Seeduc-RJ contratará mais de mil psicólogos para atuação na rede 
estadual de ensino (Foto: Governo do Rio de Janeiro)

 

A pasta disse que o método de seleção ainda está em definição. A Seeduc do Rio não precisou, por exemplo, se será aberto um processo seletivo simplificado, em que ocorre a análise de títulos e currículos. 

Nesse caso, a admissão deve ser feita pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que garante o seguro-desemprego e o depósito do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os salários também não foram informados. 

+ Assine a Folha Dirigida e turbine sua preparação
+ Seeduc-RJ avalia novos concursos para efetivos e temporários

Concurso Seeduc-RJ para magistério pode ocorrer em 2019

O concurso Seeduc-RJ para o magistério poderá ser aberto este ano. O prazo foi passado pelo secretário Pedro Fernandes em reunião realizada, no dia 13 de setembro, com a direção da Uppes Sindicato, e confirmado à FOLHA DIRIGIDA pela Assessoria de Imprensa da secretaria. 

A seleção terá como objetivo suprir as vacâncias que surgiram após a implementação do Regime de Recuperação Fiscal, assinado com a União em setembro de 2017. O número de vagas ainda não foi revelado. 

A expectativa, porém, é que seja uma oferta expressiva, uma vez que o déficit é de aproximadamente 2 mil professores. Como o objetivo da Seeduc-RJ é abrir o concurso em 2019, até novembro a banca organizadora deve ser escolhida.

De acordo com a Assessoria de Imprensa, o concurso Seeduc-RJ será para professores de todas as disciplinas, conforme as necessidades de cada uma das regionais. A remuneração ainda será informada, mas no último concurso, aberto no final de 2014, o valor para docentes de 30 horas foi de R$2.371,25.

Em outubro de 2018, a Seeduc-RJ chegou a confirmar um concurso para contratar 1.720 professores, sendo 370 vagas imediatas e 1.350 em cadastro de reserva. No entanto, a atual gestão resolveu abortar a seleção.  

Em abril deste ano, o secretário Pedro Fernandes reconheceu a existência de carência de pessoal e apontou as disciplinas de Português e Matemática como as que possuíam maior vacância.

O último concurso para o magistério estadual foi aberto no final de 2014, com organização da Fundação Ceperj. Na época, a oferta foi para 1.697 vagas nas disciplinas de Artes, Biologia, Ciências Físicas e Biológicas, Educação Física, Filosofia, História, Língua Estrangeira (Inlgês, Espanhol, Francês e Italiano), Sociologia, Física, Geografia, Português, Matemática e Química.

Comentários