Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso Sedestmidh-DF: saem gabaritos para educador social

Concurso Sedestmidh-DF: saem gabaritos para educador social

A banca organizadora do concurso Sedestmidh divulgou os gabaritos das provas objetivas para educador social.

Nesta segunda-feira, 15, foram divulgados os gabaritos das provas de educador social do concurso para Secretaria de Desenvolvimento Social do Distrito Federal (Seds, antiga Sedestmidh). As respostas estão disponíveis pelo site do Instituto Brasil de Educação (Ibrae), banca organizadora.

Os exames objetivos e discursivos foram reaplicados no domingo, 14 de abril, apenas para os candidatos a especialista em Assistência Social – educador social. Inicialmente marcadas para o dia 24 de março, as provas foram remarcadas por uma possível fraude.

Na primeira data, diversos candidatos circularam com celular no local de aplicação. A Polícia Civil do Distrito Federal (PC-DF), no entanto, descartou conduta criminal. De acordo com doutor Leonardo de Castro, delegado responsável pelo caso, houve apenas desorganização da banca.

Baixe os gabaritos para educador social:

As provas reaplicadas contaram com 50 questões, sendo 20 de Conhecimentos Gerais e 30 de Conhecimentos Específicos, além de um texto dissertativo. Quem for contra o gabarito fornecido pela banca organizadora poderá entrar com recursos a partir de quinta-feira, 18.

O formulário estará disponível para preenchimento até o dia 3 de maio, pelo site do Ibrae. O candidato deverá informar seu nome, número de inscrição e CPF, indicar a questão que deseja recorrer e escrever sua argumentação lógica e consistente.

Provas para agente educador foram aplicadas no domingo, 14
de abril (Foto: Divulgação/TJ-MT)

 

Se, após a análise dos recursos, resultar em anulação de questões, os respectivos pontos serão atribuídos a todos os candidatos. Independente de terem recorrido. Em caso de alteração de gabarito, a prova será corrigida de acordo com o gabarito oficial definitivo.

• Quizz: você sabe fazer um bom planejamento para concursos?

Veja as demais datas de reaplicação das provas do concurso

Os demais cargos do concurso Sedesmidh-DF também terão as provas objetivas e discursivas reaplicadas. No dia 28 de abril será a vez dos candidatos a técnico em assistência social – técnico administrativo.

Já no dia 12 de maio, as provas serão para as demais áreas da carreira de especialista em Assistência Social. Por fim, no dia 26 de maio, os exames serão para técnico em assistência social nas especialidades de agente e cuidador. 

• Concurso Sedestmidh-DF: divulgadas datas de reaplicação das provas

Nesse concurso, a secretaria de Desenvolvimento Social oferece 1.884 vagas, das quais 314 imediatas e 1.570 para cadastro de reserva. As oportunidades estão divididas entre as carreiras de especialista e técnico. 

Das chances imediatas, 187 são para nível superior e 127 para nível médio. 

Entenda a suspensão das provas do concurso Sedestmidh-DF

No dia 24 de março, um atraso para entrega de malote com os cadernos de questões gerou confusão e ocasionou a suspensão dos exames. Às 8h, o Ibrae constatou que um único envelope com as provas foi enviado ao destino errado.

O pacote, que deveria ter sido entregue na Universidade Paulista (Unip), foi enviado por engano para a União Pioneira de Integração Social (Upis). Segundo a banca, o ocorrido atrasaria em, pelo menos, 27 minutos o início da prova em cinco salas da Unip.

O Ibrae informou que nas demais escolas e faculdades, as avaliações iniciaram sem qualquer irregularidade. A banca também esclareceu, em nota, que o malote chegou ao destino correto às 8h27, inviolado.

Segundo a banca, a confusão começou quando o início do exame foi impedido por quatro candidatos. Eles deixaram juntos uma das salas, não acatando à instrução da Coordenação do Concurso.

“Eles foram reiteradamente informados que deveriam retornar para o local de provas, mas se negaram a fazê-lo. Em seguida, os vândalos prenderam seis Coordenadores do concurso na Sala de Coordenação da UNIP, durante mais de duas horas, inviabilizando que as provas corretas fossem enfim levadas às salas”.

Muitos candidatos, em redes sociais, relataram que a atitude dos quatro candidatos não foi ocasionada apenas pelo atraso dos malotes. Para eles, a falta de organização também foi um dos agravantes, como a falta de fiscais e detector de metais, além do uso de celulares. Confira os relatos aqui!

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE



Comentários


NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações