LDO de 2019 confirma novo concurso São Gonçalo-RJ para Educação

Concurso da Prefeitura de São Gonçalo foi confirmado pela Lei de Diretrizes Orçamentárias. Vagas para professor e área administrativas.

A cidade de São Gonçalo terá um novo concurso público em 2019. A seleção está prevista na Lei de Diretrizes Orçamentárias do próximo ano, na parte de Metas e Prioridades para o Exercício de 2019.

Apesar de não ter a oferta definida, alguns cargos já estão cotados para aparecer nesta seleção. Em entrevista à FOLHA DIRIGIDA, o secretário de Administração da cidade, Marcelo Azeredo, confirmou que haverá oportunidades para a área da Educação.

No documento, a prefeitura informa que a realização do concurso faz parte do programa de reforma administrativa, que tem como objetivo “modernizar a estrutura funcional da administração municipal, com a consequente valorização do funcionalismo e melhoria da operacionalidade no atendimento aos moradores do município.”

Concurso São Gonçalo-RJ: sindicato aponta déficit de 850 servidores

Em resposta à FOLHA DIRIGIDA, a prefeitura informou que a Secretaria de Administração atualmente está focada no desenvolvimento do plano de cargos e salários dos atuais servidores e a demanda do novo concurso será priorizada após o término desta etapa.

Concurso Prefeitura de São Gonçalo (Foto: Divulgação)
Prefeitura de São Gonçalo deverá ter novo concurso em breve
(Foto: Divulgação)


No entanto, afirmou que a equipe técnica da Secretaria de Administração já está colhendo as demandas com as demais secretarias para decidir sobre as vagas que serão oferecidas.

“O secretário de Educação já nos comunicou que, quando abrir a questão do concurso, iria solicitar também vagas para o Magistério. Quando falo Magistério estou falando no modo geral, não só professor mas também outros profissionais ligados à Educação”, declarou Marcelo Azeredo.

Secretario confirma vagas para professores

O concurso para a área da Educação já está há algum tempo em pauta na Prefeitura. Em julho deste ano, o secretário de Educação, professor José Augusto Nunes, revelou que haveria concurso e, pelo menos, vagas para professores.

O informe foi realizado durante reunião com diretores do Sindicato Estadual dos Profissionais de Ensino (Sepe) e representantes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O concurso também deve trazer vagas para cargos da área Administrativa e da Saúde, como as carreiras que apareceram nos últimos concursos da prefeitura, realizados em 2016.

Na época, a prefeitura realizou dois concursos. O da área de Educação já teve sua validade encerrada. O outro, que englobava Saúde e área Administrativa, foi prorrogado até 2020.

São Gonçalo fez dois concursos em 2016

 No concurso com foco na Educação, as vagas eram para professor docente I foram para as disciplinas de Artes, Ciências, Educação Física, Geografia, História, Língua Portuguesa, Língua Espanhola, Língua Francesa, Língua Inglesa e Matemática.

Ainda foram contemplados os cargos de orientador educacional e orientador pedagógico, todos de nível superior. Para nível médio, as oportunidades foram destinadas a professor docente II nas áreas Braille, Libras e Apoio Especializado, assim como inspetor de disciplinas.

O outro concurso foi realizado no segundo semestre, para diferentes cargos. Houve vagas para auxiliar de infraestrutura, cargo que exige nível fundamental incompleto. Para nível médio, a oferta foi para agente de saúde ambiental, técnico de apoio especializado (em Arrecadação, Informática e Orçamento) e técnico de enfermagem.

Para graduados, o edital apresentou vagas nos cargos de analista de contabilidade, analista de engenharia civil, analista na área tecnológico, assistente social, auditor da receita municipal, enfermeiro, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico em diversas disciplinas, nutricionista, psicólogo e terapeuta ocupacional.

Acesse curso preparatório para concursos

Acesse curso

Nos concursos de 2016, todos os candidatos foram selecionados por meio de prova objetiva. Para nível fundamental, foram 15 questões de Português, 15 de Raciocínio Lógico e dez sobre o Estatuto do Servidor.

Já para os cargos de nível médio, as questões foram de Português, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, Estatuto do Servidor e Conhecimentos Específicos. Os inscritos na área da Saúde também tiveram questões sobre o Sistema único de Saúde. A avaliação de nível superior contou com itens de Português, Estatuto do Servidor e Conhecimentos Específicos, de acordo com o cargo escolhido.

A diferença é que professores tiveram Legislação e Fundamentos da Educação, enquanto os cargos da Saúde fizeram questões de Sistema Único de Saúde.

Como ter foco nos estudos? 

Confra dicas do especialista, Guilherme Miziara, para manter um estudo diário e contínuo!



Comentários