Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso Receita Federal tem novo pedido para 5 mil vagas

Segundo representante do Planejamento, o pedido de concurso Receita Federal tem novo quantitativo de vagas, chegando a 5 mil.

*Matéria atualizada em 26/09/2018, às 16h35

O pedido de concurso Receita Federal teve um acréscimo de vagas, passando de 2.083 para 5 mil. A informação veio depois de uma reunião entre o SindiReceita e gestores do Ministério do Planejamento, na última quinta-feira, dia 20 de setembro, em Brasília.

De acordo com a Receita Federal, o pedido foi reajustado, tendo em vista o grave déficit de pessoal no órgão. Segundo o coordenador-geral do Departamento de Relações de Trabalho no Serviço Público, Fremy de Souza e Silva, foram contabilizadas 1.453 vagas para preenchimento emergencial no exercício de 2018 (número que já constava no pedido de 2017), mas houve acréscimo de 1.547 vagas, totalizando 3 mil vagas solicitadas para analista tributário. 

Soma-se a essa solicitação as vagas de auditor-fiscal. Para o cargo foram pedidas 2 mil vagas, 1.370 a mais do que a solicitação de 2017 (eram 630). No total, a Receita pede 5 mil vagas ao Planejamento. As informações foram divulgadas pelo Sindicato Nacional dos Analistas-Tributarios da Receita Federal do Brasil (SindiReceita).

Concurso Receita (Foto: Sindireceita)
Encontro no dia 20 reuniu representates do SindiReceita e Planejamento
(Foto: SindiReceita)

O concurso Receita Federal estava entre os temas oficiais do encontro e foi um dos questionamentos feitos pelo presidente do SindiReceita, Geraldo Seixas. O diretor da Deret, Paulo Campolina, então reconheceu o déficit de servidores e afirmou que o encaminhamento é para avaliação do quantitativo que deverá ser aberto na carreira.

“Agenda de concurso é agenda de ministros. A diretriz inicial do Ministério do Planejamento é pela não abertura de concursos, mas havendo possibilidade de abertura de vagas, cada ministério irá apresentar sua demanda e as possíveis vagas serão divididas entre os ministérios/órgãos”, afirmou.

Para abrir concursos como o da Receita Federal, o governo dos próximos quatro anos poderá utilizar em 2019 a reserva técnica de R$411 milhões. Esta consta do Projeto de Lei Orçamentária Anual do ano que vem (Ploa 2019). Esta reserva, segundo o Senado, será para casos urgentes e recomendações do Ministério Público, por exemplo.

Último pedido protocolado era para 2.083 vagas

Oficialmente até o momento, o último pedido de concurso Receita Federal protocolado no Ministério do Planejamento é para 2.083 vagas. Dessas,1.453 são para o cargo de analista-tributário e as demais 630 para auditor-fiscal. Nos dois casos é preciso ter nível superior completo em qualquer área.

• Concurso Receita Federal: confira o que cai em Contabilidade

As remunerações são atrativas sendo a maior para auditor, com ganhos de R$20.123,53Para analista os ganhos são de R$11.639,24. Nestes valores já está incluído o auxílio-alimentação de R$458.

A Receita também tem solicitação para cargos de nível médio, porém que ficam sob responsabilidade do Ministério da Fazenda. Nesse caso, a solicitação é para 1.312 vagas, sendo 904 apenas para assistente técnico-administrativo. O cargo tem ganhos iniciais de R$4.137,97.

Com as declarações recentes, a expectativa é que este pedido aumente o quantitativo ou seja substituído por um novo. No entanto, procurada pela FOLHA DIRIGIDA nesta segunda-feira, 24, a Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Fazenda não confirmou, nem negou o pedido das vagas. Limitou-se a informar que o órgão ainda não tem previsão de concurso para 2018 e 2019.

Saia na frente nos estudos para a Receita Federal!

Lembre o concurso Receita de 2014 

O último concurso Receita Federal para auditor-fiscal foi realizado em 2014. As provas abordaram Língua Portuguesa, Espanhol ou Inglês, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Administração Geral e Pública, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Tributário, Auditoria, Contabilidade Geral e Avançada, Legislação Tributária e Comércio Internacional e Legislação Aduaneira.

 para analista, o último concurso foi em 2012. As provas foram sobre Língua Portuguesa, Espanhol ou Inglês, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Direito Constitucional e Administrativo e Administração Geral, além de Direito Tributário, Contabilidade Geral, Legislação Tributária e Aduaneira (área Geral) ou Direito Tributário, Contabilidade Geral e Informática (área de Informática). A organizadora nos concursos de 2012 e 2014 foi a Esaf.

Fique por dentro da prova da Receita Federal!

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR


Comentários