Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Veja gabarito extra-oficial da prova de agente

Em todo o país, 259.136 candidatos foram às provas neste domingo, 25 de maio, para concorrer às 216 vagas de agente administrativo (nível médio) oferecidas no concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Na noite deste domingo, os candidatos podem conferir o gabarito extra-oficial em transmissão a partir das 21 horas, horário de Brasília. A correção será elaborada pelos professores do Elo Concursos.  

Em todo o país, 259.136 candidatos foram às provas neste domingo, 25 de maio, para concorrer às 216 vagas de agente administrativo (nível médio) oferecidas no concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Na noite do último domingo, os concorrentes puderam conferir a correção e elaboração de gabarito extra-oficial pelos professores do Elo Concursos. Para ter acesso ao material, basta cadastrar-se no site de forma gratuita - o que pode ser feito clicando AQUI. Ainda no domingo, a PRF comunicou que mais de 400 cadernos de prova não foram entregues em um dos locais de aplicação no Mato Grosso do Sul. A Funcab, organizadora da seleção, emitiu comunicado nesta segunda-feira, 26, garantindo a continuidade e a lisura do concurso, mas ainda terá que apresentar relatório oficial sobre o ocorrido à PRF. Segundo o departamento, o prazo para a organizadora se manifestar é de 24 horas.
 
No Estado de São Paulo o total de candidatos é de 9.897. Um dos locais de prova foi o campi Liberdade da Faculdade FMU, neste local, por conta da chuva alguns candidatos optaram por chegar ao local com duas horas de antecedência. Foi o caso de Rodrigo Figueiredo Martins, 31 anos. “Domingo já é um dia complicado, pois os ônibus demoram. Além disso, decidi chegar mais cedo por conta da chuva”, explica. Muitos são os motivos que levaram os candidatos a prestarem este concurso. A professora, Thais Alvarenga, 36 anos, comenta que a estabilidade e os benefícios a motivaram. “Sou professora do município. Decidi tentar ingressar na polícia, pois professor não é bem remunerado e possui um trabalho muito estressante”, comenta.
 
Neste local de prova os portões foram abertos às 14 horas e exatamente às 15 horas foram fechados. Priscila Alves e Daniel Cardoso ficaram revoltados pela falta de tolerância da organizadora. “Não chegamos atrasados. Chegamos 15 horas em ponto, no entanto, o portão está fechado. Estamos aqui fora em baixo de chuva e ninguém vem, pelo menos, nos dá satisfação”, reclama Cardoso. Os candidatos tiveram até às 18h30 para responder a 60 questões sobre Língua Portuguesa, Ética e Conduta Pública, Raciocínio Lógico, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Administração, Noções de Arquivologia, Noções de Informática e Legislação Relativa à PRF. O gabarito preliminar no exame tem previsão de divulgação a partir das 12h da próxima terça-feira, dia 27.
 
Para ser convocado para a sindicância de vida pregressa, última fase do concurso, o candidato terá que conquistar pelo menos 27 dos 90 pontos das objetivas (30%) e se classificar, na localidade pretendida, dentro do limite previsto no edital. A divulgação do resultado final do concurso está prevista para 30 de junho, e as nomeações poderão ocorrer ainda este ano. Os concursados serão contratados pelo regime estatutário (estabilidade), em substituição a terceirizados irregulares (conforme acordo entre União e Ministério Público do Trabalho), e farão jus a remuneração inicial de R$3.937,77, incluindo o auxílio alimentação, de R$373. A validade da seleção será de dois anos, podendo dobrar.
 
Serviço
 
 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações