Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Diretor-geral da PRF confirma mais um concurso em 2019

Diretor-geral da PRF confirma mais um concurso em 2019

A Polícia Rodoviária Federal deve realizar um novo concurso em 2019. A confirmação é do diretor-geral da corporação, Renato Dias.

*Matéria atualizada em 26/11/2018, às 10h07

Atenção, concurseiros. Após a publicação do edital com 500 vagas que está previsto para este ano, a Polícia Rodoviária Federal deve realizar mais um concurso em 2019. Quem confirmou a informação foi o diretor-geral da corporação, Renato Dias.

O chefe da Polícia Rodoviária Federal respondeu a alguns questionamentos de seus seguidores no Facebook. Perguntado se haveria a possibilidade de uma nova seleção em 2020, tendo em vista as aposentadorias, o diretor-geral da PRF confirmou mais um concurso em 2019.

Reprodução Facebook
Reprodução Facebook

Embora não tenha mencionado a carreira, as vagas deverão ser para policial rodoviário federal. Sobre o quantitativo, deverá ser maior do que este previsto para sair na próxima semana (até 30 de novembro), uma vez que Renato Dias promete "muito mais vagas" nesse próximo edital.

Para um novo concurso, a Polícia Rodoviária Federal deverá cumprir todos os trâmites iniciais em busca da autorização das vagas. Realizar mais uma seleção é a prova de que a PRF pretende diminuir o déficit e solucionar o grande problema da carência de servidores.

Até 2018, os órgãos precisavam enviar seus pedidos de concurso público ao Ministério do Planejamento para que fossem analisados e concedidos ou não um aval. Com o novo governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, ainda não se sabe como será esse processo, uma vez que Fazenda, Planejamento e Indústria serão unidos ao Ministério da Economia.

Diretor da PRF confirma um novo edital em 2019 (Foto: Agência Brasil)
Renato Dias confirma mais um edital do concurso PRF em 2019
(Foto: Agência Brasil)

Déficit da PRF pode chegar a 5 mil servidores

Um novo concurso público com mais vagas amenizaria a falta de servidores na corporação, além de reforçar ainda mais o quadro da PRF. Um fator preocupante é que, segundo o próprio diretor-geral, Renato Dias, até o final deste ano o déficit pode atingir 5 mil servidores.

Mesmo com a realização do próximo concurso público, cujo edital será divulgado ainda este mês, o déficit da PRF permanecerá. Isso porque a corporação sofre com a falta de, pelo menos, 3 mil servidores e mais de 2 mil poderão se aposentar até o fim do ano.

"Temos hoje um déficit de 3 mil vagas de policiais rodoviários federais e com a iminência de aposentar mais 2.050 até o fim do ano. Ou seja, 5 mil policiais a menos no momento em que a tropa está operando no limite do limite e está sangrando", disse Renato Dias.

A declaração do diretor-geral da PRF foi dada em março, durante um café da manhã promovido pela Frente Parlamentar em defesa da PRF, na Câmara dos Deputados, onde os parlamentares levantaram a pauta sobre o déficit da corporação.

De acordo com dados no Painel Estatístico de Pessoal (PEP) do Ministério do Planejamento, as 500 vagas do próximo concurso não suprem nem mesmo as aposentadorias, confirmando a fala do diretor-geral. A PRJ já soma 738 aposentadorias desde o término da validade do último concurso.

curso para a PRF

A Polícia Rodoviária Federal conta com aproximadamente o mesmo efetivo de 1994. Esse fato, inclusive, já foi motivo de reivindicação da corporação, mas ainda não foi solucionado e a falta de servidores afeta os trabalhos da corporação.

Uma boa notícia é que a criação do Superministério da Justiça poderá gerar mais vagas na PRF. O presidente Jair Bolsonaro decidiu pela fusão dos ministérios da Segurança Pública e da Justiça. Com essa medida, espera-se que os quadros de PF e PRF sejam reforçados para auxiliar nos novos projetos.

Essa reposição de pessoal, para a pasta que será comandada por Sérgio Moro, deve ser feita com a chamada de excedentes, sendo esses aprovados em seleções ainda em validade, ou então a realização de novos concursos públicos, como confirmou o diretor-geral Renato Dias.

Último concurso também foi organizado pelo Cebraspe

Mesmo sem previsão, os candidatos já devem começar a preparação. Para isso, é importante começar os estudos com base nos editais anteriores para conhecer o perfil e estrutura de provas. O Cebraspe costuma ser a banca escolhida para organizar os concursos da PRF.

A banca organizou o último concurso da PRF, realizado em 2013, o que facilitará os estudos. Além disso, será a responsável pelo edital que será divulgado esse ano. Sendo assim, quem não garantir presença terá pelo menos dois editais da banca para se preparar, um totalmente recente que será o de 2018.

Em 2013, foram oferecidas mil vagas para a carreira de policial e os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva, exame discursivo, teste de capacidade física, exame de saúde, avaliação psicológica, investigação social e (ou) funcional, avaliação de títulos e curso de formação. A prova contou com 120 questões e abordou os seguintes conteúdos:

Português;
 Matemática;
 Noções de Direito Constitucional;
 Ética no Serviço Público;
 Noções de Informática;
 Noções de Direito Administrativo;
 Noções de Direito Penal;
 Noções de Direito Processual Penal;
Legislação Especial;
 Direitos Humanos e Cidadania;
Legislação Relativa ao DPRF;
 Física Aplicada à Perícia de Acidentes Rodoviária. 

O que precisa ter para concorrer?

Requisitos ⇒ o candidato precisará ter de 18 a 65 anos de idade. Podem concorrer homens e mulheres e a escolaridade exigida é o ensino superior completo, em qualquer área de formação. A PRF exige ainda que o candidato tenha carteira de habilitação, na categoria B ou superior.

Remuneração ⇒ a remuneração inicial do cargo de policial rodoviário federal é de R$9.931,57 em 2018 e passará para R$10.357,88 em 2019. Os valores já incluem o auxílio-alimentação, que atualmente é de R$458. 

Baixe e-book gratuito!
Como ser um concurseiro

Concursos 2019? Confira o que está previsto!

O ano de 2019 está chegando e vários órgãos deverão divulgar novos editais de concurso público. Se você está indeciso, ou ainda não sabe quais são as oportunidades, FOLHA DIRIGIDA preparou um guia especial com as principais novidades do próximo ciclo para as cinco regiões do Brasil.

Com a novidade divulgada pelo diretor-geral, Renato Dias, a Polícia Rodoviária Federal também entra na lista de concursos 2019. Além da PRF, em âmbito nacional estão previstos os editais do Banco Central (Bacen)CNMPDepartamento Penitenciário Nacional (Depen)Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)  Instituto Nacional do Seguro Social, entre outros.

Quer saber mais detalhes? Confira o guia completo e assista ao vídeo para ficar por dentro das novidades! 




Comentários


NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações