Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

'No forno', diz diretor-geral sobre edital do concurso PRF

'No forno', diz diretor-geral sobre edital do concurso PRF

O diretor-geral da PRF, Renato Dias, se manifestou sobre o edital do concurso PRF na noite desta terça-feira, 6. Está "no forno", disse ele.

"No forno." Assim se manifestou o diretor-geral da PRF, Renato Dias, sobre o edital do concurso, previsto para sair a qualquer momento. O comentário foi publicado pelo titular da Polícia Rodoviária Federal na sua página oficial no Facebook, na noite desta terça-feira, dia 6.

O comentário foi uma resposta a prováveis candidatos, que o questionaram sobre uma previsão para uma nova seleção ser aberta. Um internauta perguntou ao diretor-geral se há previsão para novo concurso após o atual, autorizado. Renato Dias respondeu: "No forno", provavelmente referindo-se ao edital deste ano, autorizado, já que, para abrir uma nova seleção, a PRF ainda precisa solicitar vagas - veja a seguir.

"No forno", diz diretor-geral da PRF sobre edital do concurso
Reprodução: Facebook


Renato Dias costuma ser cauteloso nas suas redes sociais ao falar sobre concurso público. Chegou a passar previsões, mas há meses não responde perguntas sobre a seleção. Desta vez, porém, resolveu manifestar-se sobre a proximidade de as regras do concurso serem publicadas no Diário Oficial da União.

O comentário de Renato Dias comprova que o edital do concurso PRF está mesmo muito próximo de sair. A Assessoria de Imprensa da Polícia Rodoviária Federal informou à FOLHA DIRIGIDA nesta terça-feira, dia 6, que "ainda não há cronograma definido", o que impede o edital de ser divulgado. Fora esse detalhes, a corporação não tem mais nenhum impedimento para a publicação do edital.

A banca, o Cebraspe, e  a comissão responsável pelo concurso realizam encontros para definir esses últimos detalhes, que, tão logo sejam concluídos, permitirão que a PRF encaminhe o edital para publicação no Diário Oficial da União. Ainda não há uma data definida ou previsão para que isso aconteça.

Em outra ocasião, a Polícia Rodoviária Federal informou que trabalha com rapidez para concluir todos os trâmites o mais rápido possível, "por uma questão de efetivo". A corporação precisa urgentemente dos novos policiais para recompor o seu quadro de pessoal que já soma um grande déficit.

O único prazo estipulado pela Assessoria da PRF é que o edital está dentro do prazo legal previsto na portaria autorizativa. O aval foi publicado em julho deste ano e prevê que o documento saia em até seis meses após, ou seja, até janeiro. A corporação, no entanto, não deve esperar até completar esse período e deve divulgar o documento o quanto antes.

Diretor-geral da PRF, Renato Dias diz que 'edital está no forno' (Foto: FenaPRF)
"No forno", diz diretor-geral da PRF, Renato Dias, sobre edital do concurso
(Foto: Divulgação)

Déficit da PRF é maior que número de vagas autorizadas

O próximo concurso da Polícia Rodoviária Federal é uma prioridade e tido como urgente, tendo em vista a necessidade na recomposição do quadro de pessoal. O déficit da corporação é grande. Exemplo disso é que o número de vagas autorizadas não vão suprir toda a carência atual.

Logo após o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, ter autorizado as 500 vagas da seleção extraoficialmente, a corporação e a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) iniciaram uma luta para conseguir aumentar esse quantitativo.

De acordo com a federação, seriam necessárias, pelo menos, 3 mil vagas para suprir a atual necessidade. Durante um encontro em julho com parlamentares e o ministro Jungmann, o vice-presidente da federação, Dovercino Neto, disse à reportagem de FOLHA DIRIGIDA que o déficit da PRF chegou a 2.954 servidores.

Esse número, no entanto, deve ser ainda maior atualmente, o que reforça ainda mais a importância da realização do concurso. Outra informação importante é que o número de vagas também não suprem as aposentadorias. A Polícia Rodoviária Federal já soma 738 aposentadorias desde o término da validade do último concurso.

"Mesmo com a imensidão do país, o cidadão sente-se protegido com a presença da Polícia Rodoviária Federal. Precisamos recompor o efetivo da PRF e dar à sociedade aquilo que ela merece: uma polícia cada vez mais presente", disse o senador José Medeiros.

curso para a PRF

O que precisa ter para concorrer?

Requisitos ⇒ o candidato precisará ter de 18 a 65 anos de idade. Podem concorrer homens e mulheres e a escolaridade exigida é o ensino superior completo, em qualquer área de formação. A PRF exige ainda que o candidato tenha carteira de habilitação, na categoria B ou superior.

Remuneração ⇒ a remuneração inicial do cargo de policial rodoviário federal é de R$9.931,57 em 2018 e passará para R$10.357,88 em 2019. Os valores já incluem o auxílio-alimentação, que atualmente é de R$458.

O órgão conta com as seguintes lotações:

⇒  Sede, em Brasília
⇒  27 superintendências regionais
⇒  150 delegacias
⇒  413 unidades operacionais
⇒  Total de mais de 550 unidades em todo o país

Acesse outros editais da PRF

À procura de provas anteriores da PRF?

Baixe e-book gratuito!

Como ser um concurseiro


Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações