Exclusivo! Concurso PRF: enviado novo pedido com mais de 2 mil vagas

A Polícia Rodoviária Federal confirma o envio de um novo pedido de concurso ao Ministério da Economia. Mais de 2 mil vagas.

A Polícia Rodoviária Federal enviou um novo pedido de concurso PRF ao governo. A demanda solicitada foi para mais de 2 mil vagas e passará por análise no Ministério da Economia.

A informação foi passada com exclusividade à FOLHA DIRIGIDA. De acordo com a corporação, o pedido enviado em 2019 foi indeferido e foi preciso refazer a solicitação.

Segundo o órgão, um novo pedido com cerca de 2,6 mil vagas foi entregue ao Ministério da Justiça e Segurança Pública para ser encaminhado à pasta responsável. Se aprovado, será autorizado pelo chefe da Economia, Paulo Guedes.

A distribuição das vagas solicitadas ainda não foi confirmada pela corporação. A expectativa é de que o pedido tenha contemplado as carreiras de nível médio e superior, bem como o anterior.

Vale lembrar que os órgãos federais têm até o próximo domingo, 31 de maio, para enviar os pedidos de concurso ao Ministério da Economia. É possível, ainda, refazer ou atualizar um pedido já em análise na pasta.

(Foto: Divulgação)
PRF confirma envio de pedido para novo edital. Mais de 2 mil vagas!
(Foto: Divulgação)


PRF enviou pedido com 4,4 mil vagas em 2019

Em 2019, a Polícia Rodoviária enviou um pedido de concurso ao governo com 4.435 vagas. A demanda foi confirmada pela corporação, mas foi indeferida e não será autorizada.

Embora não tenha sido concedido um aval, aquele pedido demonstrou a intenção da PRF em contar com um número expressivo de novos servidores e diminuir o déficit de pessoal.

O pedido anterior foi dividido em 4.360 vagas de policial rodoviário federal e 75 para o cargo de agente administrativo.

Para o policial, a exigência é a graduação em qualquer área mais carteira nacional de habilitação, com ganhos são de R$10.357,88. Já o agente administrativo, exige o nível médio e proporciona R$4.022,77.

CARGO VAGAS  REMUNERAÇÃO  REQUISITOS
Policial 4.360 R$10.357,88 Nível superior em qualquer área, de 18 a 65 anos e CNH 
Agente administrativo  75 R$4.022,77 Nível médio completo


Déficit da PRF era de 8,3 mil policiais em 2018

A necessidade de novos concursos públicos na Segurança Pública, em especial na PRF, é evidente em virtude do déficit de pessoal. A carência da corporação atingiu a marca de mais de 8 mil policiais, em 2018.

Informações divulgadas pela própria Polícia Rodoviária Federal, na época, demonstrava que o efetivo de novembro de 2018 era de 10.029 servidores, quando o ideal seriam 18.424 na corporação.

A carência total era de 8.395 profissionais,com vacâncias resultados de aposentadorias, mortes, exonerações, transferências, entre outros motivos.

Em 2019, o governo federal demonstrou a intenção de realizar concursos PRF anualmente, com mil vagas. A intenção é repor o quadro e chegar ao número de 13.098 policiais até 2022. No entanto, essa promessa não foi cumprida até o momento.

Segundo o presidente da FenaPRF, Deolindo Carniel, a promessa foi do presidente da República, Jair Bolsonaro. O representante da categoria disse que a PRF encontra-se com quase 10 mil vagas preenchidas. A medida ajudaria na luta contra o déficit de pessoal da corporação. 

O que precisa ter para concorrer?

Para concorrer ao cargo de policial, os candidatos precisam ter nível superior em qualquer área e de 18 a 65 anos de idade, conforme legislação. Podem concorrer homens e mulheres. A PRF exige ainda que o candidato tenha carteira de habilitação, na categoria B ou superior.

A remuneração do policial rodoviário é de R$10.357,88 em 2019, valor que já inclui o auxílio-alimentação, atualmente de R$458.

O órgão conta com as seguintes lotações:

⇒  Sede, em Brasília
⇒  27 superintendências regionais
⇒  150 delegacias
⇒  413 unidades operacionais
⇒  Total de mais de 550 unidades em todo o país 

PRF receberá mais 609 aprovados do concurso 2018

Além dessa possível nova demanda, a PRF já tem uma certeza: poderá contar com todos os aprovados do concurso anterior. O presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que autoriza a convocação dos 609 excedentes.

O documento já vinha sendo aguardado, conforme antecipado por FOLHA DIRIGIDA, e foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União, na noite da quinta-feira, 28.

Antes da publicação do documento, o novo diretor-geral da corporação, Eduardo Aggio, gravou um vídeo acompanhado de aprovados, comemorando o aval do presidente.

"É com muito prazer e entusiasmo que eu informo que, hoje, o presidente da República assinou o decreto da vinda dos 600 novos policiais rodoviários federais; 609, senhores! Venham para a corporação. Sejam bem-vindos! O país precisa de vocês e a PRF anseia por vocês aqui dentro", disse Aggio.

Último concurso PRF teve 129 mil inscritos

O último concurso PRF teve edital divulgado em novembro de 2018 teve a organização do Cebraspe (antigo Cespe/UnB). A oferta foi a mesma da autorização, 500 vagas imediatas, todas para policial rodoviário federal.

Foram mais de 129 mil inscritos, com a maior procura para o Pará, com 12.700 inscritos para 81 vagas, seguido por Goiás com 12.605 inscritos e Rio Grande do Sul, 11.559.

As provas objetivas e redação aconteceram em 3 de fevereiro, nas diversas Unidades Federativas com oferta de vagas. Os participantes responderam a 120 questões, distribuídas por meio de três blocos. As demais etapas foram:

  • Prova objetiva
  • Prova discursiva
  • Exame de capacidade física;
  • Avaliação de saúde;
  • Avaliação psicológica;
  • Avaliação de títulos;
  • Investigação social;
  • Curso de formação.

Giro FD traz detalhes AO VIVO a partir das 11h! 



Por Mateus Carvalho
[email protected]

Confira o material de preparação da FOLHA DIRIGIDA e comece já os estudos para o concurso!

✔ E-books 
✔ Provas para download
✔ Artigos sobre concursos
✔ Editais verticalizados
✔ Vídeos com dicas