Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Sai edital do concurso PRF com 500 vagas. Retificação no ar

Sai edital do concurso PRF com 500 vagas. Retificação no ar

Foi divulgado o edital do concurso PRF 2018, com oferta de 500 vagas. A remuneração da Polícia Rodoviária Federal será R$10.357,88 em 2019.

*Matéria atualizada em 28/11/2018, às 19h11

Acabou a espera. A Polícia Rodoviária Federal finalmente divulgou o edital do concurso PRF 2018, um dos mais aguardados para este ano. O documento traz a oferta de 500 vagas para a carreira de policial rodoviário federal, que exige nível superior em qualquer área. A banca organizadora é o Cebraspe, assim como foi no último concurso, em 2013.

Baixe o edital da PRF 2018

Edital do concurso PRF

 

Atenção! A primeira retificação do edital foi publicada no início da noite desta terça, 28. no site do Cebraspe. A mudança foi na tabela de vagas do concurso. A alteração foi em sete UFs: Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rondônia e Roraima.

Além da escolaridade, a carreira de policial rodoviário federal exige carteira nacional de habilitação (CNH) na categoria B ou superior, idade de 18 a 65 anos. Poderão concorrer candidatos de ambos os sexos.

A remuneração inicial do cargo é de R$9.931,57 (vencimento de R$9.473,57 + alimentação) em 2018 e passará para R$10.357,88 em 2019. Esses valores incluem o auxílio-alimentação de R$458.

Retificação foi anunciada na tarde de terça, 28

A reportagem de FOLHA DIRIGIDA confirmou na tarde desta quarta-feira, 28, que o edital do concurso PRF será retificado. A informação foi confirmada pela Assessoria de Imprensa da Polícia Rodoviária Federal. A mudança será na distribuição das vagas por Unidade Federativa (UF). O quantitativo de 500 vagas, no entanto, não será alterado.

“A publicação do edital é apenas parte do caminho para o ingresso dos novos policiais. Antes mesmo do anúncio do concurso em fevereiro deste ano pelo Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, já estávamos tomado medidas para aperfeiçoar o perfil profissiográfico que queremos, de maneira que tenhamos a seleção daqueles que realmente são vocacionados para o trabalho policial e para a PRF”, disse o diretor-geral da PRF, Renato Dias.

A lotação deve ser escolhida no momento da inscrição. Há oferta de vagas para diversas localidades em todo o país. A oferta está dividida em ampla concorrência, negros e deficientes.

Confira a distribuição e os polos contemplados (retificados)!

Região Quantidade de vagas
Acre 17
Amapá 23
Amazonas 28
Bahia 17
Goiás 27
Maranhão 18
Mato Grosso 57
Mato Grosso do Sul 35
Minas Gerais 9
Pará  81
Piauí 22
Rio de Janeiro 10
Rio Grande do Sul 23
Rondônia 74
Roraima 15
São Paulo 19
Tocantins 25
Total 500

Inscrições do concurso PRF começam em 3 de dezembro

O prazo de inscrições do concurso da PRF será entre 10h do dia 3 e 18h do dia 18 de dezembro, no site do Cebraspe. O candidato deverá preencher o formulário com os principais dados no site da banca.

Para confirmar a participação será preciso quitar a taxa de R$150. O valor deverá ser pago por meio do Guia de Recolhimento da União (GRU). Haverá a possibilidade de isenção durante todo o período de inscrição.

Para concorrer ao benefício da isenção será preciso:

Estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); ou
Ser membro de família de baixa renda; ou
For doador de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

PRF abre concursos com 500 vagas
Polícia Rodoviária Federal abre concurso com oferta de 500 vagas
(Foto: Divulgação PRF)

Provas da PRF serão em fevereiro

A prova objetiva e a prova discursiva terão a duração de quatro horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 3 de fevereiro de 2019, no turno da tarde. Os cartões de confirmação contendo os locais e horários saem em 30 de janeiro.

As provas escritas terão caráter eliminatório e classificatório. Serão cobradas 120 questões no estilo Cesbraspe, com afirmações e devendo o candidato assinalar Certo ou Errado, onde uma questão errada anulará uma certa. As disciplinas cobradas serão:

  • Português;
  • Raciocínio Lógico-Matemático;
  • Informática;
  • Noções de Física;
  • Ética no Serviço Público;
  • Geopolítica Brasileira;
  • Legislação de Trânsito;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Penal e de Processual Penal;
  • Legislação Especial;
  • Direitos Humanos e Cidadania.

A prova objetiva será dividida em três blocos de questões. O primeiro bloco terá 50 questões, o segundo 40 e o terceiro 30. Cada questão da prova valerá um ponto. Para ser considerado aprovado o candidato precisa obter nota maior ou igual a 10 pontos no bloco 1, 12 no bloco 2, 6 no bloco 3, além de 48 na soma dos três blocos.

Os candidatos com nota inferior será considerado eliminado. O gabarito preliminar da prova objetiva está previsto para ser divulgado a partir das 19h do dia 4 de fevereiro, no site do organizador.

Já a prova discursiva será uma redação de texto dissertativo, que valerá 20 pontos. Os candidato deverão elaborar um texto de até 30 linhas. No entanto, serão corrigidas somente as redações dos candidatos habilitados na prova objetiva.

Seleção da PRF terá mais seis etapas

Quem deseja conquistar uma das 500 vagas de policial rodoviário federal deverá se preparar de maneira intensa, pois a seleção será composta por diversas etapas. Os aprovados nas provas objetiva e discursiva serão convocados para as próxima fases, que serão:

→ Exame de capacidade física;
→ Avaliação de saúde;
→ Avaliação psicológica;
→ Avaliação de títulos;
→ Investigação social;
→ Curso de formação.

O prazo de validade do concurso será de 30 dias, contados a partir da publicação da homologação final do curso de formação. Esse prazo pode ser prorrogado uma única vez, por igual período. O regime de contratação é o estatutário, que assegura a tão sonhada estabilidad empregatícia.

Professores antecipam dicas para os estudos da PRF

Com a publicação do edital, os candidatos devem intensificar os estudos para a primeira fase do concurso da Polícia Rodoviária Federal. Os inscritos serão avaliados por meio de provas escritas e a avaliação do concurso passado pode servir de referência.

Para ajudar nessas semanas que antecedem a realização do exame, os professores do curso preparatório CPC Concursos analisaram a cobrança do Cebraspe na última seleção da PRF e dão dicas para os concurseiros.

Direito Constitucional na PRF

Para o professor Arthur Damasceno, que leciona Direito Constitucional no preparatório, o nível de complexidade dos temas se mostrou de caráter mediano para a disciplina. Segundo ele, o examinador optou em não cobrar questões de cunho jurisprudencial, com foco na literalidade.

"Houve equilíbrio entre a distribuição de questões certas e erradas. As erradas se mostraram de fácil análise, sendo as incorreções de lógica assimilação", disse.

Legislação Especial na PRF

Já sobre a parte de Legislação Especial, o professor Tiago Santos comentou que o último concurso trouxe apenas dez questões. Segundo Tiago Santos, a banca trabalhou com a diversidade na escolha dos temas. Ele também destaca que não houve uma complexidade na elaboração das questões.

"Acredito que no próximo certame a organizadora mantenha esse mesmo padrão. Porém, focando mais nas legislações que tenham relação direta com a atuação da PRF. Como a lei de drogas (11343/06), em razão das diversas apreensões que a instituição policial vem efetuando, e também uma ênfase maior no CTB ( lei 9503/97), devido a fiscalização rotineira das estradas."

Informática no concurso PRFCPC Concursos - curso para a PRF

Na parte de Informática do último concurso, o Cebraspe cobrou apenas cinco questões. Desse total, foram duas sobre BROffice Writer, uma sobre BROffice Calc, uma questão tratando de conceitos acerca de vírus e worm e uma questão sobre o navegador Google Chrome.

Para a professora Kátia Quadros, as questões foram bem fáceis para uma prova a nível PRF. "Quem está se preparando para o este novo certame, deve esperar questões num nível mais elevado."

Português no concurso PRF

O professor Sidney Martins analisou a parte de Língua Portuguesa da última prova da PRF que, segundo ele, já apresentou o famoso perfil 'Cebraspe de ser'. O especialista destaca que a maioria das provas dessa disciplina, elaboradas pela banca em destaque, apresentam cerca de 50% de questões gramaticais.

Portanto, o professor revela que é de suma importância os candidatos dominarem esse ponto da Língua Portuguesa. Os outros 50% da prova de Língua Portuguesa, segundo ele, ficam reservados para interpretação/ tipologia textual e redação oficial.

Confira os 12 principais pontos de Gramática que devem ser cobrados na PRF, segundo o professor Sidney Martins:

1) acentuação gráfica
2) ortografia
3) semântica
4) pronome
5) verbo
6) sintaxe
7) pontuação
8) concordância
9) regência e crase
10) partículas “que” e “se”
11) coesão referencial  e sequencial
12) reescritura e correção gramatical

"Sobre interpretação, a maioria dos textos são dissertativo-argumentativos ou narrativos (com elementos de texto descritivo, às vezes), por isso é preciso dominar as características desses tipos de texto. Diante desse quadro, com certeza, o novo concurso para PRF apresentará o mesmo panorama", disse o professor.

Direito Penal no concurso PRF

O professor de Direito Penal do CPC Concursos, Antônio Pequeno, avaliou a cobrança dessa disciplina no edital passado. O professor comenta que foram cobradas 12 questões, sendo divididas em sete sobre a parte geral e cinco sobre a parte especial do Código Penal.

Sobre a prova discursiva, Antônio relembrou que o Cebraspe cobrou do candidato apenas o crime de contrabando. O professor considera que para obter êxito na parte de Direito Penal, o candidato precisa estudar com um material resumido, além de combinar com a leitura da letra da lei e a resolução de exercícios.

O foco principal deve ser na parte geral do Código Penal e, quanto à parte especial, deve priorizar os crimes que têm mais incidência nas provas da banca Cebraspe, por exemplo:

⇒ Nos crimes contra a pessoa (estudar de maneira mais aprofundada os artigos 121 até o art.129; 138 até o artigo 145);
⇒  Nos crimes contra o patrimônio (estudar de maneira mais aprofundada os artigos 155, 157, 158, 159, 163, 168, 171, 180 até o 183);
⇒  Nos crimes contra a dignidade sexual (estudar de maneira mais aprofundada os artigos 213 até o artigo 218-c);
⇒  Nos crimes contra a fé pública (estudar de maneira mais aprofundada os artigos 297, 298, 299, 304, 307, 311);
Nos crimes contra a administração pública (estudar de maneira mais aprofundada os artigos 312 até o 327, 329 até o 342).

"Acredito que neste próximo concurso, a parte de Direito Penal seguirá o mesmo parâmetro, tanto no conteúdo como também na cobrança das questões, tendo em vista que esta matéria é de grande importância para que o policial rodoviário federal desempenhe as atribuições do cargo com eficiência."

Vantagens da carreira na PRF

Uma das grandes vantagens da carreira na PRF apontada por quem já faz parte da corporação é o cargo único, que diferencia o órgão das demais forças policiais. Entre os benefícios, está a possibilidade de qualquer policial ter a chance de assumir funções de chefia, desde a mais simples até a maior delas, a de diretor-geral. Atualmente, a função é exercida por Renato Dias, de 44 anos, policial rodoviário federal há 23 anos, desde 1994.

O órgão conta com as seguintes lotações:

  Sede, em Brasília
  27 superintendências regionais
  150 delegacias
  413 unidades operacionais
  Total de mais de 550 unidades em todo o país

PLAYLIST

Reprodução automática

Notícias

Concurso PRF: orientações de Direito Penal

Duração: 00:05:41

1932 exibições

Notícias

Concurso PRF: aula sobre Legislação de Trânsito

Duração: 00:09:52

2051 exibições

Notícias

Concurso PRF: Sidney Martins dá dicas de Língua Portuguesa

Duração: 00:12:10

1883 exibições

Notícias

Concurso PRF: aula sobre Matemática com Sérgio Altenfelder

Duração: 00:07:37

1395 exibições

Notícias

Concurso PRF: aula sobre Informática para policial

Duração: 00:08:45

1231 exibições

Notícias

Concurso PRF: Direito Administrativo para policial

Duração: 00:14:30

1000 exibições

Notícias

Concurso PRF: Processo penal com Sandro Caldeira

Duração: 00:09:17

609 exibições

Notícias

Concurso PRF: aula sobre Direito Constitucional

Duração: 00:03:03

106 exibições

Notícias

Concurso PRF: aula sobre Direito Penal para policial

Duração: 00:11:28

157 exibições




Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações