Concurso PRF: Bolsonaro autoriza a chamada de mil aprovados

Saiu a portaria que autoriza a chamada de mil aprovados no concurso PRF.

Saiu a portaria autorizativa do concurso PRF, com o aval para a chamada de mil aprovados. O texto que confirma mais 500 excedentes na Polícia Rodoviária Federal foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 4.

Diferentes do que o previsto, o aval não prevê a chamada de mil policiais a mais, e sim 500. Serão mil aprovados no total, sendo 500 já incluídos nas vagas imediatas oferecidas no edital de abertura.

O documento publicado prevê que caberá ao diretor-geral da PRF, Adriano Furtado, verificar previamente as condições para nomeação, além de editar os atos necessários. A autorização está assinada pelo presidente da República Jair Bolsonaro, além do ministro da Economia, Paulo Guedes e do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Na noite de quarta-feira, 3, por volta das 21h, o presidente Jair Bolsonaro fez uma postagem no seu twitter oficial confirmando a assinatura da portaria. Confira!

"Assinei hoje decreto que autoriza a PRF a chamar 1000 novos concursados, sendo 500 deles previstos no edital do concurso e outros 500 além da previsão inicial. Essa é mais uma medida de fortalecimento da segurança pública, em especial quanto ao patrulhamento de nossas rodovias."

Bolsonaro autoriza chamar mais aprovados na PRF (Foto: Divulgação)
Bolsonaro autoriza chamar mais aprovados na PRF (Foto: Divulgação)

Em junho, Bolsonaro já havia confirmado a medida, faltando apenas oficializar com a portaria em Diário Oficial. O presidente da República participou do lançamento de um projeto de revitalização do Rio Araguaia, em Goiás. Ele discursou e falou sobre as recentes medidas, bem como a autorização de mais servidores na PRF.

"Meus amigos policiais rodoviários federais acabei de acertar com Paulo Guedes, nosso ministro da Economia, a contratação de mais mil servidores para essa área para bem ajudar no trânsito."

Como Bolsonaro anunciou que seriam mil servidores a mais, e já era certo a chamada de 500 previstos em edital, havia a expectativa para um total de 1.500 convocados. No entanto, a portaria prevê apenas mil.

Em abril, FOLHA DIRIGIDA confirmou a informação de que o governo chamaria mais aprovados (além das vagas iniciais) dos concursos PF e PRF. Tal informação foi passada pelo presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luis Boudens, de maneira exclusiva.

A informação foi também confirmada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzony e, posteriormenteo próprio presidente Jair Bolsonaro, na sua conta no Twitter, garantiu a convocação aprovados - mas essas últimas declarações contemplava apenas ao concurso da Polícia Federal, cujo decreto já foi publicado em Diário Oficial.

Com mil vagas, aposentadorias não serão supridas

Com as 1.500 chamadas previstas, a Polícia Rodoviária Federal conseguiria suprir a demanda de aposentadorias. Embora o déficit permanecesse, seria menor do que atualmente.

No entanto, com apenas mil aprovados sendo enviados ao curso de formação para posteriomente tomar posse, a PRF continuará com vacâncias nessa modalidade. Sâo 1.204 aposentadorias desde 2016, quando foi expirada a validade do último concurso.

Somente em 2017 foram 374 servidores se desligando. Até maio, 2019 já registrou 205 saídas. Em novembro de 2018 o efetivo da PRF era de 10.029 servidores, quando o ideal seriam 18.424 na corporação. Sendo asim, totalizava, na época, carência de 8.395 profissionais

Com mil aprovados sendo convocados, a PRF não consegue suprir todas as aposentadorias, tampouco o déficit total. Isso porque continuará na ausência de mais de 7 mil servidores. Portanto, um novo edital é visto como prioridade.

PRF pede concurso e pode ter novo edital

Para suprir tal necessidade, a Polícia Rodoviária Federal confirmou o envio de um pedido de concurso ao Ministério da Economia. Foram pedidas 4.435 vagas para cargos de policial rodoviário e agente administrativo.

São 4.360 vagas para o cargo de policial rodoviário federal, enquanto as demais 75 são destinadas a carreira de agente administrativo, de nível médio. A PRF agora aguardará pelo aval da pasta que pode ser publicado ainda este ano, a qualquer momento.

PEDIDO DE CONCURSO PRF 2019

CARGO VAGAS REMUNERAÇÃO REQUISITOS
Policial 4.360 R$10.357,88 Nível superior em qualquer área, de 18 a 65 anos e CNH
Agente administrativo 75 R$4.022,77 Nível médio completo

No dia 2 de julho, última terça-feira, foi publicado o resultado provisório da etapa de avaliação psicológica do concurso PRF que está em andamento. Os aprovados no exame pscicológico serão convocados para a próxima etapa, a prova de títulos.

O órgão conta com as seguintes lotações:

⇒  Sede, em Brasília
⇒  27 superintendências regionais
⇒  150 delegacias
⇒  413 unidades operacionais
⇒  Total de mais de 550 unidades em todo o país  



Comentários