Concurso PRF: excedentes devem ser contratados este ano, diz diretor

O diretor-geral da PRF, Adriano Furtado, declarou que trabalhará para conseguir contratar os remanescentes ainda este ano.

O diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Adriano Furtado, indicou que a corporação irá buscar alternativas para tentar contratar os candidatos remanescentes do concurso PRF 2018. Isso poderá acontecer ainda este ano.

A declaração do chefe da PRF foi dada nesta terça-feira, 4, em entrevista ao programa Brasil em Pauta da TV Brasil, que será transmitida a partir das 21h. O resumo foi publicado pela Agência Brasil.

“Nós temos um concurso ainda válido, uma turma remanescente e a busca nossa é de iniciar um processo de formação para contratar. Existe até uma previsão orçamentária para isso”, disse Furtado.

Além de comentar sobre a previsão de chamar os excedentes, o diretor-geral da PRF comemorou a chamada de mais aprovados além da oferta inicial no concurso. Foram convocados para o curso de formação um número três vezes maior ao que previa o edital de abertura.

“No ano de 2019, nós tínhamos uma previsão de ingresso de 500 profissionais. Conseguimos fazer o maior curso de formação, foram 1.565 profissionais. Diferentemente da previsão orçamentária, por um esforço de governo, nós nomeamos mil policiais e o restante são servidores que estão na condição sub judice – que estão sendo nomeados conforme as decisões judiciais”, comentou.

(Foto: FenaPRF)
Adriano Furtado prevê a chamada dos excedentes do concurso PRF
(Foto: FenaPRF)

Orçamento sancionado prevê chamada de excedentes do concurso 2018

Além da declaração do diretor-geral da PRF, o que reforça ainda mais a possibilidade de contratação dos excedentes é a previsão orçamentária. Isso porque o Orçamento sancionado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, prevê a chamada desses candidatos.

O documento prevê a chamada de mais 614 aprovados para ingresso no curso de formação. Essa é a última etapa antes da entrada na corporação, que é ministrada na Academia e tem regime de dedicação exclusiva.

O quantitativo previsto no Orçamento bate com as informações passadas anteriormente pelo presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais, Deolindo Carniel. No final de 2019, o representante da federação disse, em entrevista, sobre a importância da previsão orçamentária para novos concursos e chamadas de excedentes.

De acordo com Deolindo Carniel, essa é uma das lutas prioritárias da federação. O representante da FenaPRF já havia indicado que havia a previsão da chamada de 614 aprovados remanescentes, mas que dependia de previsão Orçamentária - o que já foi concedido.

"É a única forma que nós vemos de enfrentar um déficit a curto prazo. Se abrirmos um novo concurso ano que vem, que é o que vamos lutar, nós não vamos conseguir chamar esses remanescentes, então essa é a maneira que temos de ter mais policiais na rua a curto prazo, chamando esses aprovados."

PRF tem pedido para novo concurso com mais de 4 mil vagas

Em meio à luta para a chamada de mais aprovados, a Polícia Rodoviária Federal também solicitou ao Governo pedidos para a realização de novos concursos. Foram confirmadas mais de 4 mil vagas, em análise no Ministério da Economia.

São 4.435 vagas, das quais 4.360 contemplam o cargo de policial rodoviário federal e as demais 75 são destinadas a carreira de agente administrativo, de nível médio. Ainda não há uma previsão de autorização. Assim que o aval for dado, será publicado no Diário Oficial da União.

PEDIDO DE CONCURSO PRF 2019

CARGO VAGAS REMUNERAÇÃO REQUISITOS
Policial 4.360 R$10.357,88 Nível superior em qualquer área, de 18 a 65 anos e CNH
Agente administrativo 75 R$4.022,77 Nível médio completo

Esta matéria está em atualização

Confira o material de preparação da FOLHA DIRIGIDA e comece já os estudos para o concurso!

E-books 
Provas para download
Artigos sobre concursos
Editais verticalizados
Vídeos com dicas