Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso PRF: edital com 500 vagas sai na última semana do mês

O edital do concurso da Polícia Rodoviária Federal está previsto para sair na última semana de novembro. O cronograma está em definição.

A contagem regressiva pelo edital do concurso PRF está chegando ao fim. De acordo com fonte, o documento está em fase final e está previsto para sair na última semana de novembro. Restam apenas pendências burocráticas para a publicação, não reveladas.

Ao que tudo indica, o edital deve ser divulgado na semana do dia 26. As inscrições deverão ser abertas em dezembro, já que o Cebraspe não costuma abrir o prazo para cadastros na semana de divulgação do edital. As provas deverão ficar para fevereiro, seguindo o intervalo de pelo menos 60 dias entre o edital e a primeira avaliação do concurso.

A fonte que confirmou a previsão do edital é a mesma que antecipou à FOLHA DIRIGIDA quando sairia a dispensa do Cebraspe. Oficialmente, a Polícia Rodoviária Federal trabalha com cautela e não revela um prazo exato para a divulgação do edital. Informa apenas que pretende concluir todos os detalhes o mais rápido possível "por uma questão de efetivo".

Sobre datas, a PRF diz que o edital está dentro do prazo legal previsto na portaria autorizativa. Publicado em julho deste ano, o aval para as 500 vagas prevê que o documento saia em até seis meses, ou seja, até janeiro. Dado o grande déficit de servidores, o edital deve sair antes do limite para que os profissionais comecem a atuar logo. 

A corporação e o Cebraspe trabalham para definir o quanto antes os últimos detalhes. Segundo a Assessoria de Imprensa da PRF "ainda não há cronograma definido", o que impede o edital de ser divulgado. A corporação e o instituto devem finalizar as pendências nos próximos dias.

Após FOLHA DIRIGIDA ter antecipado com exclusividade, o Cebraspe foi definido como a banca do concurso PRF no dia 19 de outubro. O extrato do contrato com a banca foi publicado no dia 29 do mesmo mês no Diário Oficial da União, cumprindo mais uma etapa rumo à publicação do edital.

PRF prepara edital de concurso com 500 vagas (Foto: Luca Gebara/Agência AL)
PRE prepara edital de concurso com 500 vagas de policial
(Foto: Luca Gebara/Agência AL)

Criação de 'superministério' pode gerar vagas na PRF

Mesmo com a autorização para 500 vagas, a Polícia Rodoviária Federal não conseguirá suprir todo o seu déficit de pessoal com o próximo concurso. A carência da PRF já ultrapassa 3 mil servidores, número que piora a todo mês com as aposentadorias. O quantitativo autorizado não supre sequer as saídas de 2018. São 738 aposentadorias desde o término da validade do último concurso.

O que pode ajudar a amenizar esse problema de pessoal na PRF é a criação do 'Superministério' da Justiça no governo do presidente da República eleito, Jair Bolsonaro. A nova pasta será resultado da fusão entre os ministérios da Segurança Pública e da Justiça.

Com essa medida, pode ser que o quadro de pessoal da Polícia Rodoviária Federal receba reforços. Caso isso aconteça, deverão ser chamados excedentes do concurso atual, que já estará em andamento, e uma nova seleção deverá ser realizada para suprir a demanda.

curso para a PRF

Cebraspe também organizou o último concurso PRF

Para um concurso do nível da Polícia Rodoviária Federal o estudo antecipado é uma ótima escolha. Para quem começou a preparação mesmo sem previsão de edital leva uma certa vantagem. A boa notícia é que o Cebraspe também foi o organizador do último concurso.

Se você está estudando com base no edital anterior, já estará por dentro do perfil da banca. Além disso, é importante praticar com questões anteriores, se possível do mesmo organizador para saber como costuma ser a cobrança e a distribuição dos conteúdos.

No último concurso, foram oferecidas mil vagas para a mesma carreira unificada de policial rodoviário federal. A corporação e o Cebraspe devem seguir os mesmos padrões do anterior, com relação à estrutura, etapas e cronograma. A PRF já confirmou que haverá mudança no programa do novo edital.

Em 2013, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetiva e discursiva, teste de capacidade física, exame de saúde, avaliação psicológica, investigação social e (ou) funcional, avaliação de títulos e curso de formação. A prova objetiva contou com 120 questões e foi dividida em diversas disciplinas, sendo elas:

Português;
 Matemática;
 Noções de Direito Constitucional;
 Ética no Serviço Público;
 Noções de Informática;
 Noções de Direito Administrativo;
 Noções de Direito Processual Penal;
Legislação Especial;
 Direitos Humanos e Cidadania;
Legislação Relativa ao DPRF;
 Física Aplicada à Perícia de Acidentes Rodoviária.

O que precisa ter para concorrer?

Requisitos ⇒ o candidato precisará ter de 18 a 65 anos de idade. Podem concorrer homens e mulheres e a escolaridade exigida é o ensino superior completo, em qualquer área de formação. A PRF exige ainda que o candidato tenha carteira de habilitação, na categoria B ou superior.

Remuneração ⇒ a remuneração inicial do cargo de policial rodoviário federal é de R$9.931,57 em 2018 e passará para R$10.357,88 em 2019. Os valores já incluem o auxílio-alimentação, que atualmente é de R$458. 

Baixe e-book gratuito!
Como ser um concurseiro



*Colaborou Luiz Fernando Caldeira - [email protected]

Comentários