Concurso PRF divulga resultados e convoca para avaliação de títulos

A Polícia Rodoviária Federal divulgou o resultado da avaliação biopsicossocial e da heteroidentificação e convoca para prova de títulos.

A Polícia Rodoviária Federal entrou na última fase do concurso PRF antes da realização do curso de formação. Os candidatos foram convocados para a avaliação de títulos, apenas classificatória, que já tem data confirmada para entrega.

Quem foi convocado para essa etapa deverá entregar os títulos nos dias 1º e 2 de agosto, quinta e sexta-feira, respectivamente, de 8h às 12h e de 14h às 18h, horário local. Os títulos deverão ser entregues nos endereços contidos no edital abaixo:

Convocação títulos concurso PRF

Para essa etapa, os candidatos deverão conferir todas as regras e instruções contidas no edital de abertura. Quem não entregar os documentos na forma, no prazo e no local estipulado receberá nota zero na pontuação.

Além disso, os participantes também foram convocados para o envio das documentações iniciais para matrícula no curso de formação profissional (CFP) do concurso da Polícia Rodoviária Federal.

Tais documentos deverão ser enviados por meio de upload no site do Cebraspe, o organizador da seleção. O prazo será até as 18h do dia 2 de agosto. Quem deixar de deixar enviar os documentos necessários será eliminado do concurso.

PRF convoca para envio de documentação do curso de formação (Foto: Divulgação)
PRF convoca para envio de documentação do curso de formação
(Foto: Divulgação)

A PRF divulgou, ainda, o resultado das avaliações biopsicossocial e do processo de heteroidentificação do concurso público. O primeiro procedimento foi para candidatos que se declararam para concorrência como deficientes e o segundo para negros.

Foi por causa da fase de heteroidentificação que o concurso da PRF quase foi suspeso pela segunda vez. O Ministério Público Federal (MPF) acionou a Justiça após ter encontrado irregularidades na reserva de vagas aos candidatos negros.

Concurso PRF pode ser novamente suspenso após ação do MPF

Bolsonaro autoriza mil aprovados no curso

O curso de formação da Polícia Rodoviária Federal terá 500 aprovados a mais. Isso é o que diz a portaria autorizativa, publicada no dia 4 de julho, com o aval do presidente Jair Bolsonaro para a chamada de mil policiais (500 das vagas imediatas e 500 excedentes).

O documento informa que caberá ao diretor-geral da PRF, Adriano Furtado, verificar previamente as condições para nomeação, além de editar os atos necessários. Além de Bolsonaro, o documento também foi assinado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

"Assinei hoje decreto que autoriza a PRF a chamar 1000 novos concursados, sendo 500 deles previstos no edital do concurso e outros 500 além da previsão inicial. Essa é mais uma medida de fortalecimento da segurança pública, em especial quanto ao patrulhamento de nossas rodovias."

Sobre o curso, a corporação informou que prevê o início do curso de formação para o mês de setembro, mas sem uma data fixa. As mil vagas autorizadas por Bolsonaro, no entanto, não conseguirão suprir todo o déficit de pessoal, nem mesmo a demanda de aposentadorias.

A PRF registra 1.204 aposentadorias desde 2016, quando foi expirada a validade do último concurso. Pensando em amenizar tal carência, a corporação já confirmou o envio de um pedido de concurso ao Ministério da Economia para 4.435 vagas, em cargos de policial rodoviário e agente administrativo. 



Comentários