Concurso PRF divulga resultado final da avaliação psicológica

A Polícia Rodoviária Federal publicou o resultado final da etapa de avaliação psicológica de seu concurso para policiais.

Foi divulgado o resultado definitivo da etapa de avaliação psicológica do concurso PRF. O documento foi divulgado no Diário Oficial da União e no site do Cebraspe, o organizador. A Polícia Rodoviária Federal também já anunciou a convocação para a próxima etapa.

Resultado avaliação psicológica PRF

Com relação a este resultado, não caberá mais recursos. A listagem provisória dessa etapa foi publicada em 2 de julho nos canais oficiais e a banca já avaliou as constestações.

A avaliação teve como objetivo verificar se o candidato apresenta as características de personalidade, capacidade intelectual e habilidades específicas, de acordo com os requisitos psicológicos necessários ao desempenho das atribuições inerentes ao cargo. Com caráter eliminatório, ela aconteceu no dia 16 de junho.

PRF divulga resultado da avaliação psicológica (Foto: Luca Gebara/Agência AL)
PRF divulga resultado da avaliação psicológica do concurso 2018
(Foto: Luca Gebara/Agência AL)

A novidade mais recente sobre o concurso em andamento da PRF é a previsão de realização do curso. No início do mês de julho, a corporação informou que a última etapa que antecede a admissão está prevista para acontecer em setembro.

"O Curso de Formação Profissional está previsto para começar no início do próximo mês de setembro", confirmou a PRF

Bolsonaro autoriza chamada de mil aprovados

Já está confirmado que a PRF terá 500 aprovados a mais em sua lista de convocados para o curso de formação. A portaria autorizativa foi publicada no dia 4 de julho, contendo o aval do presidente Jair Bolsonaro para chamar mil policiais.

De acordo com o documento, caberá ao diretor-geral da PRF, Adriano Furtado, verificar previamente as condições para nomeação, além de editar os atos necessários. Além de Bolsonaro, o documento também foi assinado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

"Assinei hoje decreto que autoriza a PRF a chamar 1000 novos concursados, sendo 500 deles previstos no edital do concurso e outros 500 além da previsão inicial. Essa é mais uma medida de fortalecimento da segurança pública, em especial quanto ao patrulhamento de nossas rodovias."

As mil vagas, no entanto, não serão suficientes para suprir a carência da PRF, nem mesmo a demanda de aposentadorias. São 1.204 aposentadorias desde 2016, quando foi expirada a validade do último concurso.

Por isso, a corporação já confirmou o envio de um pedido de concurso ao Ministério da Economia para 4.435 vagas, em cargos de policial rodoviário e agente administrativo. O pedido será avaliado pela pasta e poderá ser autorizado ainda esse ano ou em 2020. 



Comentários