Concurso PRF divulga detalhes da primeira prova do curso de formação

A Polícia Rodoviária Federal divulgou o horário e duração da primeira prova objetiva do curso de formação. Confira!

A Polícia Rodoviária Federal divulgou mais informações a respeito das provas objetivas do curso de formação do concurso PRF 2018. A primeira avaliação acontecerá no próximo domingo, 27.

De acordo com o comunicado divulgado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 23, a primeira prova terá duração de duas horas e já tem horário definido, com previsão para iniciar às 9h.

O regulamento oficial do curso de formação profissional do concurso PRF, publicado no site do Cebraspe, o organizador, não traz mais detalhes sobre as provas. Informações sobre estrutura da aplicação e disciplinas não estão disponíveis.

+ Concurso PRF: governo prevê editais com mil vagas anualmente até 2022

A segunda prova está agendada para acontecer no dia 1º de dezembro, mas ainda não teve o horário e duração confirmada pela corporação.

Inicialmente, os exames estavam marcados para 20 de outubro e 24 de novembro. No entanto, uma retificação publicada no dia 11 de outubro alterou as datas de realização das provas do curso de formação, que já teve as matrículas homologadas publicadas.

(Foto: Divulgação)
PRF aplicará primeira prova objetiva do curso de formação
(Foto: Divulgação)

Governo prevê editais de concurso PRF anuais

Quem não alcançou a aprovação no último concurso PRF, que está andamento, pode ficar mais tranquilo. Isso porque novos editais estão previstos e, de acordo com as promessas do atual governo, serão anuais e com mil vagas.

A informação foi passada oficialmente pelo presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), Deolindo Carniel, em entrevista à corporação.

+ Como a chamada de aprovados no Orçamento pode ajudar?

O representante da categoria informou que o objetivo é amenizar a carência ao longo dos anos, podendo chegar ao número de 13.098 policiais rodoviários federais, até o fim do governo Bolsonaro, em 2022. Dessa forma, a previsão é realizar concursos todos os anos para o preenchimento de mil vagas.

"Mil policiais a cada ano a partir de 2020. Mas, para nós é muito importante que conste na LDO, e é isso que estamos trabalhando nesse momento, que haja previsão para que se possa fazer concurso em 2020 para ingresso em 2021, 2022, 2023, assim sucessivamente."

Carniel ressaltou que essa é uma promessa do próprio presidente da República, Jair Bolsonaro. O governo federal, segundo ele, pretende repor o efetivo legal e mesmo com as aposentadorias conseguir acabar com o déficit, com mil vagas a cada ano.

O presidente da FenaPRF pontuou ainda que segue na luta para conseguir chamar os excedentes do atual concurso antes do término da validade. O objetivo, segundo Carniel, é que todos os aprovados possam ser convocados. Faltam cerca de 614 candidatos para serem convocados ao curso de formação.

Comentários