Concurso PRF: candidatos comentam provas deste domingo, 3

Em entrevista à FOLHA DIRIGIDA, na saída dos locais de prova, candidatos do concurso PRF comentaram sobre as avaliações deste domingo, 3.

Neste domingo, 3, mais de 129 mil candidatos foram convocados para as provas do concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que tiveram início às 14h. FOLHA DIRIGIDA esteve na Universidade Cândido Mendes, no Centro do Rio de Janeiro, e conversou com os concorrentes que realizaram as avaliações.

O arquiteto Luis Melo, um dos primeiros candidatos a deixar o local de prova, optou pelo concurso por admirar o trabalho e a carreira de policial rodoviário federal. Segundo ele, a prova objetiva estava "tranquila" se comparada à seleção da Polícia Federal, a qual ele também concorreu em 2018. 

"O conteúdo cobrado estava de acordo com o edital. Só que, quando é fácil para um, é fácil para todos. Inclusive, pelo foco da PRF ser Legislação de Trânsito, eu estudei muito este tema e acho que foi o que mais caiu", afirmou o candidato.

O grau de dificuldade da prova também foi o mesmo para o candidato Leonardo Lira. Apesar de ter pausado os estudos há nove meses, o concorrente acredita que a avaliação estava fácil para quem estudou. 

"Muita coisa que eu sei que estava fácil, inclusive as 'pegadinhas' da banca não mudaram. Eu já quase passei em dois concursos para a Polícia Civil, mas esta é a primeira seleção que faço, após a pausa nos estudos", afirmou o candidato.

Já o candidato Jean Cavalcante, que busca qualidade de vida e estabilidade por meio do concurso, avaliou a prova da PRF como sendo difícil.

Candidatos comentam provas do concurso PRF (Foto: Juliana Góes)
Provas do concurso PRF ocorreram neste domingo, 3
(Foto: Juliana Góes)

Legislação de Trânsito foi tema da Redação

Uma das preocupações dos candidatos do concurso PRF era o tema da Redação. E, como esperado para muitos concorrentes, Legislação de Trânsito foi a matéria cobrada nesta avaliação.

De acordo com os candidatos, a Redação contou com três tópicos, entre eles o trabalho da PRF no combate às infrações de trânsito e a conscientização no trânsito. "Foi um tema bem tranquilo", avaliou Leonardo Lira. 

O tema também foi avaliado positivamente pela estudante de Contabilidade, Juliana Dalgogo. Segundo ela, as provas foram medianas, dando uma possibilidade de um resultado positivo. Em relação à etapa discursiva, a candidata esperava uma avaliação mais complicada, o que a supreendeu. 

Candidatos têm dificuldades com Matemática

Como esperado, nem todo o conteúdo foi fácil ou mediano para os candidatos. Diversos deles relataram mais dificuldades com questões relacionadas à disciplina de Matemática. 

Para a bacharel em Direito, Rosana Xavier, a prova foi difícil, mas estava no nível do Cebraspe, banca organizadora. Já para a candidata Naiz Batista, a maior dificuldade foi em relação às questões de Matemática, assim como para o candidato Jonatas Sampaio.

"A prova estava de acordo com o exigido no edital, mas Matemática estava mais complicada", afirmou.

Ar condicionado falha e candidatos sofrem com calor

Além das provas, os candidatos que realizaram os exames na Universidade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro, também precisaram lidar com um outro problema: o ar condicionado. 

Com mais de 37º no Rio de Janeiro, diversos candidatos que deixavam o local de prova afirmaram que o ar condicionado parou de funcionar em algumas salas. Para alguns, o calor atrapalhou, mas não comprometeu a conclusão dos exames.

"O ar parou de funcionar e estava muito quente. Eu comentei com a chefe de sala, mas não houve reparo", afirmou Luis Melo. 

Gabaritos das provas sairão na segunda, 4

Durante quatro horas e 30 minutos, os candidatos do concurso PRF responderam a 120 questões e elaboraram a Redação. Na tabela abaixo, é possível conferir a distribuição das disciplinas cobradas na avaliação objetiva:

Bloco I (50 questões) Português, Raciocínio Lógico-Matemático, Informática, Noções de Física, Ética no Serviço Público, Geopolítica Brasileira, História da PRF
Bloco II (40 questões) Legislação de Trânsito
Bloco III (30 questões) Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Legislação Especial, Direitos Humanos e Cidadania, Noções de Direito Penal e Direito Processual Penal

 

Os gabaritos preliminares das provas objetivas serão divulgados na próxima segunda-feira, 4, a partir das 19h. Quem for contra as respostas da banca poderá recorrer nos dias 5 e 6 de fevereiro, pelo site do Cebraspe.

Para ser aprovado, será necessário obter mais de dez pontos no bloco I, 12 pontos no bloco II, seis pontos no bloco III e 48 pontos no conjunto. Apenas os habilitados na objetiva terão as redações corrigidas.

As demais etapas do concurso serão: exame de capacidade física; avaliação de saúde; avaliação psicológica; avaliação de títulos; investigação social; curso de formação.

A PRF realiza concurso com oferta de 500 vagas para a carreira de policial rodoviário federal. Para se candidatar, foi preciso ter nível superior completo, idade até 65 anos e Carteira Nacional de Habilitação na categoria B. A remuneração atualizada da carreira é de R$10.357,88.

Saiba como recorrer em concursos

Na próxima segunda, 4, serão liberados os gabaritos das provas do concurso PRF. Logo após, entre os dias 5 e 6 de fevereiro, será possível recorrer contra o resultado. Para quem tem dúvidas sobre recursos em concursos públicos, FOLHA DIRIGIDA traz abaixo algumas explicações sobre como funciona este processo. Confira! 

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Comentários