Concurso PRF: diretor-geral assina publicação do resultado

Em nota, AGU se manifesta sobre parecer, retoma o concurso PRF, que já pode divulgar os gabaritos finais.

*Matéria atualizada em 28/02/2019, às 18h20

O diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Adriano Furtado, acaba de assinar a publicação do resultado das provas objetivas e discursivas do concurso PRF. As notas devem ser publicadas a qualquer momento no site do Cebraspe, organizador.

A confirmação foi divulgada por Furtado na sua conta no Twitter. Junto com o resultado deve sair o gabarito definitivo do exame.

A Advocacia-Geral da União confirmou nesta quinta, 28, a continudade do concurso PRF. Em nota, a AGU informou que cassou a liminar que suspendeu a seleção na última semana e já encaminhou o parecer ao setor responsável da Polícia Rodoviária Federal.

Em resposta à FOLHA DIRIGIDA na tarde desta quinta-feira, 28, a AGU reforçou ainda que "não há nenhum impedimento ao prosseguimento do certame." 

No pedido para cassar a liminar do concurso, a Advocacia-Geral deu como justificativa que a corporação optou pela realização das provas na mesma localidade devido a melhor fixação do efetivo. 

Para conceder tal resposta, a AGU mencionou o estudo de uma Consultoria Jurídica do Ministério da Justiça com base em concursos anteriores. Confira abaixo um trecho do recurso.

"O concurso para policial rodoviário federal é um dos concursos mais concorridos do país, tendo no seu último certame, ocorrido em 2013, aproximadamente 110 mil inscritos, com concorrência de quase 110 candidatos por vaga. Pelo fato de outras regiões do país possuírem maior facilidade de acesso a cursos preparatórios, materiais didáticos e educação de melhor qualidade, poucos são os aprovados originários das regiões Norte e Centro-Oeste. Logo, a maior parte dos candidatos aprovados, empossados e ali lotados, são advindos de outras regiões e desejam retornar para suas respectivas localidades de origem. Desta forma, expressivo foi o número de remoções de servidores policiais rodoviários federais lotados nas regiões Norte e Centro-Oeste do país", 

Na última quarta-feira, 27, a Polícia Rodoviária Federal informou, através de publicação em seu site, que esperava por uma orientação da Advocacia-Geral da União (AGU) para dar continuidade ao concurso PRF, que foi retomado no último dia 27

A próxima etapa será a divulgação do gabarito definitivo, ainda sem data definida pelo Cebraspe, o organizador do concurso. O documento com as respostas oficiais será divulgado após o julgamento dos recursos sobre do gabarito preliminar, que foi divulgado em 4 de fevereiro, um dia após a aplicação das provas.

A banca aceitou recursos contra os gabaritos provisórios até o dia 6, também de fevereiro. Junto com os gabaritos definitivos, o Cebraspe deve publicar também a resposta dos recursos, que não cabe mais revisão.

A reportagem de FOLHA DIRIGIDA procurou tanto PRF quanto a AGU, mas até a publicação desta reportagem não obteve retorno.

O concurso da PRF foi suspenso em 20 de fevereiro, após um comunicado divulgado pelo Cebraspe, obedecendo a uma decisão da ação popular que tramita na 2ª Vara Federal da Seção Judiciária do Ceará.

Confira o histórico da suspensão

• Concurso PRF: Cebraspe anuncia suspensão temporária da seleção
• 'Concurso PRF foi retomado', afirma diretor-geral da corporação

O anúncio da retomada da seleção foi dado pelo diretor-geral da PRF, Adriano Furtado, em sua conta no Twitter.

"Estou muito satisfeito por saber e poder informar a todos que o concurso para o cargo de Policial Rodoviário Federal foi retomado. Sempre bom dar boas notícias. Bom para a instituição, bom para você, bom para o Brasil", comunicou Adriano Furtado, diretor-geral da corporação.

PRF realizou provas em fevereiro (Foto: Divulgação)
Provas do concurso PRF foram realizadas em fevereiro
​​​​​​ (Foto: Divulgação)





Concurso PRF reuniu quase 130 mil inscritos

A Polícia Rodoviária Federal reuniu um bom número de inscritos. De acordo com uma estatistica de inscritos divulgado pelo próprio organizador, foram 129.152 cadastros homologados e todos esses candidatos receberam a convocação para as provas.

A maior concorrência foi no Estado do Pará, com 12.700 inscritos para 81 vagas, seguido por Goiás com 12.605 inscritos e Rio Grande do Sul, 11.559. Já o Rio de Janeiro contabilizou 8.918, o que representa uma demanda de cerca de 891 candidatos por vaga.

Prepare-se para a etapa de teste físico da PRF
botão com link de curso

As provas objetivas do concurso PRF foram realizadas em 3 de fevereiro, domingo. No entanto, diferentemente dos demais anos os candidatos tiveram que prestar o exame no local da UF desejadas, não havendo provas em todas as capitais.

Apenas os seguintes estados receberam aplicações de prova: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, São Paulo e Tocantins.

Foram cobradas 120 questões, divididas em três blocos com diversas disciplinas, mais redação. Os aprovados realizarão ainda outras seis etapas, sendo: exame de capacidade física; avaliação de saúde; avaliação psicológica; avaliação de títulos; investigação social; e curso de formação.

O edital foi publicado em novembro com uma oferta de 500 vagas imediatas para o cargo de policial rodoviário. A carreira exige nível superior em qualquer área e proporciona R$10.357 como remuneração inicial, com o auxílio-alimentação de R$458. 

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Comentários