Concurso PRF adia resultado final do teste de aptidão física

A Polícia Rodoviária Federal adiou a publicação do resultado final do TAF de seu concurso público. A nova data já foi definida. Confira!

Previsto para ser publicado nesta terça-feira, 30, o resultado final do teste de aptidão física do concurso PRF foi adiado. A informação foi confirmada por meio de um documento divulgado no site do Cebraspe, o organizador. A classificação final do TAF agora será publicada em 8 de maio.

Confira publicação

O motivo de ter adiado a publicação do resultado final do TAF não foi informado pelo Cebraspe. Mas tudo indica que deve ter sido por conta da nova aplicação do exame para os candidatos que recorreram.

Estes, realizaram o TAF no último domingo, 28. Os candidatos precisaram seguir as mesmas regras da primeira aplicação, conforme edital, como comparecer com antecedência, estar munido com documento e atestado, além de trajado com roupa adequada.

+ PRF tem déficit de 8,3 mil policiais e um novo concurso é urgente
+ Concurso PRF 2019: corporação diz que estuda pedido de novo edital

O edital de nº18 do concurso PRF que anuncia a retificação da data do resultado final do TAF também traz a lista dos candidatos que não foram eliminados no preenchimento da FIP, etapa referente a investigação social.

PRF adia resultado do teste de aptidão física (Foto: Lucas Gebara/Agência AL)
PRF adia publicação do resultado final do TAF do concurso
(Foto: Lucas Gebara/Agência AL)

Na mesma data da divulgação do resultado também deverá acontecer a convocação para a etapa de avaliação psicológica. Quando a realização da avaliação de saúde, a PRF informa que está prevista para os dias 18 ou 19 de maio.

Para os aprovados nessas próximas etapas, ainda haverá prova de títulos e o curso de formação. Os habilitados em todas as etapas e que forem convocados receberão uma remuneração de R$10.357,88 (valor referente a 2019).

Diretor-geral discute chamar excedentes

Assim como aconteceu no concurso da Polícia Federal, os candidatos do concurso PRF seguem com uma grade expectativas para que seja autorizada a convocação de excedentes. A Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) e a própria corporação lutam para chamar além dos primeiros 500 classificados, conforme o número de vagas oferecidos na seleção.

• Concurso PRF: diretor-geral discute a convocação de excedentes

O diretor-geral da PRF, Adriano Furtado, esteve recentemente com representantes da FenaPRF para discutir o assunto. A Federação informou à FOLHA DIRIGIDA que as lutas têm sido a favor desse grupo de aprovados.

Segundo a FenaPRF, Adriano ouviu os pedidos e foram tratados assuntos referentes ao concurso ainda em andamento. A luta pela convocação dos excedentes é uma briga permanente do sistema sindical em todos os concursos. E para o presidente, é importante preencher o maior número de vagas possível.

"Temos que preencher todas as vagas possíveis, precisamos diminuir o déficit de servidores na PRF", disse Deolindo Carniel, presidente da federação.

Acesse o grupo no Telegram

Allém disso, o Goveno Federal deverá autorizar a chamada também de mais aprovados no concurso PF. A informação foi passada pelo presidente da Fenapef, Luis Boudens. O ministro Onyx Lorenzoni e o presidente Jair Bolsonaro já confirmaram que serão mil aprovados convocados.

Sobre a convocação da PRF, o governo ainda não confirmou, assim como a FenaPRF. Espera-se que os excedentes dessa seleção também possam ser chamados. 



Comentários