Folha Dirigida Entrar Assine

Ibama autoriza contratação de brigadistas temporários

O Ibama autoriza abertura de seleção para brigadistas. As oportunidades serão para diversos municípios do país

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) abrirá seleção para contratar brigadas federais temporárias para atender emergências ambientais. A contratação foi autorizada pelo presidente substituto do Ibama, Luis Carlos Hiromi Nagao, em portaria publicada nesta sexta, 23, no Diário Oficial da União.

 A seleção será realizada pelo Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo), que também será responsável pela contratação, administração e gerenciamento das atividades das brigadas. A contratação de temporários é regulamentada pela Lei nº 8.745/1993, que dispõe a contratação temporária em caso de interesse público.

Confira a portaria de autorização:

Portaria de Autorização da seleção Ibama/prevfogo

De acordo com a portaria de autorização, as oportunidades serão para brigadistas, chefes de brigada e chefes de esquadrão. A atuação será nos estados que estão em situação de emergência ambiental: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima e Tocantins. 

Seleção formará brigadas em diversos estados

A quantidade de membros das brigadas também foi definida na portaria. A maior equipe será formada por dois chefes de brigada, seis chefes de esquadrão e 36 brigadistas, para combate aos incêndios florestais no Distrito Federal.

Ibama autoriza contratação de brigada federal temporária
(Foto: Portal do Governo de Tocantins)

Serão 32‬ vagas para brigadista gerente do fogo, que dará apoio às coordenações estaduais do Prevfogo. A distribuição será entre os estados do Acre (um), Amazonas (um), Bahia (dois), Ceará (um), Goiás (dois), Maranhão (três), Mato Grosso (seis), Mato grosso do Sul (dois), Pará (três), Pernambuco (um), Piauí (dois), Rio de Janeiro (dois) e Rondônia (dois), além do Distrito Federal (quatro).

Começando a estudar para concurso, e agora? Confira as dicas!

Também haverá 55 oportunidades para brigadistas de manejo integrado de foco, que serão distribuídos de acordo com condição e estado/distrito. No Distrito Federal, serão um gerente do fogo, um chefe de brigadas e quatro chefes de esquadrão. Haverá também quatro brigadistas lotados em Cavalcante, em Goiás.

No estado do Maranhão, a distribuição será de seis brigadistas em Amarante do Maranhão, dois em Fernando Falcão e dois em Montes Altos. Em Roraima, os dois brigadistas atuarão em Normandia, Uiramutã, Pacaraima, Amajari e Cantá.

Como estudar Português para concursos públicos? Baixe o e-book!

As vagas no Mato Grosso são para seis brigadistas em Canarana e Serra Nova Dourada, quatro em Tangará da Serra e dois em Conquista D´Oeste, Campo Novo dos Parecis e Paranatinga. Haverá ainda seis vagas para brigadistas em Humaitá, no Amazonas.

Já em Tocantins, a divisão será de três brigadistas em Tocantinópolis, seis brigadistas em Itacajá e em Tocantínia. Há também cinco brigadistas e um chefe de esquadrão em Lagoa da Confusão e Formoso do Araguaia.

Veja a distribuição por brigadas

Haverá uma brigada federal com um chefe de brigada, dois chefes de esquadrão e dez brigadistas nos municípios de:

➥ Amarante do Maranhão (3 brigadas), Fernando Falcão e Montes Altos no Estado do Maranhão.

➥ Conquista D'0este e Tangará da Serra no Estado do Mato Grosso.

➥ Formoso do Araguaia, no Estado do Tocantins.

5 passos para acabar com a procrastinação nos estudos

As equipes com um chefe de brigada, dois chefes de esquadrão e doze brigadista serão direcionadas para as áreas de:

➥ Sena Madureira e Brasiléia, no no Estado do Acre;

➥  Apuí, no Estado do Amazonas;

➥ Oiapoque e Tartarugalzinho, no Estado do Amapá;

➥ Serra do Ramalho, e Porto Seguro no Estado da Bahia;

➥ Alto Paraíso, Cavalcante (3 brigadas), Minaçu e Teresina de Goiás, no Estado de Goiás;

➥  Bom Jardim no Estado do Maranhão;

➥  Porto Murtinho (2 brigadas) e Aquidauana (2 brigadas), no Estado do Mato Grosso do Sul;

➥  Feliz Natal (2 brigadas), Cotriguaçu, Cáceres, Poconé, Campo Novo dos Parecis e Paranatinga no Estado do Mato Grosso;

➥  Altamira (2 brigadas), Itaituba, Oriximiná , Novo Progresso, Mojú e São Geraldo do Araguaia, Pau D'Arco no Estado do Pará;

➥ Petrolina, no Estado de Pernambuco;

➥  Uruçuí, Floriano e Alvorada do Gurguéia, no Estado do Piauí;

➥  Porto Velho, Machadinho D'Oeste e Nova Mamoré, em Rondônia;

➥  Amajari, Cantá, Normandia, Boa Vista, e Uiramutã, no estado de Roraima.

Haverá uma equipe com um chefe de brigada, quatro chefes de esquadrão e 16 brigadistas, com lotação nos seguintes municípios de Tocantinópolis, Pium e Lagoa da Confusão, no Estado do Tocantins. A estrutura de um chefe de brigada, quatro chefes de esquadrão e dezoito brigadistas foi designada para atuação em Humaitá, no estado do Amazonas, assim como Canarana e Serra Nova Dourada, no Mato Grosso.

► Descomplique sua aprovação!

As brigadas com um chefe de brigada, quatro chefes de esquadrão e 24 brigadistas serão para:

➥ Barreiras e Itaetê, no Estado da Bahia;

➥  Grajaú, no Estado do Maranhão;

➥  São João das Missões, no Estado de Minas Gerais;

➥  Corumbá no Estado do Mato Grosso do Sul;

➥  Serra Talhada, no Estado do Pernambuco;

➥  Tocantínia e Itacajá no Estado do Tocantins;

➥ Pacaraima, no Estado de Roraima.

♦ Como estudar para concurso público: seu guia completo

Haverá ainda equipes com dois chefes de brigada, quatro chefes de esquadrão e 24 brigadistas:

➥  Quixeramobim, no Estado do Ceará;

➥  Rio de Janeiro, no Estado do Rio de Janeiro;

➥  Porto Velho, no Estado de Rondônia;

➥ Tocantínia, no Estado do Tocantins;

➥ Pacaraima, no Estado de Roraima.

Venha conferir o resumo semanal dos concursos: 



Comentários