Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso SertPrev-SP recebe inscrição para níveis médio e superior

O SertPrev-SP recebe inscrição de concurso para a contratação de escriturário, contador e procurador. Salários de até R$9.156,60.

O Instituto Municipal de Previdência de Sertãozinho (SertPrev), em São Paulo, divulgou edital de concurso para a contratação de escriturário, contador e procurador júnior. Os aprovados serão contratados no regime estatutário, que garante estabilidade.

Para escriturário, que requer formação completa no ensino médio, são oferecidas duas vagas, com remuneração de R$2.113,81. O cargo de contador é para quem tem ensino superior completo em Ciências Contábeis e inscrição no Conselho Regional de Contabilidade (CRC). A remuneração é de R$3.831,30. Ambas oportunidades tem carga de 36 horas semanais.

Para a ocupação de procurador jurídico a oferta também é de uma vaga, com remuneração de R$9.156,60. Podem concorrer candidatos que tenham ensino superior completo em Direito, registro na OAB/SP e estejam aptos para o exercício da advocacia. 

SertPrev-SP recebe inscrição até setembro

Os interessados no concurso SertPrev-SP podem se inscrever até o dia 5 de setembro, no site da Fundação Vunesp, organizadora. Após efetuar o cadastro é necessário quitar a taxa de inscrição no valor de R$56,50 (ensino médio) e R$82,20 (ensino superior), em qualquer agência bancária até 6 de setembro.

Instituto Municipal de Previdência de Sertãozinho
SERTPREV oferta quatro vagas para níves médio e superior.
(foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Sertãozinho-SP)

Sem concurso INSS, aumentam concessões por decisão judicial

Entre as condições para o preenchimento dos cargos estão: 

  • ter idade mínima de 18 anos;
  • estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • estar em dia com as obrigações militares (candidatos do sexo masculino);
  • estar com o CPF regularizado;
  • possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo;
  • gozar de boa saúde física e mental para o exercício das atribuições dos cargos;
  • não registar antecedentes criminais;
  • não ter sido exonerado ou demitido de serviço público em consequência de processo administrativo.

≈ Assine a FOLHA DIRIGIDA ≈

Provas serão aplicadas em outubro

A avaliação de todos os concorrentes será feita por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Os inscritos no cargo de escriturário responderão questões de Língua Portuguesa (20), Matemática (15), Noções de Informática (10) e Legislação (cinco). 

A prova destinada a seleção do novo contador serão composta por 20 questões de Língua Portuguesa, 10 de Matemática, cinco de Atualidades, cinco de Noções de Informática e 30 de Conhecimentos Específicos. 

Sai edital do concurso Metrô-SP com gahos de até R$3 mil 

Já para procurador jurídico a prova será com 60 questões de Conhecimentos Específicos e uma prova prático-profissional (peça processual). Todas as avaliações estão marcadas para o dia 13 de outubro. 

A prova objetiva valerá 100 pontos. Será considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 50 pontos e não zerar a prova de Conhecimentos Específicos.

A peça processual, destinada apenas ao cargo de procurador jurídico, valerá 60 pontos. Na correção serão analisados o conhecimento técnico e a capacidade teórico-prática do candidato em desenvolver a peça apresentada, com fundamentação, clareza, coerência e objetividade. Será avaliada, ainda, a correção gramatical. 

O resultado final e homologação ainda não tem data definida. O concurso tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período. 

Comentários