Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Prefeitura de São Paulo-SP: inscrições abertas para 168 vagas

Prefeitura de São Paulo-SP: inscrições abertas para 168 vagas

A Prefeitura de São Paulo divulgou edital de concurso com 168 vagas para cargos de nível superior. A remuneração chega a R$7 mil!

Matéria atualizada em 15/10/2018

Já estão abertas as inscrições do concurso para a Prefeitura de São Paulo. O edital do concurso São Paulo-SP foi publicado na terça-feira, 9 de outubro, pelo Diário Oficial do Município. Ao todo, a capital paulista oferece 168 vagas para cargos de nível superior. As remunerações chegam a R$7 mil para jornada de 40 horas. A Prefeitura de São Paulo contrata pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade. 

Baixe o edital do concurso São Paulo-SP:

Para Secretaria de Fazenda de São Paulo (SMF-SP) são contempladas 50 vagas na carreira de analista de planejamento e desenvolvimento organizacional – Ciências Contábeis. Os ganhos são de R$6.106,33. Há reserva de vagas para pessoas com deficiências e negros. 

Há ainda 118 oportunidades para profissionais de Engenharia, Arquitetura, Agronomia e Geologia, Engenharia Civil, Trabalho, Agronomia, Florestal e Arquitetura. Os vencimentos básicos para os cargos são R$7.032,90. Na tabela abaixo, veja a distribuição das vagas por área: 

Área Número de vagas
Engenharia Civil 34
Engenharia do Trabalho 2
Agronomia 14
Engenharia Florestal 10
Arquitetura 58
Total 118

 

Os pré-requisitos para se candidatar são: ter graduação na área que deseja concorrer e inscrição no Conselho Regional. 

Inscrições começam na segunda-feira, 15 de outubro

As inscrições do concurso São Paulo-SP serão abertas na segunda-feira, 15 de outubro. Os cadastros poderão ser feitos até 12 de novembro, pelo site da Vunesp, banca organizadora. Primeiro, será necessário preencher a ficha com os dados solicitados. Depois, gerar o boleto e pagar a taxa de R$82,20. 

 

Fachada da Prefeitura de São Paulo (Foto: Secom-SP)
Prefeitura de São Paulo realiza concurso com 168 vagas para
nível superior (Foto: Secom-SP)

 

Somente quem tem renda familiar “per capita” igual ou inferior ao menor piso salarial vigente no Estado de São Paulo poderá solicitar a isenção da taxa de inscrição do concurso. Para isso, será preciso preencher requerimento específico nos dias 15 e 16 de outubro, pelo site da Vunesp

O resultado dos pedidos de isenção está previsto para ser divulgado no dia 27 de outubro, no Diário Oficial do Município de São Paulo e no portal da banca organizadora da seleção. 

Concurso São Paulo-SP: provas serão em dezembro

O concurso para Prefeitura de São Paulo-SP será composto por provas objetivas, discursivas e avaliações de títulos. As duas primeiras etapas terão caráter eliminatório e classificatório. A última fase será apenas classificatória. 

As provas serão realizadas no dia 16 de dezembro, na capital paulista. A objetiva será aplicada na parte da manhã. Já a discursiva será no turno da tarde.

Durante quatro horas, os candidatos a analista de planejamento e desenvolvimento organizacional – Ciências Contábeis deverão responder 80 questões objetivas. Já os concorrentes aos demais cargos serão submetidos a 70 questões, divididas pelas seguintes disciplinas: 

⇒ Analista - Ciências Contábeis:

  1. Língua Portuguesa - 15 questões;
  2. Raciocínio Lógico e Matemático - 5 questões;
  3. Realidades Municipais e Administração Pública - 10 questões;
  4. Conhecimentos Específicos - 50 questões.

⇒ Demais cargos:

  • Língua Portuguesa - 10 questões;
  • Raciocínio Lógico e Matemático - 10 questões;
  • Realidades Municipais e Administração Pública - 10 questões;
  • Conhecimentos Específicos - 40 questões.

Prova discursiva

Na prova discursiva, os concorrentes terão que elaborar um estudo de caso e responder a uma questão dissertativa. Somente serão corrigidas 840 avaliações (cinco vezes o número de vagas do concurso), daqueles que se classificarem na objetiva. 

Como evitar a eliminação em provas discursivas? Descubra!

Para se classificar na prova objetiva será preciso obtiver, ao menos, 50% de aproveitamento. Já na discursiva, será habilitado quem obtiver 20 pontos na prova para analista de Ciências Sociais e 35 pontos para os demais cargos. 

Avaliação de títulos

Apenas os classificados nas provas objetivas e discursivas, serão convocados para a avaliação de títulos. Nessa etapa, os candidatos terão que entregar documentos que comprovem a qualificação acadêmica, como cursos de especialização, mestrado ou doutorado. 

A pontuação máxima no exame de títulos será de cinco pontos. A pontuação final do concurso São Paulo-SP será o somatório nas notas obtidas nas provas objetivas, discursivas e de títulos. 

• Saiba mais sobre a avaliação de títulos

O concurso terá prazo de validade de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois. Nesse período, a prefeitura poderá chamar aprovados para suprir a carência por mortes, aposentadorias ou exonerações. 

No vídeo abaixo, saiba como funciona a admissão em concursos públicos:




Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações