Folha Dirigida Entrar Assine

Natal-RN tem concurso previsto para a Educação no orçamento de 2020

Município de Natal, Rio Grande do Norte, tem concurso previsto na Educação no Orçamento de 2020. Vagas para educador infantil e professor.

A Prefeitura de Natal, capital do Rio Grande do Norte, vai abrir um novo concurso público para a Educação. A seleção está prevista no Orçamento Geral do Município para 2020 (Lei nº 6.918/2019), publicado no Diário Oficial desta terça-feira, 16.

O documento autorização a contratação servidores para os cargos de educador infantil e professor, que exigem os níveis médio (magistério) e superior, respectivamente. Até o fechamento desta matéria a Prefeitura não divulgou previsão oficial para publicação do edital.  

. Como estudar para concurso público sem edital?

Conforme consta no Orçamento do município, algumas alterações legislativas poderão ser encaminhadas para votação antes do concurso. As mudanças podem incluir criação e extinção de cargos, além mudanças na estrutura das carreiras. 

Confira material de preparação para concursos:

Além do concurso para vagas da Secretaria de Educação, o Orçamento de Natal para 2020 também prevê seleções para a Controladoria Geral do Município (CGM) e para a Câmara Municipal.

Leia mais: Concurso CGM Natal-RN: LDO aponta realização de concurso em 2020

Último concurso de professor e educador teve mais de 300 vagas

O último concurso público para as carreiras de educador e professor de Natal-RN foi realizado em 2015. No início de 2018 a prefeitura divulgou um edital com 147 vagas, mas essas visavam a contratação temporária e os candidatos foram selecionados somente com análise curricular.

Prefeitura de Natal-RN realiza processo seletivo com 147 vagas

No concurso para efetivos de quatro anos atrás, foram concorridas 386 vagas, das quais 80 eram para a carreira de educador infantil. Para concorrer, era preciso ter ensino médio na modalidade magistério ou licenciatura plena em Pedagogia ou curso Normal superior. Na época, o vencimento inicial era de R$2.006,75 para trabalhar 30 horas por semana.

As outras 306 vagas foram distribuídas entre professores de Artes, Ciências, Educação Física, Ensino Religioso, Geografia, História, Libras, Inglês, Português, Matemática, Anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) e professor tradutor-intérprete de Libras. 

Para ingressar os requisitos foram Licenciatura Plena na área de atuação. O vencimento inicial era de R$1.815,72 para carga semanal de trabalho de 20 horas. 

Segundo dados divulgados pelo organizador, o Núcleo Permanente de Concursos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Comperve/UFRN), a seleção atraiu mais de 14.500 candidatos. Eles foram avaliados por meio de duas etapas.

A primeira foi composta por provas objetivas e discursivas, sendo dez questões de Didática Geral e 20 de Conhecimentos Específicos. A parte discursiva compreendeu uma redação.

Para passar foi necessário acertar, pelo menos, 60% de cada prova e obter uma nota mínima de seis na redação. Os aprovados passaram ainda por avaliação de títulos. 

(Foto: Adrovando Claro/ Prefeitura de Natal)
Prefeitura convoca professores e educadores temporários antes do concurso
(Foto: Adrovando Claro/ Prefeitura de Natal)

Prefeitura de Natal convoca 169 professores e educadores

A Prefeitura do Natal convocou na última semana 59 professores do Ensino Fundamental e 110 Educadores Infantis. Os selecionados foram aprovados nos últimos processos seletivos simplificados do órgão, que visam a contratação por tempo determinado. 

Os 169 novos profissionais vão atuar já a partir deste início do segundo semestre. A convocação foi publicada no Diário Oficial de 12 de julho, sexta-feira.

Entenda como funciona a ordem de convocação em concursos

Os selecionados deverão comparecer à Comissão Permanente de Concurso (Compec) da Secretaria Municipal de Educação (Rua Fabrício Pedroza, 915, Areia Preta, 5º piso, sala 509), no prazo máximo de 30 dias corridos, a partir da data de publicação no DOM.

O atendimento será feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. Lá, os interessados nas vagas vão receber as instruções acerca da documentação necessária para a contratação. Quem não comparecer, perderá o direito à convocação. 



Comentários