Concurso Itapemirim-ES vai anunciar novas datas para as provas

A Prefeitura de Itapemirim anunciará nova data para provas do concurso com 101 vagas e também reabrirá inscrições para auditor.

O Instituto Ibade, organizador do concurso para a Prefeitura de Itapemirim —no Espírito Santo —, anunciou no último dia 14 que o período de inscrições para o cargo de auditor público interno será reaberto. A medida acata uma determinação por uma liminar deferida de ação civil pública. Os requisitos para o cargo também serão retificados.

A nota publicada pelo Ibade informa, ainda, que a data da prova objetiva e demais datas do cronograma serão alteradas para todos os cargos. As novas datas ainda serão divulgadas pela organizadora.

O concurso Itapemirim já havia passado por uma retificação no início de fevereiro. As datas das provas objetivas tinham sido adiadas para o dia 24 deste mês. Inicialmente, a expectativa era de que fossem realizadas no dia 17.

A seleção, que oferece 101 vagas para cargos de todos os níveis de escolaridade, registrou mais de 29 mil inscrições. O maior número de inscritos foi para o cargo de auxiliar de serviços de educação infantil. Foram 9.400 inscrições para uma oferta de dez vagas.

O cargo de agente administrativo também atraiu um número elevado de inscritos. Foram 7.900 candidaturas para apenas 20 oportunidades.

Os salários oferecidos podem chegar a R$6.416,10, de acordo o cargo. Além disso, todos os servidores terão direito a um tiquete-alimentação no valor de R$700.  As  cargas de trabalho variam de 20 a 40 horas.

Candidatos fazendo provas
Organizadora ainda divulgará a nova data de realização das provas
(Foto: Divulgação)

Provas do concurso serão aplicadas em dois turnos

Os candidatos ao concurso da Prefeitura de Itapemirim-ES serão submetidos à realização de provas objetiva, discursiva e redação. As duas últimas para os que concorrem a cargos de níveis superior e médio, respectivamente.

A data da prova ainda será confirmada, mas alguns detalhes já são conhecidos. Os candidatos terão quatro horas para responder ao exame. A avaliação será aplicada em dois turnos. Pela manhã farão a prova os que concorrem a cargos de nível fundamental e superior. À tarde será a vez de quem tenta uma vaga com exigência de ensino médio. 

O exame trará 50 questões para ensino superior, 40 para médio e 30 para fundamental. O conteúdo da avaliação ficou dividido da seguinte maneira: 

  • Nível fundamental: Língua Portuguesa, Matemática e Conhecimentos Gerais;
  • Nível médio/técnico: Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Legislação e Ética na Administração Pública, Informática Básica e Conhecimentos Específicos;
  • Nível superior: Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Legislação e Ética na Administração Pública, Atualidades, Informática Básica e Conhecimentos Específicos.

Para o cargo de guarda municipal haverá uma terceira etapa que será a realização dos testes de aptidão física. Já os que concorrem aos cargos cuja exigência é o nível superior, terão a avaliações de títulos.

O concurso terá validade de dois anos, contados a partir de sua data de homologação. O período poderá ser prorrogado por mais dois anos, a critério da prefeitura. 

5 passos para evitar a procrastinação 



Comentários