Concurso Itaboraí-RJ: licitação para escolha da banca é adiada

Licitação para escolha da banca organizadora do concurso para a Educação de Itaboraí-RJ é adiada sem data futura.

O pregão presencial que visa escolher a banca do concurso para a Educação de Itaboraí, no Rio de Janeiro, foi adiado. Antes marcado para ocorrer no dia 2 de dezembro, o processo agora não tem uma nova data agendada. 

O aviso foi publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, 26. A reportagem da FOLHA DIRIGIDA questionou a prefeitura sobre o motivo do adiamento, mas não houve retorno da demanda até o fechamento desta matéria. 

Vale lembrar que, a partir do início do processo de licitação, as propostas das empresas interessadas em organizar o concurso serão válidas por seis meses. Por isso, a escolha da banca deverá respeitar este prazo. 

Assine a Folha Dirigida e turbine os estudos

Apesar do pregão ainda não possuir uma nova data agendada, a expectativa é que a abertura do concurso ocorra até o primeiro semestre 2020. Inicialmente o edital era previsto para sair em outubro deste ano, o que não aconteceu. 

Em setembro uma fonte da Secretaria de Educação chegou a informar que provavelmente a banca seria a Coseac/UFF. Na mesma época, porém, a Assessoria de Imprensa negou que a instituição que aplicará as provas já estava escolhida. A secretaria também havia informado que os preparativos para a seleção estavam na reta final. 

Concurso tem previsão de 653 vagas no magistério

FOLHA DIRIGIDA teve acesso ao edital de licitação e ao termo de referência do concurso para a Secretaria de Educação de Itaboraí. Conforme consta no documento, são previstas 653 vagas de professor, número que ainda pode sofrer variações até a publicação do edital. 

Das oportunidades, 51 são de professor da Educação Infantil, que exige o ensino médio na modalidade Normal (Formação de Professores), com a disciplina de Educação Infantil na matriz curricular.

Também é aceito curso Normal superior, com a disciplina na matriz curricular, ou licenciatura em Pedagogia com habilitação em Educação Infantil. A carga de trabalho é de 22 horas por semana. 

Ainda no nível médio na modalidade Normal, são esperadas mais 332 vagas de professor docente II - Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano). Também é aceito o Normal Superior ou licenciatura em Pedagogia com habilitação em séries iniciais do ensino fundamental.

As outras 270 vagas serão de nível superior, para professor docente I, com carga de trabalho de 14 horas semanais. As chances estão distribuídas pelas seguintes especialidades:

  • Língua Portuguesa - 50 vagas
  • Língua Estrangeira - 20 vagas
  • Matemática - 60 vagas
  • História - 27 vagas
  • Geografia - 39 vagas
  • Artes - 20 vagas
  • Educação Física - 15 vagas
  • Ciências - 39 vagas

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Turismo de Itaboraí não informou os vencimentos atualizados dos cargos. A Pasta estima que a seleção atraia cerca de 24 mil candidatos, sendo 13 mil no nível médio e 11 mil no nível superior. 

As taxas de inscrição têm valor sugerido de R$75,27 para o nível médio e R$84,49 para o superior, mas elas ainda poderão ser revistas. O edital também poderá prever a possibilidade de pedidos de isenção. 

(Foto: Divulgação/ Prefeitura de Itaboraí)
Itaboraí-RJ prepara concurso com vagas para professores efetivos
(Foto: Divulgação/ Prefeitura de Itaboraí)

Termo de referência prevê três etapas de avaliação

Os programas das provas, assim como cronograma e mais informações sobre as inscrições no concurso, serão divulgados somente no edital de abertura. Porém, o termo de referência informa as estruturas básicas de avaliação. 

A primeira etapa a qual os candidatos serão submetidos será a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. No projeto básico, a prefeitura estabelece que o exame compreenderá, pelo menos, 40 questões abrangendo: 

  • Conhecimentos Específicos;
  • Fundamentos da Educação;
  • Língua Portuguesa;
  • Estatuto dos Funcionários Públicos Municipais de Itaboraí; e
  • História do município de Itaboraí.

A segunda etapa prevista é a prova dissertativa, eliminatória e classificatória. Nela os candidatos terão que elaborar um texto dissertativo sobre um tema relacionado à área de Educação. 

Serão corrigidas somente as redações dos classificados no limite de até três vezes o número de vagas. Os habilitados seguirão para a última etapa de avaliação do concurso, que compreenderá a análise de títulos acadêmicos. 

♦ Acesse provas para download! ♦

O último concurso para professores do município de Itaboraí, realizado em 2010, também contou com provas objetivas e análise de títulos. Na primeira, os candidatos responderam a 50 questões. 

As disciplinas cobradas foram Língua Portuguesa, Conhecimentos Gerais, Conhecimentos Pedagógicos e Conhecimentos Específicos. Foram concorridas 205 vagas, sendo 100 de professor II (do 1ª ao 5ª ano), 90 de professor I (do 6º ao 9º ano) e 15 de professor de educação infantil.

Comentários