Concurso PGM Guarujá-SP: banca é contratada e edital se aproxima

Concurso PGM Guarujá, em São Paulo, é confirmado e terá a Vunesp como banca organizadora da seleção para procurador jurídico municipal.

A Prefeitura de Guarujá, em São Paulo, realizará uma nova seleção para a Procuradoria Geral do Município (PGM). O concurso PGM Guarujá-SP já tem banca contratada, sendo a Fundação Vunesp. Com a contratação, o edital pode ser publicado a qualquer momento.

De acordo com o documento publicado no Diário Oficial do Município, o concurso PGM Guarujá-SP contará com três vagas para o cargo de procurador jurídico municipal, além da formação para cadastro de reserva.

Para concorrer, os candidatos deverão apresentar bacharel em Direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Ainda não foi definido, mas, em seleções deste tipo, a atividade jurídica pode ser um dos requisitos. O salário para a carreira não foi revelado, mas pode passar de R$6 mil, com gratificações.

Conforme o plano de cargos de Guarujá-SP, o procurador tem as seguintes atribuições: prestar assistência jurídica ao município em áreas diversas, esclarecendo dúvidas e orientando nas decisões, além de executar outras atividades correlatas da área.

Guarujá-SP confirma novo concurso (Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá-SP)
Concurso PGM Guarujá-SP pode ter edital ainda em 2019
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá-SP)

Último concurso Guarujá-SP ocorreu em 2018

O último concurso Guarujá-SP ocorreu em 2018. Na época, a Prefeitura divulgou dois editais, com a oferta de 2.125 vagas em todos os níveis de escolaridade. Das oportunidades, 230 eram imediatas e as demais para o cadastro de reserva.

O primeiro edital contou com vagas para o quadro geral da Prefeitura. Nesse caso, foram 1.973 vagas, sendo 215 imediatas. Entre os cargos com maior oferta de vagas estavam o agente de serviços gerais (155), o assistente administrativo (450) e o auxiliar de desenvolvimento infantil (95).

Inicie seus estudos

O segundo edital contou com 152 vagas para o cargo de agente comunitário de saúde. Dessas oportunidades, 15 foram para preenchimento imediato e as outras para a reserva. Com exigência de nível fundamental, os ganhos eram de R$8,63 por hor, sendo 40 horas por semana, cerca de R$1.380.

Os candidatos foram avaliados por provas objetivas. Dependendo do cargo, foram aplicados ainda testes de aptidão física, além de avaliação psicológica, investigação social e curso de formação.

Comentários