Concurso Aroeiras-PB é retomado e apresenta novo cronograma

A Prefeitura de Aroeira, na Paraíba, retomou concurso e divulgou um novo cronograma de atividades no site da organizadora, Contemax.

A Prefeitura de Aroeiras, na Paraíba, retomou o concurso com oferta de 153 vagas, para cargos de todos os níveis. Um novo cronograma foi elaborado e a prova objetiva para o cargo de professor P2 foi remarcada.

A partir do dia 27 de agosto será feita a entrega do cartão de confirmação de inscrição para os candidatos ao cargo de professor P2. Já a prova está marcada para o dia 8 de setembro. Poderão responder ao exame apenas os que compareceram à realização da prova no dia 21 de julho.

A avaliação será aplicada no turno da manhã, das 8h às 11h, na EMEF Jardirene Oliveira de Souza, localizada na Rua João de Souza Barbosa, nº 55, Centro, Aroeiras-PB.

A prova será composta por itens de Língua Portuguesa (12), Município de Aroeiras (quatro), Conhecimentos Gerais/Atualidades (quatro), Conhecimentos Específicos (20).

Esses candidatos, assim como todos que concorrem às vagas de nível superior, passarão por uma avaliação de títulos. A entrega dos documentos comprobatórios deve acontecer entre os dias 24 de setembro e 04 de outubro.

Já as provas prática, para os concorrentes às vagas de digitador e motorista, estão marcadas para o dia 5 de outubro. Se tudo correr dentro do previsto, o resultado final do concurso deverá ser publicado no dia 30 de outubro. 

A partir dessa data a seleção terá uma validade de dois anos. O prazo ainda poderá ser prorrogado, uma vez, por igual período, a critério da prefeitura.

• Como pontuar na prova de títulos do concurso

Cartão-resposta
Candidatos que não tiveram provas remarcadas poderão consultar
gabarito no dia 30 de agosto (Foto: Divulgação)

Concurso registrou mais de 4,6 mil inscritos

O concurso Aroeiras-PB recebeu 4.613 inscrições, para uma oferta de 153 vagas. São oferecidas oportunidades para diferentes cargos, em todos os níveis de escolaridade.

São contempladas funções como agente administrativo, agente comunitário de saúde, agente fiscal de tributos, assistente social, cirurgião dentista, condutor socorrista, coordenador pedagógico, digitador, enfermeiro, engenheiro, médico em diversas especialidades, professor em várias áreas e nutricionista. 

A remuneração pode chegar a R$9 mil, dependendo do cargo pretendido. O regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade empregatícia ao servidor. 

Os concorrentes que já realizaram as provas objetivas do concurso no dia 21 de julho e não tiveram suas avaliações remarcadas, poderão consultar as respostas dos recursos contra os gabaritos preliminares e o gabarito definitivo, no site da Contemax Consultoria, organizadora.

O resultado preliminar da prova objetiva será publicado no dia 30 de agosto. Já o resultado final sairá no dia 30 de setembro, junto com o resultado dos concorrentes ao cargo de professor P2.

enlightened Fique por dentra de todas as novidades sobre concursos e acesse materiais exclusivos de preparação

MPPB recomendou a suspensão do concurso no início de agosto

O concurso para a Prefeitura de Aroeiras, na Paraíba, havia sido suspenso no início deste mês, pelo Ministério Público do Estado (MPPB), por conta de irregularidades na aplicação das provas objetivas. Candidatos relataram à ouvidoria do Ministério Público da Paraíba e à Promotoria de Justiça de Queimadas que não havia cadernos de questões suficientes para todos concorrentes.

Para resolver o caso, que ocorreu em diversas salas, membros da comissão retiraram os cadernos de provas já entregues de alguns candidatos, para que fossem copiados em Lan Houses localizadas fora do local de aplicação do exame.

A promotora de justiça, Carolina Soares Honorato de Macedo, responsável pela recomendação, disse que o ocorrido comprometia a lisura do concurso.

“É pressuposto para validade do concurso público que seja garantida a isonomia entre todos os concorrentes e que, caso isso não ocorra, a consequência inarredável é que todo o procedimento restará viciado, devendo ser de pronto procedida à sua anulação”, defendeu na época.

Como estudar por mapas mentais?