Concurso PF: diretora confirma pedido para níveis médio e superior

Está confirmado o pedido de concurso PF para as áreas Administrativa e Policial. Chances nos níveis médio e superior.

Está confirmado o pedido de concurso PF contemplando cargos de níveis médio e superior, das áreas Administrativa e Policial. A confirmação partiu da diretora de Gestão de Pessoal substituta, Vanessa Gonçalves Leite Souza, em resposta no Portal de Acesso à Informação.

A Polícia Federal confirmou que um dos protocolos de pedido de concurso, enviado ao Ministério da Economia, tem o objetivo de preencher 600 vagas de agente policial. A exigência, neste caso, é nível superior em qualquer área e carteira de habilitação. Os ganhos são de R$12.441,26.

A corporação confirma ainda ter protocolado pedido de concurso público para o cargo de agente administrativo, de nível médio e com R$4.710,76 mensais, bem como de outras funções da área administrativa, de nível superior.

De acordo com a Federação Nacional do Policiais Federais (Fenapef), foram solicitadas 234 vagas para a área de apoio, totalizando 834 pedidas (somando com a área Policial).

As solicitações, de acordo com a diretora de Gestão de Pessoal substituta, estão no Ministério da Economia e têm respaldo do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro

A reportagem de FOLHA DIRIGIDA procurou a Polícia Federal para confirmar tal informação, mas ainda não obteve retorno. 

Embora a diretora de Pessoal tenha falado em 600 vagas para agente, pode ser que esse quantitativo seja dividido também com os cargos de escrivão, papiloscopista, perito e delegado. Tradicionalmente, a PF se refere a todos os cargos policiais como "agentes de polícia". 

A Fenapef, no entanto, nega isso e diz que as 600 vagas são exclusivas para o cargo de agente, destinado a graduados em qualquer área.

Carreira Requisitos Remuneração
Agente administrativo Nível médio completo R$4.710,76
Plano Especial de Cargos da PF Nível superior em várias áreas  R$5.554,87
Agente policial Nível superior em qualquer + CNH R$12.441,26

Fenapef revela que espera aval para 3,4 mil vagas

Embora os pedidos tenham sido para pouco mais de 800 vagas, o presidente da Fenapef, Luís Boudens, comentou que a intenção da categoria e da corporação é que o decreto de autorização seja publicado com uma oferta maior. Isso porque foi encaminhado um pedido adicional ao governo.

Junto à solicitação de concurso público, a PF enviou uma minuta ao Governo Federal que solicita permissão para 3.460 vagas a mais, englobando as áreas Policial e Administrativa.

Essa demanda, no entanto, pode ser ainda maior, pois a corporação ainda luta, junto à Economia, para criar novos cargos administrativos e fechar o quantitativo em 5 mil vagas. 

Boudens comentou, também, que ambos os pedidos têm previsão inicial para a realização do concurso em 2020, no primeiro ou no segundo semestre. Entretanto, é precoce prever prazos ou confirmar editais pois a PF ainda não teve retorno da pasta. 

Carência na área policial é de 4,3 mil

De acordo com a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) estão em falta 4.330 servidores. A informação foi passada com exclusividade à FOLHA DIRIGIDA, em  fevereiro desse ano por meio de uma entrevista exclusiva.

Naquela época, a maior necessidade era para o cargo de agente, cargo que apresenta mais demanda na Polícia Federal. De acordo com o panorama passado pelo sindicato, as vagas oferecidas no edital de 2018 não serão suficientes para suprir todo o déficit nas carreiras carreiras.

Carreira Cargos vagos Vagas do edital 2018
Agente 2.425 180
Escrivão 970 80
Delegado 680 150
Perito 130 60
Papiloscopista 125 30


Além disso, de fevereiro até a presente data esse número deve ter crescido. Mais servidores podem ter deixado a corporação e agravo tal cenário.

Somente por meio de aposentadorias, foram mais de 500 servidores deixando a corporação desde o término da validade do último concurso. Desses, 206 somente em 2019. Os dados atualizados puderam ser extraídos no Painel Estatístico de Pessoal do Ministério do Planejamento.

Confira a quantidade de saídas de policiais por aposentadorias em 2019:

  • Janeiro: 31 aposentadorias;
  • Fevereiro: 31 aposentadorias;
  • Março: 47 aposentadorias;
  • Abril: 37 aposentadorias;
  • Maio: 22 aposentadorias;
  • Junho: 38 aposentadorias

Curso PF

Bolsonaro autorizou que PF chamasse mais policiais

O último edital do concurso da Polícia Federal foi destinado a prencher 500 vagas de agentes, de nível superior. Em maio, foi publicado o decreto de autorização do presidente Jair Bolsonaro que confirma a chamada de mais aprovados do concurso PF para o curso de formação.

O chefe do executivo federal autorizou chamar 547 vagas a mais do que o previsto em edital. O documento também foi assinado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Também no anexo da resposta que contém a confirmação das vagas, a PF informa que havia enviado no dia 31 de maio um terceiro protocolo. Este, visava autorizar o aproveitamento de mais candidatos que foram aprovados e não classificados dentro do número de vagas.

Logo em seguida, a corporação explicou que com o decreto do presidente da República, não há mais providências a serem tomadas pela Polícia Federal.

Em março, foram conhecidas as novas regras para autorização de concursos. O documento diz que a Polícia Federal não precisa mais solicitar a abertura de concursos ao Ministério da Economia. Tal independência é válida somente para a área policial.

Concurso PF tem número de vagas do pedido confirmado (Foto: Divulgação)
Concurso PF tem número de vagas do pedido confirmado (Foto: Divulgação)

Na área Administrativa, foram 114 aposentadorias desde último concurso

Embora o número de vagas pedidas para o agente administrativo não tenha sido revelado, o déficit na função é grande.

Após completar um ano desde o término da validade do último concurso PF para agente administrativo, a Polícia Federal confirmou o envio de pedido para novo edital ao Governo. Ainda não foi anunciado o quantitativo solicitado. Sabe-se, porém, que de lá para cá foram 114 aposentadorias, que precisarão ser supridas.

concurso PF agente administrativo teve o edital publicado em 2013 e foi homologado em 2014, com validade de dois anos. Após esse prazo, foi prorrogado por mais dois anos, até junho de 2018. Dessa forma, a corporação não tem mais cadastro de reserva válido.

De acordo com dados obtidos no Painel Estatístico de Pessoal do Ministério do Planejamento, desde o fim da validade foram 114 saídas por aposentadorias registradas para a carreira de nível médio da PF.

De junho a dezembro de 2018, foram 31 servidores aposentados, enquanto que somente em 2019, até o último mês, são 83 servidores a menos. As inatividades, segundo o PEP, são classificadas como voluntárias ou por invalidez.

Últimos concursos PF para áreas Policial e Administrativa

A Polícia Federal é o sonho de muitos concurseiros que sonham com uma vaga no serviço público, seja na área policial ou administrativa. O regime estatutário e excelentes remunerações estão entre os atrativos.

Para a área policial, o último concurso foi realizado em 2018, e ofertou 500 vagas divididas da seguinte forma:

  • Agente - 180 vagas e R$12.441,26    
  • Delegado - 150 vagas e R$23.130,48
  • Escrivão - 80 vagas e R$12.441,26   
  • Perito - 60 vagas e R$23.130,48       
  • Papiloscopista - 30 vagas e R$12.441,26 

O concurso foi organizado pelo Cebraspe e os candidatos foram avaliados com provas objetiva, discursiva, exame de aptidão física, prova prática de digitação, avaliação médica, avaliação psicológica, avaliação de títulos, prova oral, investigação social e curso de formação.

Já para a área administrativa, também com organização do Cebraspe o último concurso aconteceu em 2013. Naquela época foram oferecidas 566 vagas em cargos dos níveis médio e superior da área administrativa. A validade foi encerrada em 2 de junho de 2018.

Eram 534 vagas para agente administrativo, em diversos estados, além do Distrito Federal, para nível médio. Para graduados foram 32 vagas, todas para o DF. As chances foram engenheiro, assistente social, contador, administrador, psicólogo e arquivista. 

Confira o material de preparação da FOLHA DIRIGIDA e comece já os estudos para o concurso!

E-books 
Provas para download
Artigos sobre concursos
Editais verticalizados
Vídeos com dicas





Comentários