Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Escrivão, delegado e perito: falta julgamento no STF

Segue em compasso de espera a definição quanto à continuidade do concurso da PF para 600 vagas de escrivão, delegado e perito, suspenso por decisão liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) por não reservar vagas para deficientes. O tribunal divulgou a pauta de julgamentos até o próximo dia 6, não estando previsto o julgamento do mérito da Reclamação 14.145, do Ministério Público Federal (MPF), por meio da qual a seleção foi paralisada.

Segue em compasso de espera a definição quanto à continuidade do concurso da PF para 600 vagas de escrivão, delegado e perito, suspenso por decisão liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) por não reservar vagas para deficientes. O tribunal divulgou a pauta de julgamentos até o próximo dia 6, não estando previsto o julgamento do mérito da Reclamação 14.145, do Ministério Público Federal (MPF), por meio da qual a seleção foi paralisada.
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações