Concurso PC-SP: Doria anuncia aumento salarial e ingresso de policiais

O governo de São Paulo confirmou reajuste salarial de 5% para servidores da Segurança, incluindo os aprovados no concurso Polícia Civil-SP.

O governo de São Paulo anunciou o reajuste salarial de 5% para os policiais civis, militares e técnico-científicos do Estado. Também terão direito ao benefício os agentes de segurança penitenciária, escolta e vigilância penitenciária.

O aumento será válido a partir de janeiro de 2020, incluindo os aprovados no concurso Polícia Civil-SP.

Em coletiva de imprensa na quarta-feira, 30, o governador João Doria também confirmou outras medidas para valorização dos servidores da Segurança Pública, com assistência jurídica e ampliação do programa de bonificação.

Além de equiparação do auxílio-alimentação e adicional de insalubridade.

“Com isso, reafirmamos o nosso compromisso de melhorar ano a ano a condição salarial dos policiais e do sistema prisional. Durante quatro anos, nós promoveremos melhorias para as polícias e para os agentes que atuam no sistema prisional. Este é um compromisso de governo”, disse Doria.

O pacote de medidas favorecerá mais de 280 mil profissionais da ativa, aposentados e pensionistas. “Segurança pública é a nossa prioridade e a proteção da nossa população também é”, afirmou o secretário de segurança, General Campos, presente na coletiva.

Um destaque apresentado foi a equiparação do auxílio-alimentação a todos os policiais e bombeiros de São Paulo. O valor será de R$796, variando conforme a jornada de trabalho de cada profissional. O benefício será reajustado anualmente de forma automática.  

João Doria anuncia pacote de medidas para Segurança Pública em
coletiva de imprensa (Foto: Governo do Estado de São Paulo)

 

Outro ponto discutido foi o investimento permanente em treinamento para os servidores da Segurança. Ao ser questionado sobre planos para reduzir a defasagem de cerca de 14 mil policiais civis, o governador Doria afirmou que está em via de contratação de 20 mil agentes.

Nesse caso, ele incluiu a formação de 14 mil PMs. Apenas para Polícia Civil, ele destacou os 2.750 aprovados no concurso PC-SP (sem revelar a perspectiva de convocação) e 379 da Polícia Técnico Científica que estão em treinamento.

Esse quantitativo, no entanto, ainda é ínfimo perto do déficit total na corporação. Até agosto de 2019, a Polícia Civil-SP acumulou 14.206 cargos vagos.

+ Assine a Folha Dirigida e turbine sua preparação
+ Concurso PC-SP: secretário anuncia 5 mil novos policiais até 2020

Governo ratifica autorização de novo concurso PC-SP

Ainda sobre a questão do déficit de policiais civis em São Paulo, o secretário de Segurança ratificou que o governo já autorizou um próximo concurso para corporação. No entanto, não passou nenhum prazo para que o edital seja divulgado, nem sobre banca organizadora e demais trâmites internos.  

O aval, concedido em junho, é para 2.936 vagas de nível superior. Desse quantitativo, 250 serão de delegado, 1.600 de escrivão, 900 de investigador e 189 para médico legista. Todas as carreias têm como pré-requisito o nível superior.

Os ganhos chegam a R$9,8 mil. A Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP) adiantou à FOLHA DIRIGIDA que os editais devem ser publicados a partir de 2020. Os provimentos dos cargos também estão programados para ano que vem.  

“A previsão é que os respectivos editais sejam publicados a partir do próximo ano. Demais informações sobre os trâmites administrativos dos processos de seleção serão informados por meio do Diário Oficial do Estado”, consta em nota enviada à reportagem.

Na tabela abaixo, veja os requisitos e vagas para cada carreira:

CARGO REQUISITO VAGAS SALÁRIO INICIAL
Delegado de polícia Nível superior em Direito e
experiência de dois anos
250

R$ 9.888,07

Médico legista Nível superior em Medicina 189 R$8.285,66
Escrivão de polícia Nível superior em qualquer área
e CNH B ou superior
1.600

R$ 3.743,98

Investigador de polícia Nível superior em qualquer área
e CNH B ou superior
900

R$ 3.743,98

 

Concurso PC-SP: 2.750 serão convocados até novembro, diz secretário
Concursos PC-SP: homologação depende do secretário de segurança

Concurso PC-SP: 2 mil devem ser chamados este ano

Este ano, segundo o secretário executivo da Polícia Civil de São Paulo, Youssef Chahin, 2.750 policiais aprovados em concurso serão nomeados. À rádio CBN Campinas, ele revelou que 1.100 policiais dos cargos de nível médio integrariam a Academia de Polícia (Acadepol) em outubro.

São eles: agente policial, agente de telecomunicações, auxiliar de papiloscopista e papiloscopista policial. Em novembro, o secretário apontou que serão feitas nomeações de 1.650 policiais das carreiras de nível superior: delegado, investigador e escrivão.

Para que as convocações comecem, a corporação deve homologar o resultado final. Em resposta à FOLHA DIRIGIDA, a SSP-SP disse que depende da assinatura do titular da pasta, general João Camilo Pires de Campos. 

Ao longo do concurso, os concorrentes foram avaliados por provas objetivas e comprovação de idoneidade e conduta correta mediante investigação social. Eles ainda passarão pelo curso de formação técnico-profissional na Acadepol.

Comentários