Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Após posse dos aprovados, Acadepol deve concentrar esforços em nova série de concursos

A posse dos primeiros aprovados na última série de concursos da Polícia Civil de São Paulo acontece no próximo dia 22, no Palácio das Convenções do Anhembi. Ao todo tomarão posse 1.078 servidores, nomeados no último dia 8 pelo Governador Geraldo Alckmin. Após a conclusão desta etapa a Polícia Civil deve se concentrar na abertura de um novo pacote de seleções, que ainda necessita da autorização do governador Geraldo Alckmin. A expectativa é de que os novos concursos sejam autorizados nos próximos meses, tendo em vista que a abertura de concursos já está prevista na Leia Orçamentária de 2016.

A posse dos primeiros aprovados na última série de concursos da Polícia Civil de São Paulo acontece no próximo dia 22, no Palácio das Convenções do Anhembi. Ao todo tomarão posse 1.078 servidores, nomeados no último dia 8 pelo Governador Geraldo Alckmin. Após a conclusão desta etapa a Polícia Civil deve se concentrar na abertura de um novo pacote de seleções, que ainda necessita da autorização do governador Geraldo Alckmin. A expectativa é de que os novos concursos sejam autorizados nos próximos meses, tendo em vista que a abertura de concursos já está prevista na Leia Orçamentária de 2016.

A expectativa é de que sejam preenchidas 3.176 vagas, que serão divididas entre a realização de novos concursos e o aproveitamento de remanescentes. Do total de vagas, 851 são para cargos de nível médio e 2.325 para nível superior. Agora a instituição aguarda o aval do governador Geraldo Alckmin, antes de iniciar a elaboração de uma nova série de concursos.

O destaque fica para as funções de 2º grau, casos de agente policial, auxiliar de papiloscopista e agente de telecomunicações. As carreiras não fizeram parte da última série e também não contam concurso em validade, o que indica que farão parte do grupo que contará com novos editais. Além destes, há oportunidades também para outras funções de nível médio, como atendente de necrotério e auxiliar de necropsia, papiloscopista, desenhista, fotógrafo técnico pericial. Para nível superior as oportunidades são de perito, médico legista, investigador, escrivão e delegado.

De acordo com o último levantamento de pessoal da Polícia Civil, divulgado em abril de 2015, o órgão conta com uma carência de 7.305 vagas em funções de 3ª classe, na qual os servidores iniciam a carreira. O número porém deve aumentar significativamente no próximo levantamento, tendo em vista as aposentadorias decorrentes da Lei Complementar 144/2014, que reduziu para 65 a aposentadoria compulsória no serviço policial. Apesar de a medida ter sido revogada em dezembro do ano passado, com a Lei Complementar 152/2015, sindicatos da área policia informaram que houve uma baixa de aproximadamente 2 mil servidores durante a vigência da lei.


Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações