Concurso Polícia Civil RN é oficialmente autorizado com 301 vagas

O concurso Polícia Civil RN está oficialmente autorizado e contará com 301 vagas nos cargos de agente, delegado e escrivão.

concurso Polícia Civil RN está oficialmente autorizado. O aval foi publicado nesta quinta-feira, 12, no Diário Oficial do Rio Grande do Norte. De acordo com o documento, serão oferecidas 301 vagas e o edital deve ser publicado em até 180 dias. 

Concurso Polícia Civil RN é autorizado (Foto: Reprodução Diário Oficial do Rio Grande do Norte)
Reprodução Diário Oficial do Rio Grande do Norte em 12/03/2020

 

Ainda conforme o documento, serão oferecidas vagas para as carreiras de agente de polícia, delegado e escrivão. Até dezembro de 2019, estavam previstas 302 oportunidades para o concurso Polícia Civil RN, sendo 235 para agente, 41 para delegado e 26 para escrivão.

O aval, no entanto, conta com um número de vagas menor do que o anunciado em janeiro deste ano. Na época, a delegada-geral da PC-RN, Ana Claudia Saraiva, falou que seriam oferecidas mais de 400 oportunidades no próximo edital.

Segundo a delegada-geral, para atualizar o pedido do novo concurso, o número de vagas foi reavaliado. Após os estudos, o próximo edital deveria contar com 307 oportunidades para a carreira de agente de polícia, 33 para escrivão e 63 para delegado, totalizando 403 vagas.

No entanto, conforme consta no aval, serão oferecidas 301 vagas. Todas as carreiras têm o nível superior como requisito. No caso do delegado, é preciso ter graduação em Direito. Os salários iniciais e finais já tinha sido revelados pela Polícia Civil-RN, sendo eles:

  Salário Inicial Salário final
Delegado R$15.288,90 R$23.302,70
Agente R$3.755,48 R$9.465,60
Escrivão R$3.755,48 R$9.465,60

 

Concurso Polícia Civil RN pode ter edital em abril

O novo concurso Polícia Civil-RN deve ter seu edital publicado até abril. O anúncio foi feito no dia 2 de janeiro pela governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra.

Segundo ela, um novo processo para a realização do concurso está sendo realizado, mas o cronograma já está sendo fechado. Em suas redes sociais, a governadora publicou um vídeo na presença da delegada-geral e da secretária de Administração e Recursos Humanos, Virgínia Ferreira, que falaram sobre a seleção.

"A nossa intenção é já em agosto (2020) começarmos a formação. Em abril (de 2020), então, após a a contratação da empresa, será lançado o edital. Então, em 2021, iniciaremos já com a contratação dos novos policiais civis, após os quatro meses do período de formação", disse a delegada geral.

Assine a Folha Dirigida e turbine os estudos

MP recomendou contratação da banca

No dia 17 de janeiro, o Ministério Público do Rio Grande do Norte recomendou a contratação da banca organizadora do novo concurso Polícia Civil RN. O processo prioriza a dispensa de licitação, por considerar este modelo o de "maior agilidade".

A recomendação foi feita por meio do 70º promotor de Justiça da Comarca de Natal, Vitor Emanuel de Medeiros Azevedo. Segundo ele, considerando que a concorrência é o mais amplo e demorado dos procedimentos licitatórios, recomenda-se a dispensa de licitação, avaliando ser um "procedimento bem mais célere". 

"Recomenda à Secretaria Estadual da Administração que dê andamento aos processos administrativos tendentes à deflagração do concurso público para o preenchimento de cargos de delegado, escrivão e agente da Polícia Civil", diz a recomendação.

Em suas considerações, o promotor revela ainda a urgência pelo concurso, avaliando o déficit de policiais. Segundo ele, o efetivo atual é de 1.371 policiais (162 delegados, 185 escrivães e 1.024 agentes), o que representa 26,6% dos 5.150 cargos previstos em lei.

Ainda de acordo com o promotor, há 130 policiais civis aptos à aposentadoria voluntária, dos quais 13 estão próximos da saída compulsória por idade. Com base nestes dados, o MP-RN pede celeridade no processo de escolha da banca. O anúncio da empresa deve ocorrer até abril, mês previsto para a publicação do edital.

Último concurso PC-RN foi em 2008

Publicado em 2008, o último concurso Polícia Civil-RN contou com 438 vagas. Deste total, 107 foram para escrivão, 263 para agente e 68 para delegado. O Cebraspe foi o organizador. 

Na época, os candidatos foram avaliados por meio de seis etapas, sendo elas: prova objetiva; e discursiva; avaliação física (exceto para o cargo de escrivão); prova prática (escrivão); exame psicotécnico; e curso de formação. 

enlightenedSaiba como foram as provas do último concurso Polícia Civil-RNenlightened

prova objetiva contou com 100 questões. Deste total, 30 foram de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Noções de Informática e Atualidades) e 70 Específicos.

Na avaliação discursiva os candidatos tiveram que redigir um texto (narrativo, descritivo ou dissertativo) de até 30 linhas. O tema poderia abordar qualquer área de conhecimento prevista no edital.