Concurso Polícia Civil-RJ: governo convoca 200 papiloscopistas

Mais 200 papiloscopistas aprovados no concurso PC-RJ serão convocados para o curso de formação na Acadepol.

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, anunciou na segunda-feira, 8, a convocação de 200 papiloscopistas aprovados no concurso Polícia Civil-RJ, de 2014. Eles quase dobrarão o quadro atual de 294 peritos papiloscópicos.

Os novos policiais serão chamados para início do curso de formação na Academia Estadual de Polícia Sylvio Terra (Acadepol), no Centro do Rio de Janeiro. Ao todo, serão 840 horas de cursos e testes, antes da nomeação.

Os papiloscopistas são responsáveis pela identificação humana, civil e criminal de vivos e mortos. Witzel destacou a chamada de mais 200 concursados para essa função com o objetivo de reforçar as investigações do Estado.  

“A convocação dos policiais vai reforçar nossa atividade de investigação, especialmente em tempos de reconhecimento facial e de câmeras que vão ajudar no monitoramento. Os papiloscopistas participam desse trabalho de identificação facial. É nossa polícia indo além, ao encontro da tecnologia para que possamos dar mais segurança ao cidadão”, disse o governador.

As chamadas de aprovados só foram possíveis pelo acordo firmado entre o governo estadual e a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A Casa se comprometeu a arcar com os salários dos convocados da Polícia Civil e também da Polícia Militar até 2020.

Aprovados no concurso PC-RJ para papiloscopistas serão convocados
para curso na Acadepol (Foto: Governo do RJ)

 

Além dos 200 papiloscopistas, serão mais 3 mil policiais militares convocados até o final deste ano. Os recursos são resultado de uma economia feita pelo legislativo fluminense, na ordem de R$370 milhões.

“A Alerj está abrindo mão de receitas para poder pagar os salários dos papiloscopistas e nós assumiremos, após esses dois anos, esse encargo. Essa é mais uma promessa de campanha cumprida”, finalizou Witzel.  

enlightenedQuizz: você sabe fazer um bom planejamento para concursos?

Papiloscopistas aprovados são excedentes do concurso de 2014

Os convocados são excedentes do concurso de 2014. Durante cinco anos, eles lutaram para que também pudessem integrar a Polícia Civil do Rio e iniciar o curso de formação.

“Quanto ao concurso dos papiloscopistas, ficamos muito satisfeitos com essa autorização para os excedentes cursarem a Acadepol, pois lutamos há muito tempo por eles e a Polícia Técnico-Científica necessita desses servidores com prioridade", destacou o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Rio de Janeiro (Sindopol-RJ), Márcio Garcia.

A remuneração dos papilocopistas, após a posse, será de R$8.469,34. O valor já conta com os reajustes deste ano e inclui o auxílio-alimentação de R4264.

Durante o curso de formação, os concorrentes recebem a bolsa-auxílio correspondente a 80% do valor do vencimento inicial do cargo. Isso sem a incidência de descontos relacionados com o regime próprio de previdência.

Polícia Civil-RJ escolhe bancas de novo concurso

Entre junho e julho de 2018, o então governador Luiz Fernando Pezão autorizou o novo concurso para PC-RJ. No momento, a corporação trabalha na escolha da banca organizadora. Até oito instituições enviaram suas propostas.

O secretário de Polícia Civil do Rio, Marcos Vinícius, pretende divulgar os editais até julho. Cargos de todos os níveis de escolaridade serão contemplados. Confira na tabela abaixo:

Auxiliar de necropsia
Requisito Nível fundamental completo
Vencimentos R$4.506,27
Técnico de necropsia
Requisito Nível médio completo
Vencimentos R$5.277,59
Perito Legista
Requisito Nível superior em Medicina, Odontologia, Farmácia ou Bioquímica
Vencimentos R$8.469,34
Inspetor
Requisito Nível superior em qualquer área e carteira de habilitação na categoria B
Vencimentos R$6.280,31
Delegado
Requisito Nível superior em Direito
Vencimentos R$18.747,95





Comentários