Folha Dirigida Entrar Assine

Saiba como foi o último concurso PC-MG para níveis médio e superior

Último concurso para médico, perito, analista e técnico da Polícia Civil de Minas Gerais é referência de preparação para candidatos.

A Polícia Civil de Minas Gerais confirmou à reportagem da FOLHA DIRIGIDA, em junho, que iniciou os estudos para viabilizar novo concurso público para carreiras policiais e administrativas. Com a previsão dos novos editais, os interessados já devem começar a preparação para sair na frente da concorrência. 

Quando aberto, o concurso contemplará as carreiras de médico-legista, perito criminal, analista e técnico administrativo, as mesmas carreiras oferecidas no concurso de 2013, que contou com 1.497 vagas. Por isso, o edital anterior é uma boa referência de estudos para os futuros candidatos. 

Polícia Civil-MG estuda novo concurso para níveis médio e superior

A seleção de seis anos atrás atraiu mais de 69 mil inscritos, sendo 28.458 para o cargo de técnico, 24.987 para perito criminal, 14.206 para analista e 1.687 para médico legista. A organizadora foi a Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc). 

Das oportunidades, 216 eram destinadas à carreiras policiais, sendo 121 para médico legista e 95 para perito criminal. As demais eram 415 para analista, que exige o nível superior, e 866 para técnico assistente, nos níveis médio e médio/técnico. 

Concurso Polícia Civil-MG: vencimentos iniciais chegam a R$8 mil

As remunerações iniciais atualizadas desses cargos são de R$8.874,60 para peritos e médicos, R$2.782,16 para analistas e R$1.530,18 para técnicos. Os servidores ainda podem receber outros benefícios e gratificações, cujos valoressão variáveis. 

Confira material de preparação para concursos:

Técnicos e analistas fizeram prova com 60 questões

Os candidatos às carreiras administrativas do concurso PC-MG 2013 (técnico e analista) foram avaliados por meio de etapa única. O exame compreendeu uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório.

A aplicação durava de duas a quatro horas. Foram cobradas 60 questões distribuídas da seguinte forma:

Língua Portuguesa : 10 questões.
Direitos Humanos : 10 questões.
Noções de Informática : 10 questões.
Conhecimentos Específicos : 30 questões.

Cada questão da prova valia 1 ponto. Pra ser considerado aprovado foi necessário acertar, pelo menos, metade das questões, além de não zerar nenhuma das disciplinas. 

(Foto: Divulgação/ PC-MG)
Concurso PC-MG 2013 contou com mais de mil vagas
(Foto: Divulgação/ PC-MG)

Para carreiras policiais foram cinco etapas de avaliação

Já para as carreiras policiais, foram aplicadas cinco etapas: prova objetiva; psicológica; exames biomédicos e biofísicos; investigação social; e curso de formação policial. No exame de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, os candidatos tiveram de duas a quatro horas para a responder a 60 questões.

Para perito criminal:

Língua Portuguesa : 10 questões
Matemática : 10 questões
Noções de Criminalística : 10 questões
Noções de Medicina Legal : 10 questões
Noções de Contabilidade : 08 questões
Noções de Informática : 07 questões
Direitos Humanos : 05 questões 

Técnicas de concentração para estudar para concursos. Conheça!

Para médico legista:

Medicina Legal : 35 questões.
Psiquiatria Forense : 10 questões.
Patologia. : 05 questões.
Língua Portuguesa : 05 questões
Direitos Humanos : 05 questões

Cada questão valia 1 ponto. Pra ser considerado aprovado e passar para a próxima etapa do concurso foi necessários acertar, pelo menos, metade das questões, além de não zerar nenhuma das disciplinas. 

A avaliação psicológica de médicos e peritos teve caráter eliminatório. Uma banca designada pela Acadepol avaliou aspectos de inteligência, aptidões específicas e características de personalidade por meio de técnicas aprovadas pelo Conselho Federal de Psicologia, sendo o candidato considerado apto ou inapto.

Os aptos foram convocados para os exames biomédicos e biofísicos. Os biomédicos comprenderam: teste ergométrico, eletroencefalograma, radiografia, hemograma completo, contagem de plaquetas, glicemia de jejum, anti-HBS quantitativo, sorologia para Lues ou VDRL, urina rotina, audiometria tonal e vocal, gama GT, e uréia e creatinina. 

Já o exame biofísico foi composto por testes físicos, acompanhados de avaliação médica, sendo eles: 

  • Flexão de Braço.
  • Agilidade e coordenação motora.
  • Corrida de 50 metros rasos.
  • Teste de Cooper.

Seu concurso tem teste físico? Confira as dicas!

A investigação social, de caráter eliminatório, foi realizada pela própria Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, entre os candidatos não eliminados nas etapas anteriores. Os concorrentes tinham que preencher a Ficha de Informações e/ou Boletim de Investigação Social com uma série de dados pessoais, como endereços onde morou, telefones, identidade, estado civil e outros.

Por fim, o Curso de Formação Policial foi etapa eliminatória do concurso, com o objetivo de preparar profissionalmente dos aspirantes às carreiras de médico e perito. Os candidatos matriculados recebiam bolsa de 50% em relação ao vencimento inicial da respectiva carreira. 



Comentários