Concurso Polícia Civil-AM 2018: saiba como é ser delegado

Fábio Silva, delegado da Polícia Civil, conta como é a rotina e as vantagens da carreira. Vencimento inicial é de R$20 mil!

Uma das carreiras mais almejadas na segurança pública é a de delegado. A função, que exige muita responsabilidade e coragem, também possui remuneração atrativa. Na Polícia Civil do Amazonas, por exemplo, os ganhos iniciais são de R$16.237 (veja tabela abaixo)!
 
Para que os candidatos do concurso Polícia Civil-AM 2018 possam conhecer mais a fundo as vantagens do cargo e a rotina de trabalho da profissão, FOLHA DIRIGIDA conversou com Fábio Silva. Além de professor e CEO do curso "Sou Concurseiro e Vou Passar", Fábio também trabalha como delegado da Polícia Civil do Amazonas há sete anos. Confira também as dicas de estudos do professor para o concurso!
 
Fábio Silva, delegado da Polícia Civil
Fábio Silva conta como é ser delegado
da Polícia Civil (Foto:divulgação)
 
"Já passei por outros órgãos públicos mais metódicos e burocráticos, mas a profissão de delegado superou e muito minhas expectativas. Não apenas pelo salário, mas também pela emoção da ação policial com perseguições, troca de tiros, cumprimentos de mandados de prisão e de busca e apreensão de criminosos de alta periculosidade. Tudo isso, para quem tem vocação de ser policial, é muito prazeroso." 

O que faz o delegado da Polícia Civil?

Fábio Silva usa, entre outras palavras, a expressão "garantidor da legalidade" para definir o trabalho de delegado. Ele ressalta que se trata de uma função fundamental na sociedade e destaca as principais atribuições:
 
Lavratura da prisão em flagrante com a devida comunicação ao poder judiciário
Arbitrar fiança para prisões em flagrante para crimes com a pena máxima de até 4 anos.
Elaboração dos chamados "Termos Circunstanciados de Ocorrência" para os crime de menor potencial ofensivo com pena máxima de até 2 anos.
Instauração de inquéritos policiais que nada mais são do que investigações
Realizar junto ao poder judiciário a representação de prisões preventivas e temporárias de criminosos, assim como pedido de busca e apreensão domiciliar.
Representar pela quebra de sigilos bancários, fiscais e telefônicos, bem como a interceptação telefônica.
Requerer junto a perícia técnico-científica a realização de perícias em geral
Elaborar relatórios dos inquéritos policiais de sua competência
 
A carga horária do delegado da Polícia Civil no Amazonas depende do local de atribuição. Por exemplo, delegados titulares de delegacias trabalham de segunda-feira a sexta-feira das 8h às 18h, com duas horas para almoço. Já delegados plantonistas trabalham 24 horas com intervalos para almoço e janta, com 72 horas de folga.
 
 
No cargo, Fábio já passou por vários setores e funções. Em uma delas foi delegado da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), quando era responsável pela condução de várias investigações de grande abrangência, ligadas a assaltos a caixas eletrônicos e quadrilhas de tráfico de entorpecentes. 
 
Também já foi coordenador da Força Especial de Resgate e Assalto (FERA), grupo de operações especiais da Polícia Civil do Amazonas. Nessa época, participou de toda organização da segurança tático-operacional da Copa do Mundo de 2014, na cidade de Manaus. 
 
Atualmente, Fábio exerce a função de delegado plantonista na capital do estado. "Trabalhar na Polícia Civil é completamente diferente de qualquer profissão, um dia de trabalho nunca é igual ao outro. Sempre acontecem situações novas, que merecem ação urgente e energética por parte da polícia, como casos de roubos, furtos, homicídios, tráfico e estupros", conta.

Gratificações do cargo chegam a R$4 mil

Motivos para querer se tornar delegado da Polícia Civil não faltam. Além do vencimento inicial altamente atrativo, a função pode garantir outras gratificações que aumentam ainda mais os ganhos. Também há possibilidade de crescimento na carreira, característica procurada pela maior parte dos concurseiros.
 
Fábio conta que, dentro da instituição no Amazonas, existe uma série de estímulos. Por exemplo, delegados titulares de delegacias da capital ou do interior do estado recebem, além da remuneração, uma gratificação de R$4 mil. Delegados de delegacias do interior do estado ainda recebem auxílio moradia. Confira outros concursos de delegado previstos para 2018!
 
Mas o destaque, na opinião de Fábio, é o grande incentivo para a conclusão de pós-graduação, mestrado e doutorado. Nesses casos, o delegado receberá 25%, 30% e 35%, respectivamente, sobre o valor total da remuneração, encorajando-o a buscar uma maior especialização.
 
Conforme tabela de remuneração abaixo, um delegado em classe inicial recebe em torno de R$16.237 e se aposenta na classe especial com R$24.752, sem falar nas gratificações e adicionais da profissão:
 
 
A carreira de delegado, vem sofrendo uma série de evoluções, das quais a principal, na opinião de Fábio, é a equiparação a cargos de carreira jurídica. Ele cita o advento da Lei Federal n. 12.830/2013 em seu artigo 3°: O cargo de delegado de polícia é privativo de bacharel em Direito, devendo-lhe ser dispensado o mesmo tratamento protocolar que recebem os magistrados, os membros da Defensoria Pública e do Ministério Público e os advogados.
 
 
"No meu ponto de vista, a maior vantagem é fazer o bem. Ajudar vítimas de um crime que procuram a delegacia de polícia pedindo ajuda e conseguir solucionar o caso é extremamente gratificante. Conquistei várias amizades dessa forma, com pessoas que conseguimos ajudar. O valor de um obrigado é extremamente gratificante", afirma.  
 

Carreira exige conhecimentos específicos

A carreira, segundo o delegado, exige um alto grau de conhecimento técnico das legislações criminais, principalmente devido a grande quantidade de mudanças nos ordenamentos jurídico e jurisprudencial. O delegado de polícia deve estar constantemente atualizado e muito bem especializado na sua área de atuação.
 
 
No mais, existem cursos especializados para a carreira, como de inteligência, investigações, lavagem de dinheiro, e combate ao tráfico de entorpecentes e seres humanos. Uma característica que Fábio destaca como importante para quem quer ser delegado, é a vontade de fazer justiça. Paralelamente, o delegado destaca algumas características que considera fundamentais:
 
.Autoconfiança
.Autocontrole
.Boa Memória
.Capacidade de Análise
.Comunicação
.Agir sob pressão
.Equilíbrio Emocional
.Espírito de Investigação
.Resistência Física
.Ética
.Responsabilidade
.Capacidade de Iniciativa

Concurso Polícia Civil-AM aguarda autorização

De acordo com comentário do secretário de Segurança do Amazonas, Bosco Saraiva, em uma rede social, o edital da Polícia Civil, assim como o da Polícia Militar, vai sair ainda neste mês de janeiro. No etanto, a seleção ainda aguarda autorização do governador, Amazonino Mendes. 
 
Além do cargo de delegado, que tem inicial de R$R$16.237, espera-se que a seleção conte com oportunidades de escrivão, investigador e perito. Para essas carreiras, até agosto de 2017, os vencimentos iniciais eram de R$8.753, R$8.753 e R$8.145, respectivamente. 
 
Esses valores já devem maiores, pois tiveram reajustes assim como o salário de delegado, que na mesma época era de R$12.186. No total, são esperadas cerca de 2 mil vagas.

Prepare-se para o concurso da Polícia Civil-AM 2018

O edital do concurso Polícia Civil-AM vai sair em breve, por isso é mais do que a hora de começar os estudos. Aproveite o material de preparação da FOLHA DIRIGIDA: confira a playlist de vídeos do professor Edson Botelho, que ensina Português para concursos, e ainda dicas de teste físico com o especialista Elon Júnior. Aprenda também como estudar para concursos públicos com Fábio Silva!


Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários