Polícia Civil: saiu concurso para escrivão

Saiu o tão aguardado concurso para escrivão da Polícia Civil do Distrito Federal. A oferta é de, inicialmente, 98 vagas (incluindo cinco para pessoas com deficiência). Porém, também será formado cadastro de reserva para o cargo, que poderá ser utilizado ao longo da validade do concurso, de dois anos, prorrogável por mais dois.

Saiu o tão aguardado concurso para escrivão da Polícia Civil do Distrito Federal. A oferta é de, inicialmente, 98 vagas (incluindo cinco para pessoas com deficiência). Porém, também será formado cadastro de reserva para o cargo, que poderá ser utilizado ao longo da validade do concurso, de dois anos, prorrogável por mais dois. A seleção atrai muitos candidatos já que qualquer pessoa com formação superior/ bacharelado pode concorrer. Basta, entretanto, ter carteira nacional de habilitação, categoria “B” ou superior. Além disso, os servidores têm estabilidade e recebem ganhos mensais de R$7.890,05 por 40 horas semanais de trabalho.

As inscrições têm início dia 12 de agosto e seguem até o dia 26 do mesmo mês, no site do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), organizador. Quem não tiver acesso a Internet pode ir à Central de Atendimento do Cespe, na Universidade de Brasília, no mesmo período das inscrições (exceto sábado, domingo e feriado), das 8h às 12h e das 13h às 17h. A taxa é de R$199 e pode ser paga qualquer banco, Loteria ou Correios, até o dia 27. Entretanto, pode solicitar isenção quem comprovar ser doador de sangue ou beneficiário do programa social de complementação ou suplementação de renda do Distrito Federal. Essas pessoas devem entregar documentação no Instituto Central de Ciências (ICC) da UnB, de 5 a 19 de julho, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Entre as atividades de um escrivão da Polícia Civil estão as relativas ao cumprimento das formalidades legais de polícia judiciária necessárias aos inquéritos, processos administrativos e demais serviços cartorários de apoio a autoridade policial.
 
Ponto com computador: UnB - Campus Universitário Darcy Ribeiro, Asa Norte, Brasília/DF
Documentos para isenção: UnB -Instituto Central de Ciências (ICC), Asa Norte, Brasília/DF


Provas em setembro


Os locais de aplicação das provas serão divulgados em 13 de setembro, enquanto que as avaliações objetiva e discursiva serão aplicadas no dia 22 do mesmo mês, no turno da tarde. A prova objetiva valerá 120 pontos e englobará as disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Atualidades, Noções de Informática, Noções de Administração, Noções de Estatística, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Penal, Noções de Direito Processual Penal, Legislação Penal Extravagante e Legislação Específica.

Para a discursiva, que valerá 20 pontos, será exigida uma redação dissertativa, de até 30 linhas, abordando os mesmos temas relacionados aos objetos de avaliação da prova objetiva. Somente os candidatos aprovados e classificados na avaliação objetiva até a 837ª posição para a listagem geral e até a 45ª posição para os candidatos que se declararam com deficiência terão a prova discursiva corrigida. As etapas seguintes compreendem teste físico, exame biométrico, avaliação médica, exames laboratoriais, prova prática de digitação, avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa e investigação social e análise de títulos. Serão convocados para o curso de formação profissional os candidatos aprovados e classificados na primeira etapa até a 294ª posição. A nota final no concurso será o somatório das notas finais na primeira etapa e do curso de formação profissional.