Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso Polícia Civil-DF é autorizado com 300 vagas de escrivão

O concurso da Polícia Civil do Distrito Federal está autorizado. A primeira portaria publicada foi a do cargo de escrivão, com 300 vagas.

Saiu a primeira autorização do concurso Polícia Civil do Distrito Federal. O aval para o provimento das 300 vagas no cargo de escrivão foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira, 1º de agosto. A carreira é destinada a candidatos com nível superior.

A portaria de autorização para o novo concurso da Polícia Civil do Distrito Federal já era aguardada com bastante expectativa e em caráter de urgência. Isso porque a corporação está oficialmente sem cadastro de reserva válido para as carreiras de escrivão e agente. A validade dos últimos editais expirou em 25 de junho, sem a possibilidade de uma nova prorrogação.

autorização Polícia Civil-DF
Reprodução Diário Oficial

O próximo passo para a realização do concurso da Polícia Civil-DF será a contratação da banca organizadora. Com o aval oficial, a corporação já pode iniciar o processo de escolha da empresa que ficará responsável pela seleção do cargo de escrivão.

A corporação deverá escolher a mesma instituição para organizar os dois concursos (agente e escrivão). Dessa forma, tudo leva a crer que a autorização para o agente deverá ser divulgada nos próximos dias, para que os trâmites sejam feitos simultaneamente.

Curso para agente de polícia com 883 videoaulas

Curso para escrivão com simulados

Vagas autorizadas não suprem o déficit da corporação

O quantitativo de vagas do concurso da PC-DF já estava confirmado. A informação foi passada pelo setor de Comunicação da Polícia Civil, que confirmou a oferta total de 2.100 vagas, sendo 1.800 para agente de polícia e 300 para escrivão.

concurso PC-DF é autorizado com vagas de escrivão (Foto: Divulgação/PC-DF)
Concurso PC-DF é autorizado e os ganhos
podem chegar a R$13 mil (Foto: Divulgação/PC-DF)

Embora seja um quantitativo expressivo de vagas, o número não supre a necessidade da corporação. Para o escrivão, por exemplo, o total de cargos vagos já totaliza 592, enquanto o quadro do agente necessita de uma reposição de 2.849 servidores.

Carreira de escrivão pode ter ganhos de até R$13 mil

Um dos principais motivos que atraem os concurseiros para a área da Segurança Pública é o fator remuneração. Composta por inúmeros benefícios, os ganhos costumam ser elevados e conquistar diversos interessados.

Segundo dados obtidos com o Governo do DF, os salários oferecidos às carreiras poderão ultrapassar R$13 mil, de acordo com a classe ocupada pelo servidor. Confira os valores por classe:

• Especial - R$13.751,51
• Primeira Classe - R$10.961,45
• Segunda Classe - R$9.129,01
• Terceira Classe - R$8.698,78

Último concurso foi realizado em 2013

O último concurso para as carreiras de agente e escrivão foi realizado em 2013, quando houve a oferta de 300 vagas para agente de polícia e 98 para escrivão. A seleção contou com o Cebraspe (antigo Cespe/UnB) como o organizador. Para o cargo de escrivão, o programa contemplou as disciplinas de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Raciocínio Lógico, Atualidade, Noções de Administração e Noções de Estatística.

Já a prova do agente foi composta por conteúdos de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Raciocínio Lógico, Atualidade, Noções de Direito Constitucional, Direito Administrativo, Noções de Direito Penal, Noções de Direito Processual Penal, Legislação Específica e Legislação Penal Extravagante.

Além da prova objetiva, que teve caráter eliminatório e classificatório, os candidato aprovados foram avaliados por meio de teste físico, exames biométricos, avaliação médica, avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa, investigação social e avaliação de títulos.

Baixe o e-book "25 dicas de Direito Constitucional"




Comentários