Concurso PC DF Escrivão: ameaça de Coronavírus adia provas

A Polícia Cívil do DF adia prova para o cargo de escrivão devido ao Coronavírus.Nova data ainda será informada.

O concurso PC DF para o cargo de escrivão teve a prova adiada. Após o decreto do governador, Ibaneis Rocha, determinar a suspensão de eventos no Distrito Federal nos próximos cinco dias, o Cebraspe - organizador do concurso - publicou o adiamento das provas, que ocorreriam no próximo domingo,15.

O anúncio foi feito pelo diretor-geral da PC-DF, o delegado Robson Candido, através da sua conta no Instagram. Veja:


Na última quarta-feira, 11, foi publicado no Diário Oficial o decreto de cancelamento dos eventos no Distrito Federa. Segundo o decreto ficam suspensos:

  • Eventos, de qualquer natureza, que exijam licença do poder público, com público superior a cem pessoas;
  • Atividades educacionais em todas as escolas, universidades e faculdades, das redes de ensino pública e privada.
     

De acordo com a Cebraspe, 52.636 pessoas se inscreveram para as provas. Dividindo essa demanda pelas vagas disponíveis, é calculado cerca de 175 candidatos por vaga. Os locais de prova já haviam sido liberados pelo organizador Cebraspe na última segunda, 9.

O Especialista falou sobre o tema. Confira! 



Linha do tempo do adiamento das provas

O governador do Distrito Ferderal, Ibaneis Rocha, publicou no Diário Oficial de quarta-feira, 11, um decreto suspendendo os eventos públicos.

Após, o diretor-geral da Polícia Civil do DF, delegado Robson Candido, informou que ficaria a critério do Cebraspe manter ou adiar as avaliações. A afirmação foi feita em postagem em seu Instagram.

De acordo com o delegado, os diretores do Cebraspe se reuniram na manhã desta quinta-feira, 12, para dar um posicionamento que viria ao meio-dia.

Pelo Instagram, o próprio diretor-geral da Polícia Civil do DF informou a posição do Cebraspe e confirmou o adiamento das provas.

Concurso PC-DF de escrivão tem 52 mil inscritos

Concurso PC DF seleciona para 300 vagas

O concurso Organizado pelo Cebraspe oferta 300 vagas de nível superior para o cargo de escrivão de polícia. Do total de oportunidades, 15 são para candidatos portadores de deficiência e 60 para candidatos negros.  

Para concorrer, é necessário ter 18 anos ou mais, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida a partir da categoria B, e nível superior em qualquer área com diploma devidamente registrado e fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Além das provas objetivas e discursivas, os concorrentes classificados ainda passarão por mais 7 etapas: Prova capacidade físicas (TAF); Exames biométricos e avaliação médica; Prova prática de digitação; Avaliação psicológica; Sindicância de vida pregressa e investigação social; Prova de títulos; e Curso de formação.