Concurso Polícia Civil-AL será realizado em 2020, diz governador

O governador do Alagoas, Renan Filho, falou na última quinta, 7, sobre o concurso Polícia Civil AL, que ocorrerá no início de 2020.

O concurso da Polícia Civil do Alagoas ganhou um novo prazo na última quinta-feira, 7. Durante o anúncio do edital da Sefaz AL, o governador Renan Filho falou sobre a seleção da PC-AL.

Segundo ele, já existe um acordo com a categoria para a realização da seleção. No entanto, o concurso que estava previsto para este semestre, deve mesmo ocorrer no início de 2020. 

"Não desistimos do concurso da Polícia Civil, vamos fazer também. Aliás, é um acordo nosso com a categoria, a gente precisa fazer para delegado e agente. Então no ano que vem, provavelmente já no início do ano, teremos o concurso", disse o governador.

Em agosto deste ano, durante uma coletiva de imprensa, o governador Renan Filho falou sobre as próximas seleções para a área de Segurança. Para o concurso Polícia Civil-AL, o chefe do Executivo Estadual confirmou que serão oferecidas 300 vagas.

A seleção vai contar com oportunidades nos cargos de agente e delegado, conforme adiantado por FOLHA DIRIGIDA. O governador ainda informou que, deste total, 40 vagas devem ficar para a carreira de delegado.

Ainda na última quinta-feira, 7, Renan Filho aproveitou para falar sobre a Reforma Administrativa apresentada pelo Governo Federal. Segundo ele, o projeto está sendo acompanhando e, por isso, carreiras de estado serão priorizadas.

"Nós estamos olhando também o que vai acontecer com a Reforma Administrativa. Então todos os concursos nós vamos priorizar as carreiras de estado, como Segurança, Saúde e Educação, que essas certamente permanecerão", disse o governador do Alagoas.

Concurso Polícias Civil-AL está confirmado (Foto: Marcio Ferreira/Agência Alagoas)
Concurso Polícia Civil-AL deve ocorrer em 2020
(Foto: Marcio Ferreira/Agência Alagoas)

Deputada e sindicato pedem concurso PC-AL

Em setembro, o plenário da Assembleia Legislativa do Alagoas discutiu e votou oito matérias, dentre elas a indicação nº 218/2019. De autoria da deputada Jó Pereira (MDB), o texto é uma solicitação ao Governador do Estado para a realização do novo concurso Polícia Civil-AL, além de seleções para a área da Segurança.

Conforme a matéria, o objetivo é estruturar as delegacias e dar uma melhor qualidade na elaboração dos inquéritos policiais. Para isso, o governo precisa realizar o concurso Polícia Civil-AL. Segundo a deputada, os cargos que apresentam maior carência são os de delegado de polícia, psicólogo e de assistente social

"Com a contratação destes profissionais, as investigações, interrogatórios e inquéritos policiais serão elaborados com mais qualidade, sem contar no melhor atendimento ao usuário", destacou.

O cargo de delegado está previsto no novo concurso da PC-AL. No entanto, as vagas para psicólogo e de assistente social não têm uma previsão. Mas, segundo a deputada, precisam ser criadas, considerando a demanda por profissionais destas áreas.

Servidores das áreas de Psicologia e Assistência Social fornecem um grande suporte para as vítimas mais vulneráveis, como idoso, criança, adolescente, mulher vítima de violência e deficientes", diz parte do texto.

Inicie seus estudos

Ainda em setembro, o Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) e membros da Associação dos Delegados de Polícia do Brasil (Adepol) se reuniram com o governador para falar sobre a seleção e outros itens.

A diretoria do Sindpol defendeu a realização do concurso Polícia Civil-AL regionalizado, ressaltando que, desta forma, o candidato já saberá onde irá trabalhar. 

Para ser delegado da Polícia Civil-AL é preciso ter nível superior em Direito. O vencimento atual ainda não foi divulgado. Em 2012, quando foi realizada a última seleção, o valor inicial era de R$12.593,22.

Já o cargo de agente de polícia tem o nível superior e a Carteira de Habilitação como exigências. O ganho inicial da carreira é de R$3.800, podendo chegar a R$10.763,58 com as progressões por tempo de serviço e por cursos de formação. 

Comentários