Concurso Polícia Militar PI tem provas adiadas devido a pandemia

Concurso PM-PI terá quatro etapas: provas objetivas, exames de saúde, teste de aptidão física (TAF) e investigação social.

A Polícia Militar do Piauí suspendeu temporariamente o concurso PM-PI devido ao risco de contaminação por Covid-19, o novo Coronavírus.A decisão foi publicada no Diário Oficial, na última segunda-feira, 23 de março.

A ação levou em consideração o previsto na Lei n° 13.979, de 13 de fevereiro de 2020, sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública e também uma série de outras medidas impostas pelo Estado para evitar a disseminação do vírus. 

O concurso oferta 100 vagas no Serviço Auxiliar Voluntário da Polícia Militar, de caráter temporário. O cargo exige escolaridade de nível fundamental. As oportunidades são para diversos municípios, sendo 71 vagas para a capital e 29 chances para o interior.

 A prova objetiva estava agendada para o dia 26 de abril, na cidade de Teresina, no Piauí. Mas o calendário ficará suspenso enquanto não for encerrada a situação de emergência de saúde pública no âmbito estadual. 
 

Concurso Polícia Militar PI tem provas adiadas devido pandemia. (Foto: divulgação)
Concurso Polícia Militar PI tem provas adiadas devido a pandemia. (Foto: divulgação)


Enquanto isso, os concorrentes ganham mais algumas semanas para estudar durante o período de quarentena. A avaliação terá 40 questões de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, nas seguintes disciplinas: 

  • Língua Portuguesa: 10 questões
  • Matemática: 10 questões
  • Noções de Informática: 10 questões
  • Legislação PM PI: 10 questões 


Concurso PM-PI terá outras três etapas

Além das provas objetivas, o concurso Polícia Militar-PI ainda será composto por mais três etapas: exames de saúde, teste de aptidão física (TAF) e investigação social 

inspeção de saúde será realizada pela Junta Médica de Saúde da Polícia Militar do Piauí, para avaliar o exame clínico geral e exames laboratoriais. Para tanto, os candidatos deverão apresentar os seguintes exames:

  • Hematócrito, realizado com até 20 (vinte) dias de antecedência da data do Exame de Saúde;
  • Glicose sérico, realizado com até 20 (vinte) dias de antecedência do Exame de Saúde; 
  • Fator RH e grupo sanguíneo;
  • Creatinina;
  • Teste Anti-HIV;
  • Exame comum de urina, realizado com até 20 (vinte) dias de antecedência do Exame de Saúde;
  • TGP;
  • ECG;
  • Raios X de tórax com laudo, realizado com até 20 (vinte) dias de antecedência do Exame de Saúde;
  • Exame toxicológico, do tipo “larga janela de detecção” através do cabelo, para maconha, cocaína, heroína e anfetaminas.
     

Para realizar o TAF, os concorrentes precisarão levar atestado médico original ou cópia autenticada em cartório. O exame será composto de flexão e extensão na barra fixa (para homens), flexão e extensão dos cotovelos com apoio de frente sobre o solo (para mulheres), abdominal tipo supra com pernas flexionadas e teste de corrida. 

Já a investigação social será realizada por meio de uma pesquisa no bairro onde o candidato reside, nos colégios onde estudou, nos locais de trabalho e nos órgãos públicos. Haverá também apuração e comprovação da ausência de antecedentes criminais, relativos a crimes.