Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

PM/SP aguarda autorização para concurso de 1.900 vagas

A Unidade Central de Recursos Humanos da Secretaria de Gestão Pública  já avaliou o pedido de realização de concurso para o preenchimento de 1.900 vagas de soldado efetivo da Polícia Militar de São Paulo. Com isto, a expectativa é de que o pedido possa ser encaminhado nos próximos dias para autorização do governador Geraldo Alckmin.Segundo a chefe da Seção de Planejamento da Divisão de Alistamento e Seleção da corporação, capitão Adriana Nunes, caso o concurso seja autorizado nos próximos dias será possível publicar o edital ainda em março, uma vez que o documento está pronto. O concurso será destinado a todo o estado, para candidatos de ambos os sexos. O salário atual de um soldado em início de carreira em cidades com mais de 500 mil habitantes é de R$2.427,38, valor que inclui o adicional de insalubridade de R$497,60.

A Unidade Central de Recursos Humanos da Secretaria de Gestão Pública já avaliou o pedido de realização de concurso para o preenchimento de 1.900 vagas de soldado efetivo da Polícia Militar de São Paulo. Com isto, a expectativa é de que o pedido possa ser encaminhado nos próximos dias para autorização do governador Geraldo Alckmin.Segundo a chefe da Seção de Planejamento da Divisão de Alistamento e Seleção da corporação, capitão Adriana Nunes, caso o concurso seja autorizado nos próximos dias será possível publicar o edital ainda em março, uma vez que o documento está pronto. O concurso será destinado a todo o estado, para candidatos de ambos os sexos. O salário atual de um soldado em início de carreira em cidades com mais de 500 mil habitantes é de R$2.427,38, valor que inclui o adicional de insalubridade de R$497,60.

Quem trabalha em cidades com até 500 mil habitantes, recebe remuneração de R$2.242,38. O soldado ingressa na segunda classe e depois de dois anos, passa para a primeira. Com isso, o salário também aumenta. Atualmente, essa progressão na carreira permite que o soldado receba R$2.491,06 no primeiro caso e R$2.676,56, no segundo. Todos esses valores incluem adicional de insalubridade de R$497,60. Para ingressar na corporação é preciso ter de 18 a 30 anos, ensino médio completo, estatura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens, além de carteira nacional de habilitação a partir da categoria B.

Embora o pedido seja de 1.900 vagas, há possibilidade de as nomeações serem em número maior, pois há uma tendência de a corporação convocar mais aprovados do que o número declarado no edital. Um exemplo disso é que no concurso para soldado masculino, realizado em 2009. O edital previa 2 mil vagas, mas foram empossados 5.281, ou seja, 164% mais profissionais do que o expresso no documento. Na época, foram registrados 88.468 candidatos.

Os concursos para soldados da Polícia Militar possuem seis etapas. A primeira fase é a prova objetiva, que geralmente é organizada pela Fundação Vunesp. As demais, que incluem prova de condicionamento físico, exames de saúde, exames psicológicos, investigação social e análise de documentos e títulos, ficam sob a responsabilidade da PM- SP. A prova objetiva conta com 50 questões, sendo 20 de Língua Portuguesa, 15 de Matemática e 15 de Conhecimentos Gerais (História,
Geografia e Atualidades), além de redação. O último concurso foi para soldado masculino,  em 2011.Na época foram 50.995 inscritos, para 500 vagas. Esse concurso ainda está em validade.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações