Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Oferta pode ser superior a 2 mil vagas para soldado

O concurso para soldado da Polícia Militar de São Paulo (PM-SP) poderá oferecer mais vagas além das 2 mil previstas, de acordo com o Departamento de Seleção e Alistamento da corporação. A oferta poderá aumentar em função do atraso no edital, que era aguardado para outubro de 2015. Desde então, o déficit de servidores tem crescido com as aposentadoras, exonerações e desligamento de servidores.

O concurso para soldado da Polícia Militar de São Paulo (PM-SP) poderá oferecer mais vagas além das 2 mil previstas, de acordo com o Departamento de Seleção e Alistamento da corporação. A oferta poderá aumentar em função do atraso no edital, que era aguardado para outubro de 2015. Desde então, o déficit de servidores tem crescido com as aposentadoras, exonerações e desligamento de servidores.

O concurso aguarda a aprovação de uma atualização na Lei de Ingresso da PM-SP (LC 1.224/2013), que foi recentemente encaminhada para o governador de São Paulo Geraldo Alckmin. De acordo com a assessoria do governo, a lei encontra-se em estudos nas áreas técnicas para ser encaminhada à Alesp. A lei de Ingresso deve normatizar as regras de ingresso na corporação e atualizar o quadro de servidores. Na última atualização da lei, em 2013, foram menos de 36 dias entre a entrada da proposta na Alesp e a sanção da lei.

A expectativa inicial do Departamento de Seleção e Alistamento da PM-SP era de publicar o edital do concurso ainda no primeiro semestre deste ano. A PM-SP, no entanto, ainda depende da autorização do governador para que o concurso seja realizado. Ainda de acordo com o departamento de Seleção e Alistamento, o pedido para a realização do concurso já foi encaminhado no início do ano.

Em fevereiro de 2015 foram liberadas 3.741 vagas pelo governador de São Paulo, sendo que duas mil delas foram destinadas ao último concurso, realizado em maio de 2015. As 1.741 vagas restantes se juntaram as aposentadorias e exonerações previstas, totalizando a oferta de duas mil vagas. No entanto, a autorização tinha validade de apenas um ano, expirando em fevereiro deste ano. Com o atraso no concurso, esta foi a primeira vez, desde 2013, que a PM não publicou dois editais de concurso no ano.

O cargo de soldado proporciona vencimentos de R$2.929,27, já incluso o adicional de insalubridade, no valor de R$571,51. A exigência é de ensino médio completo, CNH nas categorias “A” ou “B” e altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres, além de idade entre 18 e 30 anos. A seleção será constituída de prova objetiva, redação, testes físicos e testes psicológicos, além de investigação social, por se tratarem de órgãos da área de segurança.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações