Concurso PM-SP: confira orientações para provas de domingo, 24

Candidatos inscritos no concurso da PM-SP para soldado realizarão prova objetiva e dissertativa no próximo domingo, 24.

Serão aplicadas no próximo domingo, 24, as provas objetivas do concurso PM-SP para soldados. Nessa primeira etapa, os candidatos serão avaliados por provas escritas: objetiva e de redação. 

O cartão de confirmação com informações sobre o local de prova já está disponível no site da Fundação Vunesp, organizadora da seleção. É recomendado que o concorrente compareça ao local onde realizará as provas com antecedência mínima de 60 minutos, portando os seguintes documentos: 

  • original ou cópia autenticada de documento de identificação oficial com foto, dentro do prazo de validade;
  • comprovante de pagamento da taxa de inscrição (caso o nome não conste na convocação);
  • caneta esferográfica, fabricada em material transparente, de tinta preta (preferencialmente) ou azul, lápis preto e borracha.

enlightenedSPcine publica edital de novo concurso para nível superior

O início das provas está previsto para às 14h. Os portões serão fechados nesse horário, sendo proibida a entrada do candidato após o horário previsto na convocação.

PM- SP soldado
Prova do concurso PM-SP para soldados será aplicada no domingo, 24
(Foto: Divulgação)

Prova objetiva será composta por 60 questões

A prova objetiva (parte I), de caráter eliminatório e classificatório, será composta por 60 questões, divididas da seguinte forma: 

  • Língua Portuguesa e Interpretação de Texto: 20 questões;
  • Matemática: 15 questões;
  • Conhecimentos Gerais: 15 questões;
  • Noções Básicas de Informática: cinco questões;
  • Noções de Administração Pública: cinco questões.

enlightenedConcurso Bacen: presidente Campos vai ao Senado e defende autonomia

A prova dissertativa, também de caráter eliminatório e classificatório, tem o objetivo de avaliar a capacidade do candidato de produzir uma redação que atenda ao tema e ao gênero/tipo de textos propostos. Além disso, a avaliação dissertativa busca examinar o domínio da norma culta da língua Portuguesa e dos mecanismos de coesão e coerência textual. 

As avaliações serão aplicadas nos seguintes municípios: 

  • Araçatuba;
  • Bauru;
  • Campinas;
  • Piracicaba;
  • Presidente Prudente;
  • Ribeirão Preto;
  • Santos;
  • São José do Rio Preto;
  • São José dos Campos;
  • São Paulo;
  • Sorocaba.

A prova objetiva será avaliada na escala de zero a 60 pontos. Portanto, somente serão corrigidas as provas dissertativas dos candidatos que obtiverem, no mínimo, 30 pontos na prova objetiva.

enlightenedPrefeitura de São Paulo-SP pode abrir novo concurso com 570 vagas 

Já a prova dissertativa será avaliada de zero a 40 pontos, sendo considerado habilitado o concorrente que obtiver nota igual ou superior a 20 pontos. 

A classificação preliminar dos aprovados será feita em ordem decrescente de nota, obtida por meio do somatório de pontos dos dois exames. Dessa forma, serão convocados para as demais etapas do concurso os 17.300 candidatos que obtiverem a melhor classificação. 

Concurso PM-SP oferta 2.700 vagas para soldado

O concurso PM-SP para soldado oferta 2.700 vagas para candidatos de nível médio. Além do requisito de escolaridade, os concorrentes precisam ter idade de 17 a 30 anos e Carteira Nacional de Habilitação ente as categorias "A" e "E". A seleção ainda exige altura mínima de 1m55 para mulheres e 1m60 para homens. 

enlightenedConcurso Semae Rio Preto-SP publica edital com 50 vagas 

De acordo com autorização divulgada pelo governador, João Doria, no início do ano, a previsão da PM-SP é chamar os aprovados em novembro de 2020 para o curso de formação, que será realizado na Escola de Piritu. As contratações serão realizadas pelo regime estatutário, com garantia de estabilidade. 

Assinatura FD

A carreira de soldado da Polícia Milita de São Paulo, em início de carreira, proporciona remuneração de R$3.164,58 mensais. O valor é composto por R$1.226,03 de vencimento, R$1.226,03 de Regime Especial de Trabalho Policial (RETP) e R$712,52 de insalubridade. 

Comentários