Desembargador revoga suspensão do concurso PM-SE para soldado

O desembargador Roberto Eugênio da Fonseca Porto revogou a liminar que determinava a suspensão do concurso PM-SE para soldado.

Suspenso desde o dia 2 de agosto, o concurso PM-SE para soldado teve uma reviravolta. O desembargador Roberto Eugênio da Fonseca Porto revogou na sexta-feira, 10 de agosto, a liminar que determinava a suspensão das etapas do concurso para soldado da Polícia Militar do Sergipe.

Com isso, a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão do Governo de Sergipe (Seplag), a Polícia Militar e a banca organizadora do concurso PM-SE se reuniram na manhã desta segunda-feira, 13, para planejar o novo cronograma do concurso. A proposta é que o teste de aptidão física (TAF) para os candidatos a soldado seja realizado de 20 a 22 de agosto.

Após a reunião, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) – banca organizadora – solicitou as datas à Universidade Federal do Sergipe (UFSE), onde os testes físicos serão aplicados. Caso a instituição de ensino confirme a disponibilidade dos dias, o edital de convocação será publicado.

As informações foram transmitidas à FOLHA DIRIGIDA nesta segunda-feira, 13, pela Assessoria de Imprensa da Seplag-SE. Para seguir a determinação judicial, os testes de aptidão físicos para soldados – que estavam marcados para ocorrer de 13 a 15 de agosto – foram cancelados.

PM-SE realiza concurso para as carreiras de soldado e oficial
(Foto: Polícia Militar do Sergipe)

 

De acordo com edital, o teste de aptidão físico do concurso PM-SE será composto pelos seguintes exercícios:

  • Barra fixa;
  • Flexão;
  • Corrida de Fundo;
  • Abdominal;
  • Natação.  

Concurso PM-SE: 20 candidatos foram eliminados por fraude

Durante entrevista coletiva realizada na quinta-feira, 9, o secretário estadual de Planejamento, Orçamento e Gestão, Rosman Pereira, informou que 23 candidatos do concurso PM-SE para soldado foram eliminados após tentativa de fraude. Ele esclareceu que tais candidatos marcaram os gabaritos de forma igual.

Até mesmo as respostas erradas, tiveram as mesmas alternativas assinaladas. De acordo com Pereira, a chance de isso acontecer em concursos públicos é uma em 360 mil. “Toda segurança foi provida para evitar fraude. E, por isso, entendemos que não houve efetivamente uma fraude e sim uma tentativa”.

No dia 2 de agosto, o juiz Manoel Costa Neto determinou que todas as etapas da seleção fossem suspensas e que as provas objetivas fossem remarcadas, sob pena de multa de R$100 mil. O motivo foi a prisão de dois candidatos que tentaram fraudar o concurso com o uso de telefones celulares.

Um deles estava com o aparelho dentro de um gesso no braço esquerdo. O outro com o celular preso embaixo da mesa. Com esses incidentes, o juiz considerou que a integridade do concurso teria sido afetada.

O concurso para oficiais combatentes da Polícia Militar do Sergipe permanece válido. Isso porque as suspeitas de fraude não envolveram as provas objetivas para essa carreira.

Concurso PM-SE oferece mais de 300 vagas para soldados e oficiais

O concurso PM-SE tem oferta de 330 vagas para cargos dos níveis médio e superior. Das oportunidades, 300 são destinadas a soldado. O cargo exige nível médio completo e Carteira de Habilitação na categoria B.

As demais 30 vagas são para oficiais da PM-SE, cujo pré-requisito bacharelado em Direito e Carteira de Habilitação na categoria B. Além da escolaridade, também foram exigidas em ambos os casos altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres e idade entre 18 e 35 anos completos.

Os aprovados para soldado receberão R$3.370, enquanto o oficial contará com ganhos iniciais de R$9.236,39, ambos após o curso de formação. No vídeo abaixo, saiba como se preparar para os testes físicos: 

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Comentários