'Todo ano faremos concurso para 2 mil policiais', diz Witzel sobre PM

Wilson Witzel defende a abertura de concursos anuais com 2 mil vagas para soldados da PM-RJ.

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afirmou que realizará concursos anuais com 2 mil vagas de soldados na Polícia Militar-RJ. A declaração ocorreu no sábado, 5, em entrevista coletiva na cidade de Guapimirim, no interior do Rio. 

Witzel também confirmou o compromisso de chamar os aprovados do concurso de soldados da PM-RJ, realizado em 2014. Hoje, mais de 3 mil candidatos aguardam a convocação para o curso de formação.

A ideia inicial era chamar todos de imediato. Mas, segundo o governador do Rio, o Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cefap) não tem condições de absorver todos 3 mil policiais em formação, de uma vez.

Wilson Witzel em entrevista coletiva realizada no sábado, 5
(Foto: Philippi Lima/Governo do RJ)

 

Por isso, o governo desenvolveu um cronograma de convocações, em turmas de 500 aprovados no concurso PM-RJ. A primeira ocorrerá já neste mês de janeiro.

“Minha ideia era chamá-los de imediato, mas o Cefap não tem condições de absorver três mil novos policiais em formação. Então vamos aos poucos. Estamos em condições de chamar neste mês de janeiro 500 policiais. E todo ano faremos concurso público para 2 mil policiais”, destacou o governador em coletiva.

Editais anuais para PM e PC-RJ são promessas desde a campanha

A abertura de concursos anuais para a Segurança é uma promessa de Witzel desde a campanha ao governo do Rio. Em entrevista exclusiva à FOLHA DIRIGIDA, concedida em setembro, ele destacou que a divulgação de novos editais para PM e Polícia Civil-RJ era essencial para suprir a carência de pessoal nas corporações.

“A Polícia Civil precisa, e Polícia Militar também, de um efetivo melhor e maior. A Polícia Civil tem um quadro com cerca de nove mil policiais quando o ideal seria de 25 mil. Tanto delegado quanto policial estão em uma deficiência enorme. Na PM-RJ me foi informado que a deficiência hoje é algo em torno de 15 mil policiais”, expressou.

De acordo com o último edital, para se candidatar a soldado da Polícia Militar do Rio é preciso ter ensino médio completo, de 18 a 30 anos e Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Durante o curso, os convocados recebem salário de R$2.213,62. Após a formatura, o valor passa ao vencimento inicial dos soldados, R$3.452,55.

Orçamento do Rio prevê convocações em órgãos de Segurança

A Lei Orçamentária Anual de 2019 para o Estado do Rio de Janeiro, sancionada pelo então governador Francisco Dornelles, tem reserva para convocação de aprovados em órgãos de Segurança.

Tal verba poderá assegurar a convocação e nomeação de milhares de candidatos dos concursos da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros Militar e da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap-RJ).

A espera para posse, em alguns casos, pode chegar a seis anos. A questão orçamentária era um entrave, por exemplo, para convocação de mais aprovados no concurso PM-RJ de soldados.

Wilson Witzel chegou a reconhecer que esta chamada de concursados dependeria do aval da Assembleia Legislativa do Estado de Rio de Janeiro (Alerj). Agora, com o orçamento aprovado só falta o novo governador iniciar as chamadas. 

Concurso PM-RJ de 2014 teve oferta de 6 mil vagas para soldado

O  edital do último concurso PM-RJ foi publicado em 2014. Na época, foram oferecidas 6 mil vagas para soldado. Desde então, somente 1.175 ingressaram na corporação em 2015.

Os demais aprovados aguardavam a convocação para o curso de formação. "(Eles) ficaram pendurados no meu 'zap' por oito meses", brincou o então governador Luiz Fernando Pezão sobre a cobrança dos concursados. 

Em julho de 2017, o chefe do executivo estadual autorizou a convocação de 1.381 aprovados no concurso PM-RJ. As 800 primeiras chamadas foram realizadas entre os meses de julho e setembro.



Comentários