Concurso PMERJ: secretário indica reforço no efetivo e novas UPPs

Em entrevista, coronel Rogério Figueredo destacou a chamada de aprovados no concurso PMERJ 2014 e o retorno do projeto das UPPs

O secretário da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Rogério Figueredo, apontou o reforço do efetivo como uma meta atingida em 2019. Em entrevista ao jornal O Globo, ele destacou o ingresso de 2 mil aprovados no concurso PMERJ no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP).

De acordo com Figueredo, desse quantitativo, quase mil novos soldados se formaram no último ano.

“(...) trabalhamos muito na recomposição do efetivo. Formamos quase mil novos soldados este ano e possibilitamos o ingresso de quase dois mil concursados no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP)”, enumerou o secretário, em entrevista. 

A boa notícia é que o governador Wilson Witzel já confirmou que outros 800 candidatos serão convocados para formação em 2020. O objetivo é que todos os remanescentes do último concurso PMERJ, realizado em 2014, sejam chamados para ingresso na corporação.

A carreira de soldado tem como requisitos o nível médio completo, de 18 a 35 anos e Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Durante o curso de formação, os ganhos são de R$2.213,62. Após a formatura, o valor passa para R$3.452,55.

Secretário da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Rogério Figueredo, 
destaca reforço no efetivo como meta (Foto: PMERJ)

 

Para 2020, além do fortalecimento dos recursos humanos, o governo do Estado considera o retorno das Unidades de Polícia Pacificadora. Para Figueredo, as UPPs não podem atuar de forma desarticulada da Polícia Militar.

Está em estudo o processo de reestruturação das unidades. “Hoje, essas unidades já começam a trabalhar de forma integrada com os batalhões da área, atuando tanto dentro das comunidades como também nas vias urbanas do entorno”, disse o coronel. 

Também é necessário, segundo a gestão da PM do Rio, consolidar a tese de que a UPP faz parte um contexto mais amplo. Como a inclusão social e melhoria da qualidade de vida. O reforço no efetivo pode contribuir para novas unidades do projeto.

Tenha acesso a assinatura Folha Dirigida!
Witzel garante chamada de mais aprovados no concurso PMERJ em 2020

Witzel anuncia concurso PMERJ com 2 mil vagas

O governador Wilson Witzel já confirmou a abertura de um novo concurso PMERJ em 2020 para soldados. Em coletiva de imprensa, em outubro, ele anunciou que o edital deve ser publicado no início do ano com 2 mil vagas

Witzel explicou que a nova seleção já teve autorização do subsecretário geral da Polícia Militar, coronel Márcio Basílio. 

"O coronel Basílio já me adiantou que não só serão chamados (remanescentes do concurso de 2014) para prestar o serviço como também lançaremos o edital no ano que vem para mais 2 mil novos policiais. É o nosso compromisso de recompor a Polícia Militar", anunciou o governador. 

A Assessoria de Imprensa da PM também revelou à FOLHA DIRIGIDA que "o concurso está em fase de planejamento". A gestão já vinha apontando a realização de um novo concurso para soldado da Polícia Militar.

Witzel, inclusive, tinha informado que 8 mil novos PMs serão contratados até 2021. Como a última seleção para soldados, em 2014, não teve tal número total de aprovados, o governo teria que abrir um novo concurso PMERJ para atingir o objetivo. 

Isto é, recompor o efetivo da corporação e reforçar o patrulhamento ostensivo das ruas.

+ Concurso PMERJ: mais 502 candidatos iniciam curso de formação

Estudos do novo concurso PMERJ já foram iniciados

O entrave para abertura de um novo concurso PMERJ é a chamada de todos os remanescentes da seleção de 2014. A PM do Rio de Janeiro, em nota, revelou que “aguarda a convocação de todos os aprovados para o início de um novo processo”.

Entretanto, o porta-voz da corporação, coronel Mauro Fliess, confirmou que os estudos de um novo concurso para soldados já foram iniciados.

No dia 18 de junho, ele recomendou que os interessados continuem estudando, uma vez que o novo edital se aproxima.

"Temos um efetivo do concurso PMERJ 2014 que ainda será chamado. Para atender a capacidade operacional e da nossa formação, estamos realizando algumas obras no nosso Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças. Então, logo que as obras forem concluídas e a capacidade de receber esses candidatos esteja plena, com a autorização do governador, iremos elaborar um novo concurso", detalhou Fliss.

O secretário da Polícia Militar, Coronel Figueredo, ainda destacou que a recomposição do efetivo é uma das metas do governo estadual.

Comentários