Witzel garante chamada de mais aprovados no concurso PMERJ em 2020

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afirmou que fará contratação de todos os aprovados no concurso PMERJ 2014

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, ratificou a convocação de todos os remanescentes do concurso PMERJ 2014. O anúncio ocorreu em entrevista coletiva na sexta-feira, 29, durante o lançamento do projeto Barra Presente. 

Segundo Witzel, todos os aprovados com contratações pendentes serão chamados no próximo ano. Além disso, os novos policiais receberão o treinamento adequado para realizar a função. 

"Nós não podemos ser irresponsáveis de dar uma formação de três, quatro meses. A formação tem que ser séria. O trabalho que se exerce na rua exige muita dedicação e capacidade para que não percamos vidas", explicou Witzel. 

A previsão inicial era que 1.800 aprovados fossem chamados para o curso de formação ainda este ano. Porém, no último dia 25 de novembro, foi publicada a convocação de apenas mil candidatos. 

Eles se apresentaram no Centro de Recrutamento e Seleção de Praças no dia 27 de novembro. O governo do Rio justificou a redução no número de chamadas em função das restrições do Regime de Recuperação Fiscal (RRF), ao qual o Estado está submetido.

Durante a medida protetiva, o ingresso de novos policiais só é possível pelo critério de vacância. Diante disso, o governo só pôde convocar mil aprovados no concurso PMERJ para iniciar o curso de formação em 2019.

Objetivo das convocações é reforçar o policiamento no estado do
Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

 

Os 800 restantes serão chamados no decorrer do primeiro semestre de 2020. O objetivo é reforçar o policiamento no estado do Rio de Janeiro.

A carreira de soldado exige nível médio completo, de 18 a 30 anos e Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Durante o curso de formação, os ganhos do soldado são de R$2.213,62. Após a formatura, o valor passa para R$3.452,55.

Tenha acesso a assinatura Folha Dirigida!
+ Concurso PMERJ 2014: 'serão todos convocados', afirma Witzel

Sem concurso, PM tem menos 30 mil soldados que ideal

À espera de novos concursos PMERJ, a Polícia Militar do Rio apresenta cerca de 30 mil soldados a menos que o determinado em lei. A corporação deveria ter 37.541 profissionais na função, porém conta com apenas 7.380.

Os dados são referentes a um levantamento feito em setembro pelo jornal O Globo. Para reverter esse panorama, o governador Witzel promete, desde o início de sua gestão, reforço nas equipes de Segurança Pública.

Witzel já afirmou que 8 mil soldados serão contratados pelo Estado até 2021.  Para atingir essa meta, a gestão terá que abrir novas vagas pelos próximos três anos. 

Isso porque o último concurso PMERJ, realizado em 2014, tem cadastro de somente 3 mil aprovados. 

A formação de novos policiais e chamada de aprovados são positivas para o novo concurso de soldados da PMERJ. Uma vez que o governo e a própria Polícia Militar confirmaram à FOLHA DIRIGIDA que a próxima seleção só será aberta depois da convocação de todos os remanescentes de 2014.

Concurso PMERJ para Saúde deve sair ainda este ano

A Assessoria de Imprensa da Polícia Militar do Rio de Janeiro confirmou a reportagem da FOLHA DIRIGIDA que o concurso PMERJ Saúde ofertará vagas para psiquiatras. O edital da seleção, que contará com 67 oportunidades, está previsto para ser publicado em 2019.

Conforme a Assessoria, a Diretoria Geral de Saúde da Polícia Militar está se reestruturando e realizará concurso para contratação de profissionais da saúde para oferecer um melhor atendimento preventivo aos policiais militares. 

As oportunidades serão para preenchimento de vagas já existentes na corporação. Dessa forma, não haverá descumprimento às determinações do Regime de Recuperação Fiscal, vigente no estado até 2020.

Do total de 67 vagas, 25 serão para técnicos de enfermagem e 42 para médicos. As funções exigem os níveis médio/técnico e superior, respectivamente.  A remuneração oferecida para técnicos de enfermagem será de R$3.246,42. Já para médicos o salário será de R$6.014,19.

Embora o concurso ainda não tenha sido autorizado formalmente, a publicação em Diário Oficial não deve demorar muito para acontecer, considerando a previsão de edital ainda em 2019. Segundo a assessoria da PMERJ, os detalhes para autorização do concurso passam por trâmites internos.

Witzel anuncia novas admissões para a Polícia Militar-RJ: 



Comentários