Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso PMERJ: com novos soldados, governo quer recompor o efetivo

O secretário da Polícia Militar do Rio de Janeiro disse que os novos concursados são responsáveis pela recomposição do efetivo.

Novos 390 soldados, aprovados no concurso da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMERJ), concluíram o curso de formação para atuar na Segurança do Estado. Durante a solenidade de formatura, na sexta-feira, 28, o governo disse que os agentes ajudarão no reforço do policiamento preventivo e ostensivo.

O secretário da PM, Coronel Figueredo, destacou que a recomposição do efetivo é uma das metas do governo estadual. O atual quadro da Polícia Militar é de 43.800 soldados. Estudos indicam que o número ideal, porém, seria superior a 60 mil. O que deixa a corporação com um déficit de 16 mil agentes.

“Esta formatura representa o primeiro passo de uma meta que traçamos para recompor o efetivo de nossa corporação, que, ao longo dos últimos três anos, sofreu um dramático processo de perdas. Estamos recolocando a estrutura da bicentenária Polícia Militar nos trilhos para seguir o seu destino histórico de servir e proteger a nossa sociedade”, afirmou Figueredo.

Também presente no evento, o governador Wilson Witzel revelou a importância dos novos servidores para o Estado do Rio de Janeiro.

“Quero agradecer a todos (...) por servirem na mais nobre de todas as missões que um homem e uma mulher podem se prestar: doar-se à causa da defesa da sociedade, vigiando àqueles que hoje enfrentam nas ruas o crime organizado, vigiando as nossas ruas e se dedicando ao trabalho na Polícia Militar”, explicou o governador.

De acordo com a PM, os 390 novos soldados já estão em condições de atuar no policiamento preventivo e ostensivo no estado. A partir de 18 de julho, mais 500 aprovados no concurso PMERJ de 2014 iniciarão a nova turma no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP).  

Governo pretende recompor os quadros defasados da PMERJ
(Foto: Governo do Rio de Janeiro)

 

Ao longo de 2019, outras quatro turmas, com 500 concursados, também ingressarão no CFAP. A incorporação dos aprovados só foi possível graças a um acordo entre o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), que se comprometeu a arcar com os salários dos PMs até o fim de 2020.

A carreira de soldado tem como pré-requisitos o nível médio completo, de 18 a 30 anos e Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Durante o curso de formação, os ganhos do soldado são de R$2.213,62. Após a formatura, o valor passa ao vencimento inicial de R$3.452,55.

+ 'Continuem estudando', diz coronel sobre concurso PMERJ de soldado
+ Concurso PMERJ: '5 mil novos PMs nas ruas este ano', diz Witzel

Convocações abrem caminho para o novo concurso PMERJ

As novas chamadas para o curso de formação de aprovados no concurso de 2014 são favoráveis a divulgação de um novo edital para soldados este ano. O governo e a própria Polícia Militar já confirmaram que só poderão abrir a próxima seleção após a chamada de todos os remanescentes.

Em resposta à FOLHA DIRIGIDA, a PM do Rio disse que “aguarda a convocação de todos os aprovados para o início de um novo processo”. Por outro lado, o porta-voz da corporação, coronel Mauro Fliess, adiantou que os estudos de um novo concurso para soldados já começaram.

No último dia 18 de junho, ele recomendou que os candidatos continuem estudando, pois um novo edital se aproxima.

"Temos um efetivo do concurso PMERJ 2014 que ainda será chamado. Para atender a capacidade operacional e da nossa formação, estamos realizando algumas obras no nosso Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças. Então, logo que as obras forem concluídas e a capacidade de receber esses candidatos esteja plena, com a autorização do governador, iremos elaborar um novo concurso", detalhou Fliss.

Secretário da PM-RJ vê necessidade de novos concursos e convocações

Witzel quer colocar 5 mil novos policiais nas ruas em 2019

Para fortalecer o policiamento militar no Rio de Janeiro, Wilson Witzel pretende colocar 5 mil novos policiais nas ruas até o final do ano. O anúncio é um ponto positivo ao concurso PMERJ 2019 para soldados.

Acesse curso de preparação para concursos:

Isso porque não há aprovados na seleção anterior, realizada em 2014, para atingir o quantitativo de 5 mil agentes. Dessa maneira, para chegar à meta e contratar mais profissionais, o governo do Rio teria que divulgar novo edital para soldados.

“Estou trabalhando muito para colocar este ano nas ruas 5 mil novos policiais, tanto no Segurança Presente, quanto no policiamento militar, que é feito com ronda. Colocar 5 mil novos policiais no Estado vai ser um ganho muito grande de efetividade no policiamento ostensivo”, revelou Witzel, em entrevista ao programa Canal Livre, da TV Bandeirantes.



Comentários