Concurso PM-RJ: 3 mil soldados serão convocados com recursos da Alerj

Com orçamento da Alerj, o governo do Rio de Janeiro convocará três mil policiais militares e 195 policiais civis aprovados em concursos.

Mais de 3 mil aprovados no concurso da Polícia Militar do Rio de Janeiro serão convocados com parte do orçamento da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A medida foi anunciada nesta quinta-feira, 24, pelo presidente em exercício da Casa, deputado André Ceciliano (PT). 

A decisão ocorreu após acordo com o secretário de Estado de Governo, Gutemberg de Paula Fonseca. Também serão convocados 195 policiais civis. Os agentes foram aprovados em concursos de 2014, mas não foram chamados por conta da crise financeira que o Estado enfrenta. 

Segundo o governo estadual, a convocação dos policiais para o curso de formação profissional ocorrerá já em fevereiro.

PM-RJ terá 3 mil novos soldados aprovados em concurso
público (Foto: Divulgação PMERJ)

 

Com o acordo, o Legislativo deixará de receber R$95 milhões este ano e R$105 milhões em 2020, recurso que será usado para o pagamento do salário dos policiais. André Ceciliano destacou que a economia feita no parlamento nos últimos anos permitirá a adoção da medida.

"Só em 2018 economizamos R$ 378 milhões do nosso orçamento, recurso que ajudou o estado a pagar os servidores. Agora decidimos dar essa contribuição direta pela segurança do nosso Estado", explicou.

O presidente em exercício da Alerj ainda afirmou que solicitará a alocação de metade do novo efetivo na Baixada Fluminense, região que tem sofrido com a violência nos últimos anos. "A região tem um déficit imenso de policiais", destacou.

Além dos soldados da PM-RJ, os convocados da Polícia Civil serão para os cargos de papiloscopistas e oficiais de cartório. Todos os agentes não foram convocados antes por falta de recursos do governo estadual. 

Para permitir a chamada dos policiais, a Alerj já tinha incluído, na lei que garantiu a entrada no Regime de Recuperação Fiscal (Lei 7.629/17), uma emenda prorrogando a validade dos concursos.

Witzel promete a realização de concursos anuais para PM-RJ

Em entrevista coletiva no dia 5 de janeiro, o governador Wilson Witzel firmou o compromisso de realizar concursos anuais com 2 mil vagas de soldados na Polícia Militar-RJ. Para que isso seja feito, a administração estadual precisa chamar todos os aprovados da seleção realizada em 2014.  

Hoje, mais de 3 mil candidatos aguardam a convocação para o curso de formação. De acordo com o governador do Rio, o Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cefap) tem condições de absorver somente turmas com 500 agentes por mês. 

Dessa forma, os milhares de aprovados deverão ser convocados de forma escalonada no decorrer do ano.

“Minha ideia era chamá-los de imediato, mas o Cefap não tem condições de absorver três mil novos policiais em formação. Então vamos aos poucos. Estamos em condições de chamar neste mês de janeiro 500 policiais. E todo ano faremos concurso público para 2 mil policiais”, destacou o governador em coletiva.

O último edital indicava que para se candidatar a soldado da Polícia Militar do Rio é preciso ter ensino médio completo, de 18 a 30 anos e Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Durante o curso, os convocados recebem salário de R$2.213,62. Após a formatura, o valor passa ao vencimento inicial dos soldados, R$3.452,55.

No vídeo abaixo, saiba mais detalhes sobre o curso de formação:



Comentários