Concurso PM-PR: resultado final para cadetes é divulgado

Já está disponível para consulta o resultado final do concurso para cadetes da Polícia Militar do Paraná (PM-PR), que contou com 16 vagas.

Os candidatos do concurso para cadetes da Polícia Militar do Paraná (PM-PR) já podem conferir o resultado final da seleção. Ao todo, foram oferecidas 16 vagas para a carreira, com exigência de nível médio completo e idade máxima de 30 anos.

De acordo com o documento, 14 candidatos foram aprovados, 15 são considerados suplentes e três estão habilitados nas vagas reservadas aos afrodescendentes. O resultado final será homologado agora pelo diretor de Pessoal da PM-PR.

Ainda segundo o documento, após a homologação, a nomeação dos aprovados será condicionada à autorização do governador do estado. Os candidatos devem ficar atentos aos futuros editais, já que com o aval todos os concorrentes habilitados serão convocados, para o início do processamento de ingresso (entrega de documentos) e posse.

Acesse o resultado final do concurso PM-PR

Concurso PM-PR teve mais de 6 mil inscritos

A seleção registrou mais de 6 mil inscritos, sendo ao todo 6.400 candidatos. Deste total, mais de 5.900 concorreram às vagas da ampla concorrência e 483 para as oportunidades reservadas aos candidatos negros. 

O concurso PM-PR foi composto por provas objetivas e discursivas, que ficaram sob a responsabilidade da UFPR. Os aprovados nesta etapa ainda realizaram Provas de Habilidades Específicas (PHE), que foram compostas por investigação social, avaliação psicológica, exame de capacidade física e exame de sanidade física. 

Concurso PM-PR para cadetes registrou mais de 6 mil inscritos (Foto: SESP-PR)
Concurso PM-PR para cadetes teve oferta de 16 vagas
(Foto: SESP-PR)

 

O prazo de validade do concurso PM-PR será de 30 dias, após a homologação, podendo ser prorrogado por igual período. Neste tempo, os aprovados serão convocados. A remuneração da corporação chega a R$9.544,44.

Edital do concurso foi marcado por polêmica

No dia 10 de agosto, o edital do concurso PM-PR foi publicado. No entanto, o documento foi alvo de críticas devido às exigências do concurso, entre elas, o termo "masculinidade".

Logo após ser publicado, a Aliança Nacional LGBTI e o Grupo Dignidade repudiaram as exigências contidas no "Perfil Profissiográfico – Avaliação Psicológica” do edital. Na época, as entidades declararam que:

"A exigência, entre diversos equívocos, desconsidera a possibilidade de mulheres candidatas a cadete, ou quer que elas também tenham características de “masculinidade”, e que, portanto, é um retrocesso discriminatório".

Prepare-se para concursosAlém disso, o Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) afirmou que repudiava os critérios de avaliação para cadetes. Segundo o órgão, considerando os critérios de Psicologia, o edital estaria inadequado

No dia 13 de agosto, uma retificação foi publicada, alterando o termo "masculinidade" para "enfrentamento". Na mudança, parte da descrição sobre as caracterísiticas a serem avaliadas foram mantidas.

De acordo com o documento, os candidatos deveriam apresentar "capacidade em não se impressionar com cenas violentas, suportar vulgaridades e de não emocionar-se facilmente". O trecho "tampouco demonstrar interesse em histórias românticas e de amor" foi excluído na retificação do edital.

Prazo de validade em concursos: entenda!

Com o resultado final publicado, os candidatos aprovados no concurso PM-PR devem aguardar agora pela homologação. Com ela, o prazo de validade começa a ser contado. Para entender como funciona este processo, FOLHA DIRIGIDA traz as explicações do advogado Sergio Camargo. Confira! 



Comentários